Autocuidado

Como promover o autocuidado na quarentena

O autocuidado na quarentena é uma prática que deveria ser adotada por todos. O isolamento social é uma vivência nova para todas as pessoas, a qual modificou significativamente modos de vida. 

Ficar em casa a maior parte do tempo, manter distância de pessoas queridas, não poder viajar para ver parentes nem sair de férias como antes, e ainda acompanhar a situação do país pelos telejornais afetam a nossa saúde mental. 

Adotar métodos de autocuidado é essencial para aliviar as sensações ruins deixadas por essa situação atípica. 

Importância do autocuidado na quarentena

Como dito, as experiências vivenciadas durante o isolamento social acabam pesando no nosso bem-estar emocional. 

Pesquisas de universidades renomadas e institutos de saúde brasileiros já identificaram consequências severas da pandemia de coronavírus na saúde mental, como o aumento de casos de depressão e de ansiedade tanto em adultos quanto em adolescentes e crianças

A busca por psicólogos também aumentou de modo considerável desde o início da pandemia de COVID-19 no país, demonstrando a necessidade de receber ajuda para superar esse período incomum. 

E não é apenas o medo do contágio ou a preocupação com entes queridos que afeta o bem-estar emocional. As mudanças de vida impostas a todos para assegurar a saúde pública, como as restrições de horários de circulação e o fechamento do comércio, também despertam emoções variadas. 

Muitos ficaram desempregados e tiveram que lutar para trabalhar de casa e cuidar dos filhos pequenos, interromperam seus estudos, encararam a linha de frente no combate ao coronavírus, e outras dezenas de consequências. 

Para evitar o esgotamento psicológico, é preciso aliviar a carga de sentimentos negativos e o acúmulo de preocupações. O autocuidado no isolamento social, portanto, se faz muito necessário.  

Ao contrário do que muitos pensam, este não é feito somente por meio dos cuidados com o cabelo, a pele e o corpo. O autocuidado engloba uma série de atitudes que visam preservar a saúde da mente e do corpo no dia a dia.  

Dicas para promover o autocuidado na quarentena

Embora dedicar tempo para cuidar da estética corporal seja satisfatório para alguns, é preciso ampliar o conceito de autocuidado para usufruir de seus benefícios. 

Cuidar de si mesmo envolve tomar decisões mais adequadas, ter pensamentos otimistas, cultivar relações interpessoais saudáveis, estabelecer limites no ambiente profissional, alimentar-se com refeições de qualidade, entre outros. Não sabemos quando acaba a quarentena, então o autocuidado deve ser praticado constantemente.  

A maioria das pessoas busca maneiras de cuidar de si mesmo quando já estão demasiadamente mal. Às vezes, já desenvolveram um transtorno mental, mas não possuem ciência dos sintomas. 

Um dos princípios do autocuidado é a prática contínua para se ter uma vida proveitosa e sadia. Desse modo, é possível fazer a prevenção de condições psicológicas e psicossomáticas.

Durante o isolamento social, aprenda a cuidar de si mesmo visando a felicidade e o bem-estar diários. Assim, quando as restrições de circulação e de contato físico chegarem ao fim, você estará bem e ainda terá consolidado uma variedade de hábitos bons para a sua saúde. 

Para ajudá-lo a praticar o autocuidado na quarentena, separamos algumas dicas simples, as quais podem ser facilmente replicadas no cotidiano.

Dê um tempo das redes sociais e das notícias

A sobrecarga de estímulos provenientes das redes sociais e das notícias pode deixar qualquer um atordoado. Em vez de alimentar sentimentos desagradáveis com informações de cunho negativo, busque maneiras mais positivas de distrair a mente. 

Se afaste das redes por um tempo e deixe de acompanhar as notícias sobre a pandemia para focar em aprimorar uma habilidade, decorar um cômodo ou brincar com os filhos. Dessa forma, você criará um equilíbrio entre os estímulos negativos e positivos. 

