Categoria: Transtornos Depressivos

Quando_a_depressão_bate_à_porta

Quando a depressão bate à porta

  |  Tempo de leitura: 4 minutos

No momento atual que vivemos, é comum as pessoas apresentarem de modo geral uma preocupação voltada a patologia depressão e eu acho muito pertinente e cabível este cuidado. Porém, sempre tento lembrar e psicoeducar a diferença entre o sofrimento humano e a patologia. Sofrer não é bom, mas é normal, faz parte do nosso processo de amadurecimento. Todos nós iremos passar por momentos de tristezas e perdas nas mais várias esferas de nossas vidas, que nos possibilitará aumentar nossas experiências e nossa resiliência frente aos problemas, aumentando nossa percepção, nossa capacidade de tomada de decisões e a forma de encarar o mundo. Sobre o sofrimento O sofrimento pode vir de várias formas, por exemplo: acompanhado de um término de um relacionamento, um desentendimento com um amigo ou familiar, a perda de um bem material, a vaga de emprego perdida, problemas com estado de saúde, enfim, são inúmeros motivos para sofrer,...

Continue lendo
Você gosta do seu trabalho, mas parece que tudo perdeu o encanto?

Você gosta do seu trabalho, mas parece que tudo perdeu o encanto?

5/5 - (1 vote)

  |  Tempo de leitura: 5 minutos

Vamos conversar um pouco sobre a Síndrome do Burnout, no ambiente de trabalho. No jargão popular em inglês, burnout refere-se aquilo de deixou de funcionar por absoluta falta de energia, ou seja, não tem mais combustível, está esvaziado, exaurido de força. Algumas vezes é possível sentir-se assim no trabalho. Hoje, muitos profissionais precisam dar conta de extensas obrigações, acúmulo de responsabilidade, metas desafiadoras, prazos curtos, equipe desalinhada. E se você for um líder ou gerente de pessoas, essa pressão aumenta ainda mais. O adoecimento no trabalho O Burnout começou a aparecer na literatura médica na década de oitenta, mas só ganhou força no Brasil no início dos anos 2000. Há aproximadamente quinze anos, quando estava na minha segunda especialização, me chamava a atenção o nível de estresse em profissionais que diziam fazer exatamente o trabalho que imaginaram para suas vidas. Por serem educadores de crianças em situação de vulnerabilidade, esses...

Continue lendo