Categoria: Sexualidade Humana

A-que-sexo-chegamos_dialogos-sobre-sexualidade

A que sexo chegamos?(diálogos sobre sexualidade)

  |  Tempo de leitura: 6 minutos

Na Idade Média tudo o que tivesse qualquer conotação sexual era visto como pecado, a relação sexual tinha como objetivo único a procriação. Um casal, para ser adequado diante da sociedade, encarava duas situações contraditórias: A necessidade de sustentar uma imagem de castidade, onde o sexo por prazer não teria espaço, e, a cobrança de gerar um filho para que o casal fosse visto como uma verdadeira família. O sexo no casamento era praticado em um quarto separado, onde além de várias artimanhas para que ambos os corpos não pudessem ser vistos, era comum entre as famílias mais ricas colocarem, neste quarto, uma espécie de altar com várias imagens de santos com o objetivo de “vigiar” o ato sexual, para que qualquer prática considerada impura fosse punida. Nos anos de 1800, depois do período colonial no Brasil, a sociedade pregava a castidade e o casamento recatado enquanto os bordéis faziam...

Continue lendo
I-May-Destroy-You_-A-necessidade-de-debatermos-sobre-abuso-sexual

I May Destroy You: A necessidade de debatermos sobre abuso sexual

  |  Tempo de leitura: 7 minutos

Numa série pessoal, extremamente impactante e de grande pertinência para nossa atualidade, Michaela Coel nos traz muitas reflexões sobre a experiência psicológica de sofrer um abuso sexual. 2020 não foi um ano fácil para praticamente todos nós; dentre tantas incertezas, temores e angústias, muitos de nós encontramos refúgio e conforto em atividades cotidianas do nosso dia-a-dia, como parar pra escutar uma boa música, ver um filme que achamos interessante ou então escolher uma série incrível para assistir, daquelas que nos prende do início ao fim. E foi justamente neste ano que foi lançada uma das séries mais fantásticas e importantes dos últimos anos: I May Destroy You. Esta pequena minissérie britânica do gênero comédia-dramática trata de questões psicológicas complexas, mas com uma sensibilidade e humanismo ímpares. Mas a série em momento algum parece uma daquelas obras pretenciosas, tentando forçar-nos uma intelectualidade culta; muito pelo contrário! Mesmo que delicada e pesada...

Continue lendo
DISFUNÇÕES SEXUAIS FEMININAS

Disfunções sexuais femininas

  |  Tempo de leitura: 6 minutos

A sexualidade começa a ser desenvolvida logo após o nascimento da pessoa e continua até o final de sua vida, seguindo os parâmetros culturais e sociais da época e de onde o individuo está inserido, tornando-se um componente fundamental da personalidade de cada um. Segundo a declaração dos Direitos Sexuais, que foi elaborada em 1997, em Valencia, na Espanha, durante o XIII Congresso Mundial de Sexologia, e aprovada e referendada dois anos depois, durante o Congresso realizado em Hong Kong, na China a Associação Mundial de Sexologia (WAS – World Associaton for Sexology) em Assembleia Geral, a sexualidade é parte integral da personalidade de todo ser humano. O desenvolvimento total depende da satisfação de necessidades humanas básicas, como desejo de contato, intimidade, expressão emocional, prazer, carinho e amor. O documento menciona também que a sexualidade é construída através da interação entre os indivíduos e as estruturas sociais. Valoriza a sexualidade...

Continue lendo
DISFUNÇÕES SEXUAIS MASCULINAS_ CAUSAS E TRATAMENTOS

Disfunções sexuais masculinas: causas e tratamentos

  |  Tempo de leitura: 6 minutos

A sexualidade é influenciada principalmente pela interação de fatores biológicos, psicológicos e culturais. Constitui um aspecto fundamental do ser humano, envolvendo as identidades de gênero, sexo, orientação sexual, erotismo, prazer, intimidade e reprodução. A sexualidade é vivida e expressa em fantasias, desejos, crenças, valores e comportamentos, ainda que nem todos eles sejam sempre experimentados ao longo da vida. Definição e prevalência das disfunções sexuais masculinas As disfunções sexuais referem-se às diferentes manifestações de dificuldade ou incapacidade em uma ou mais fases da resposta sexual, segundo as quais o indivíduo não vivencia a atividade sexual de maneira satisfatória. De acordo com os dados mais recentes da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), através de um estudo em 22 cidades brasileiras, 44% dos homens do país possuem disfunção erétil. Além disso, foi descoberto que 56% dos homens que sofrem com o problema afirmaram ser hipertensos, 19% diabéticos, 13% têm colesterol alto e, ainda,...

Continue lendo
Sexualidade em Psicanálise. É muito mais amplo do que parece!

Sexualidade em Psicanálise. É muito mais amplo do que parece!

  |  Tempo de leitura: 5 minutos

Sexualidade é um termo em que, quase sempre que citado, comentado, expressado, gera uma conexão ou referência direta com a perspectiva da genitalidade, do sexo em seu ato propriamente dito. Entretanto, quando abordamos o tema da sexualidade em psicanálise com esse foco reduzimos toda a amplitude que esse extenso conceito nos possibilita abordar. A perspectiva do ato sexual, e a relação da sexualidade e a genitalidade são sim, importantes, mas não podem receber um rótulo totalitarista, levando a compreensão para um entendimento equivocado, preconceituoso e limitado. Impossibilitando, inclusive a discussão do tema em contexto que ainda encaram o tema como tabu. È necessário elevar o olhar a um ponto que se permita pensar na ideia de sexualidade, num contexto bem mais amplo, num lugar conceitual como uma grande energia que direciona, impulsiona nossa vida. Uma energia que circula, perambula, corre para dentro e para fora do corpo do sujeito na...

Continue lendo
O que você sabe sobre o orgasmo da sua esposa_

O que você sabe sobre o orgasmo da sua esposa?

  |  Tempo de leitura: 10 minutos

Muitos homens me procuram na terapia por não saberem lidar com suas esposas. Por quererem ter mais sexo com elas. Sim, mais sexo com elas, e não mais sexo…com qualquer uma. Pelo menos a maioria que chega até mim querem isso. Mas não entendem o motivo de elas não quererem tanto. E essa falta de entendimento é, muitas vezes, interpretada como falta de paciência ou de tolerância, mas pasmem, é totalmente ligada à falta de conhecimento. Eles não percebem que as mulheres, de uma maneira geral, são diferentes dos homens, na forma que são criadas em relação ao sexo, principalmente. Mas eles também não conhecem bem e intimamente as suas esposas. Não sabem o que elas gostam, como elas gostam e como deixá-las “molhadas” querendo sexo também.  E por isso venho trazer um pouquinho sobre o universo sexual feminino. Mesmo em relacionamentos longos, algumas mulheres não conseguem alcançar o orgasmo,...

Continue lendo