Desenvolva um hobby bacana

Aproveite o maior tempo livre ou o período que antes seria dedicado a sair de casa para praticar o autocuidado na quarentena. Como? Cultivando algumas atividades para se divertir nesse período passatempo! 

Até mesmo os adultos mais ocupados precisam de momentos de diversão e de relaxamento para ficarem bem, especialmente durante a pandemia.

Além de ajudar a distrair da quantidade elevada de informações, cultivar um hobby concede às pessoas maior motivação no cotidiano. Você possuirá um propósito, mesmo que pequeno. Este hobby pode até mesmo se transformar em uma fonte de renda no futuro!

Expresse os seus sentimentos abertamente

Quando ficamos muito tempo no ócio, devaneios estranhos começam a aparecer em nossa mente. A ansiedade e o medo podem incentivar pensamentos pouco produtivos, envolvendo tragédias imaginárias. Para não se deixar levar por eles, encontre maneiras de expressar os seus sentimentos. 

Pode ser através de conversas com pessoas queridas, de um passatempo artístico, de um diário, de um projeto pessoal, de uma atividade física ou da terapia.

Guardar sentimentos é prejudicial para a sua saúde mental. Em algum momento, eles precisarão ser colocados para fora para cessar a sua angústia. Quando você sabe manejá-los, consegue fazer isso vagarosamente e sem grandes impactos em seu emocional.  

Converse com pessoas queridas de longe

Um método de autocuidado na quarentena indispensável para a saúde mental é a interação social! Embora não seja possível se encontrar com amigos e parentes pessoalmente, você pode conversar com eles à distância. 

Felizmente, hoje existem vários programas e aplicativos de smartphones de videochamada para combater a saudade. 

Converse com quem você ama frequentemente e faça pequenos eventos virtuais. Aliás, muitas pessoas já se tornaram adeptas dos jantares e encontros online. Nas datas especiais, como aniversários e feriados, combine de fazer uma videochamada com a família inteira. Essas iniciativas aliviam a frustração oriunda do período de isolamento. 

Tire proveito da tecnologia para seu autocuidado na quarentena

Aproveite o lado bom da internet e da tecnologia para praticar o autocuidado na quarentena! Há muita informação capaz de deixá-lo desanimado e triste no mundo virtual, mas também existem muitos conteúdos interessantes. Basta você saber onde encontrá-los. 

Assista vídeos que promovam o bem-estar. Visite blogs e sites com conteúdos construtivos. Se estiver com muita saudade de sair de casa e viajar, faça tours virtuais nas plataformas de atrativos turísticos. Muitos museus, monumentos históricos e galerias de arte disponibilizaram passeios virtuais durante a pandemia. 

Você também pode aproveitar as facilidades da internet para fazer um curso à distância, atualizar o seu conhecimento técnico com uma especialização profissional ou aprender uma habilidade nova. 

Dedicar tempo para o seu aperfeiçoamento pessoal e profissional, mesmo sem possuir um objetivo específico, irá motivá-lo e deixá-lo mais feliz. 

Faça terapia

Na terapia é onde você pode desabafar sem medo e sem restrições. As pessoas buscam o acompanhamento psicológico para expressar as suas emoções, medos e preocupações, além de encontrar maneiras de lidar com esses fatores sem sofrer. 

O acompanhamento psicológico alivia e fortalece. À medida que ele avança, os pacientes desenvolvem a sua autonomia e inteligência emocional, tornando-se aptos a cuidarem de si mesmos. 

Além disso, a terapia na quarentena auxilia as pessoas a compreenderem a situação atual de maneira mais lógica. A raiva e o temor oriundo das notícias e dos comportamentos inconsequentes de outras pessoas deixam de causar sofrimento emocional. 

Na Vittude, você encontra atendimento psicólogo de qualidade em um ambiente virtual confortável e prático!

Autocuidado no isolamento social com a Vittude

A Vittude é uma plataforma de terapia online onde se é possível encontrar psicólogos especializados em uma variedade de abordagens psicológicas. O nosso objetivo é conectar pessoas com necessidade de cuidados com profissionais credenciados. 

