Categoria: Transtornos de Ansiedade

Tratamento-de-Realidade-Virtual-para-Ansiedade-Social

Tratamento de Realidade Virtual para Ansiedade Social

4.9/5 - (9 votes)

  |  Tempo de leitura: 5 minutos

Medo de ser julgado pelas pessoas? Timidez excessiva para flertar? Mãos suadas e trêmulas ao ter de escrever perto de alguém? Desconforto em estar perto de pessoas desconhecidas? Medo de falar em público? Cada apresentação no trabalho, um ataquezinho de ansiedade? Foge de conhecer gente nova? Muita vergonha por alguém perceber sua ansiedade? Olha, se você respondeu sim para pelo menos três perguntas acima, termine de ler esse texto até o fim. Se você respondeu sim apenas para “medo de falar em público” ou “timidez excessiva para flertar”, continue do mesmo jeito! Afinal, todo profissional precisa discursar e todo mundo merece dar uns beijos na boca. O Transtorno de Ansiedade Social (TAS) Vou dar o nome científico disso tudo que está acontecendo contigo: Transtorno de Ansiedade Social (TAS). Antigamente, era conhecido como Fobia Social. Esse transtorno envolve intenso desconforto, acompanhado de ansiedade, medo e/ou vergonha, durante interação social com desconhecidos...

Continue lendo
Como_criamos_a_nossa_autoimagem__E_como_ela_pode_estar_relacionada_à_ansiedade_fala_psicofala_psico

Como criamos a nossa autoimagem? E como ela pode estar relacionada à ansiedade?

4.3/5 - (25 votes)

  |  Tempo de leitura: 4 minutos

Autoimagem é o conhecimento que o indivíduo tem sobre si mesmo e, nesse conhecimento, há também uma parte valorativa chamada de “autoestima”. Mas como desenvolvemos isso? É importante iniciarmos salientando a importância da família nesse processo de “construção da autoimagem”, isto é, quando somos crianças, nós ainda não temos a capacidade de discernir, nem de ponderar o que os nossos pais e outras pessoas importantes e mais próximas do nosso convívio social e familiar pensam e falam sobre nós. Diante disso, como uma “esponja”, a criança vai absorvendo o que as pessoas dizem sobre ela como se isso fosse uma “verdade absoluta”. Essa absorção, portanto, produz pensamentos, sentimentos e comportamentos. A criação da imagem na infância A partir do que lhe é dito e repetido várias vezes, a criança vai se orientando, se comportando e fazendo as suas escolhas dentro do que é possível e compatível com aquela “imagem” que...

Continue lendo
Como_lidar_com_a_Ansiedade_morando_no_Exteriorfala_psicofala_psico

Como lidar com a ansiedade morando no Exterior

  |  Tempo de leitura: 7 minutos

Todos nós nos sentimos ansiosos mediante a algumas situações da vida, é uma reação natural do nosso corpo que nos ajuda a encarar desafios, tomar decisões e lidar com situações de perigo. Você deve compreender que ela não é ruim, mas pode virar um problema quando você não consegue controlar a duração das sensações desconfortáveis que ela gera e o fato de você não conseguir enxergar o que é real em determinada situação. Todos nós criamos interpretações de situações que vivemos, porém nem sempre elas condizem com a realidade. São esses pensamentos distorcidos que criamos que geram a ansiedade excessiva e ruim para a nossa vida. A ansiedade é uma das sensações que lideram a vida de quem decide morar em outro país. Em maior ou menor medida todos nós sentimos algum nível de ansiedade, isso é natural. Porém as diversas incertezas e o novo podem desencadear muitos pensamentos e...

Continue lendo
ANSIEDADE__CONTROLE_OU_SEJA_CONTROLADO_POR_ELA.

Ansiedade: controle ou seja controlado por ela

4.7/5 - (4 votes)

  |  Tempo de leitura: 4 minutos

Você é ansioso ou conhece alguém que seja? Você pensa demais? Você se cobra demais? Preocupa-se demais? Já chegou a ter algum episódio, tais como: aperto no peito, coração acelerado, tremores, sensação de falta de ar, que está perdendo o controle. Fica o tempo todo vivenciando as preocupações do que ainda está por acontecer? Fica fritando na cama de um lado para o outro não consegue dormir pensando em milhões de coisas no que deveria ter feito ou ainda vai fazer, com um turbilhão de pensamentos? Tenho uma informação:  Você não será a única e nem será a última pessoa a vivenciar os sintomas da ansiedade. E olha que estes são apenas alguns sintomas de vários! Dados estatísticos mostram que o Brasil ocupa o primeiro lugar no mundo dos países com o maior índice de ansiedade. Isto são informações da OMS (Organização Mundial da Saúde).  Segundo o Ministério da Saúde,...

Continue lendo
Ansiedade_-definicao-etiologia-e-as-teorias-psicanaliticas-sobre-ansiedade

Ansiedade: definição, etiologia e as teorias psicanalíticas sobre ansiedade

3.6/5 - (5 votes)

  |  Tempo de leitura: 14 minutos

Autora: Kelly Justino Zago, psicóloga, especialista no Tratamento dos Transtornos de Ansiedade e Síndrome do Pânico. Além disso, é especialista em Psicanálise e Terapia Cognitivo Comportamental e adepta à prática Mindfulness. Resumo: A ansiedade é uma forma de proteção ao perigo real, mas quando não há perigo real, ela passa a não ser natural e sim patológica. Podemos herdar traços genéticos de um de nossos pais que podem auxiliar no desenvolvimento de uma ansiedade patológica e sobre isso, os medicamentos irão ajudar bastante. Porém, vários acontecimentos ao longo da vida, que são identificados e percebidos como traumas, faz com que a gente desenvolva ansiedade como uma forma de proteção aos traumas emocionais. Essa parte, somente na psicoterapia para identificar os possíveis traumas, e elaborar isso de forma mais saudável possível, para evitar se sentir sempre tão ameaçado. Primeiro, qual é a definição de ansiedade? Para isso, vou utilizar as definições...

Continue lendo
Como identificar a síndrome do pânico

Como identificar a síndrome do pânico

5/5 - (3 votes)

  |  Tempo de leitura: 4 minutos

A síndrome do pânico é caracterizada pela repetição frequente das crises de ansiedade que ocorrem, geralmente, com quem possui Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), causando preocupações excessivas com ataques futuros. As crises podem ocorrer aparentemente sem motivo específico ou sinais reais de perigo iminente desencadeando ataques em qualquer situação e período do dia, inclusive durante o sono. Não há comprovação de causas pontuais que possam provocar o transtorno, porém, há fatores comportamentais, como estresse, perdas, doenças repentinas que podem indicar uma predisposição maior a esta condição. Fisicamente a pessoa acredita estar diante de uma situação de morte por um possível ataque cardíaco, por exemplo. E psicologicamente acredita que irá perder (e perde) o controle do próprio corpo, dos pensamentos e das emoções. Ainda que ela saiba que a situação não é real. As crises costumam durar cerca de 10 minutos, mas podem variar dependendo da intensidade em que ocorrem. Geralmente...

Continue lendo