As consultas são realizadas em salas virtuais no dia e horário selecionado pelo paciente. Todas as informações compartilhadas durante elas, bem como dados cadastrais, são mantidas em sigilo. 

A terapia online é uma alternativa segura para praticar o autocuidado na quarentena. Afinal, não é preciso se deslocar para chegar ao consultório do psicólogo! O profissional pode atendê-lo diretamente da sua casa. Basta se acomodar em um quarto confortável para conversar de um computador ou de um celular. 

O custo-benefício do acompanhamento psicológico online é outra vantagem neste período de incerteza e de dificuldades financeiras. 

Este costuma ser um dos maiores empecilhos na busca por ajuda profissional. Na Vittude, você facilmente encontra profissionais cujo atendimento corresponde a uma diversidade de orçamentos. Só é preciso fazer uma busca pela plataforma.  

Depressão, ansiedade, síndrome do pânico, transtornos de aprendizagem, insônia, medo excessivo, problemas familiares, conflitos conjugais… Qualquer impasse que esteja lhe causando sofrimento emocional pode ser solucionado na terapia online com a Vittude!  

Esta pode durar somente alguns meses ou continuar por anos a fio, dependendo da disponibilidade e da necessidade de tratamento do paciente. 

A terapia é uma forma de autocuidado, seja na quarentena ou fora dela, extremamente eficiente. Ela concede bem-estar tanto no presente quanto no futuro, além de ajudá-lo a se libertar de assuntos e traumas do passado. 

Marcando uma consulta na Vittude

Para encontrar o profissional com as especializações e conhecimentos ideais para ajudá-lo, você possui duas opções: o Vittude Meet, ferramenta personalizada que recomenda psicólogos com base no perfil dos pacientes, e a ferramenta de buscas tradicional, onde você escreve o que deseja tratar na terapia.

Depois de encontrar o seu psicólogo, siga os passos abaixo para marcar uma consulta:

  1. Cadastrar-se na plataforma da Vittude;
  2. Selecionar o dia e o horário no perfil do profissional;
  3. Estabelecer o modo de pagamento mais confortável para você
  4. Esperar pela primeira consulta! A Vittude vai lembrá-lo do seu agendamento via e-mail ou SMS, então, fique tranquilo enquanto espera.

Conheça nossa plataforma e aproveite para ler mais artigos aqui no blog da Vittude!

Conteúdos Que Você Pode Gostar Também:

Tatiana Pimenta

CEO e Fundadora da Vittude. É apaixonada por psicologia e comportamento humano, sendo grande estudiosa de temas como Psicologia Positiva e os impactos da felicidade na saúde física e mental. Cursou The Science of Happiness pela University of California, Berkeley. É maratonista e praticante de Mindfulness. Encontrou na corrida de rua e na meditação fontes de disciplina, foco, felicidade e produtividade. Você também pode me seguir no Instagram @tatianaacpimenta

Recent Posts

O que são as abordagens da psicologia e quais as principais?

Você conhece as abordagens da psicologia? Aprender sobre elas pode mudar muito sua visão sobre…

1 dia ago

Depressão não é frescura! Como conscientizar as pessoas a esse respeito?

Depressão não é frescura, e entender isso é extremamente importante. Transtornos depressivos são sérios e…

1 semana ago

Ansiedade social: causas, sinais e dicas para conviver com ela

Você já conheceu alguém e falou "Ah, que antissocial..."? Talvez essa pessoa sofra de algo…

1 semana ago

Quando o cansaço mental passa a ser um problema?

O cansaço mental está presente na vida de todos nós, principalmente para quem tem a…

2 semanas ago

Tipos de depressão: como o transtorno se manifesta?

Existem diversos tipos de depressão, cada um com sua particularidade e sinais de alerta. Entenda…

2 semanas ago

TEA – Transtorno do Espectro Autista ou Autismo: causas e tratamento

O Transtorno do Espectro Autista é um distúrbio de neurodesenvolvimento, e é possível perceber seus…

1 mês ago

Já fez Terapia Online? 😉

Começar agora!