Setembro Amarelo

Setembro Amarelo

Setembro está acabando, a primavera se apresentando, apesar de aqui onde eu vivo, este setembro ter chegado como dias nublados e muita, muita chuva.

Mas, quando o sol aparece dá pra sentir aquele calorzinho gostoso, aconchegante e alegre da primavera e aquele perfume no ar, sabe? Que às vezes eu fico tentando adivinhar perfume de qual flor será? Laranjeira? Jasmim? Azaleia? É um perfume tão acolhedor e afetivo…me traz emoções e lembranças…

Durante o setembro amarelo, todos os olhares estiveram voltados para a prevenção do suicídio. E agora, setembro está ficando pra trás… mas este assunto não pode parar de ser pensado, discutido e estudado.

O inverno acabou,  como metáfora o inverno significa  o frio, a solidão , o recolhimento e a tristeza, ainda muitas pessoas sentem-se assim nos outros meses do ano. Como um inverno permanente.

Eu sei, ninguém fica feliz o tempo todo, e isso é normal.

A vida vai acontecendo com altos e baixos…

Porém, ficar triste o tempo todo não é normal. Além disso, não ter esperança de que o dia de amanhã será melhor, de que a vida está muito pesada para seguir a diante que tudo está muito difícil, estar sempre preocupado, com medo de que algo ruim aconteça e não conseguir parar de pensar sobre isso e assim, não conseguir se concentrar em outras coisas, tendo até dificuldade para dormir, descansar e se alimentar. Sentir-se sempre irritado e agressivo.

Tudo isso são alguns sintomas de doenças como a Depressão e o Transtorno de Ansiedade. Em setembro fala-se muito sobre elas e já sabemos que a maioria das pessoas que morrem por suicídio tem alguma doença mental.

 Sabe qual é o calorzinho do sol da primavera em meio a esse inverno gelado da tristeza?  A ajuda! Ninguém precisa passar por essa dor mental sozinho …

Busque ajuda para lidar com seu psicológico

Existe um ditado  que diz: “Pra tudo na vida tem solução, menos para morte!” Os problemas da vida tem solução, muitas vezes é difícil lidar com eles principalmente quando já se está há muito tempo adoecido e cansado , mas eles tem solução, ninguém precisa carregar tudo sozinho.

Se ainda for muito difícil, falar pessoalmente com alguém, sobre o que está sentindo ou passando, escreva um diário, uma poesia, uma carta e mostre pra outras pessoas, pra que elas saibam o que sente. Grave um áudio , escute sua voz , envie por WhatsApp para alguém que possa te ajudar, ligue para o CVV (188) “falar muda tudo” e a escuta empática também.

Existem muitas pessoas que podem ajudar quem está sentindo essas dores psíquicas, intensas e desesperadoras, profissionais capacitados, pessoas próximas que te amam, te querem bem e podem estar contigo nesta busca por melhora.

Essa rede de apoio pode vir de vários lugares: dos pais, professores, de algum amigo, vizinho, marido ou esposa, filhos, igreja (independente da crença ou religiosidade de cada um).

Porém, a Depressão e os Transtornos de Ansiedade são quadros de adoecimento que precisam receber atenção especial, precisam de tratamento profissional de psicólogos ou médicos psiquiatras, e algumas vezes dos dois.

Esses profissionais de saúde mental, fazem atendimentos em CAPS, Clínicas médicas ou psicológicas, Atendimento Psicológico Online, Hospitais, Instituições comunitárias, ONGs, em consultórios particulares e alguns aceitam planos de saúde/ convênios ou realizam atendimento social (valor da consulta diferenciado).

Muitas empresas e escolas também possuem psicólogos que podem orientar a busca de tratamento.

O setembro amarelo está acabando, mas no Outubro Rosa, no Novembro Azul, no Dezembro Vermelho, no Janeiro Branco e assim por diante, que a saúde mental esteja sempre na pauta. A melhor prevenção é a promoção da saúde mental o ano todo.

Mesmo que o seu inverno seja chuvoso e nublado, o sol da primavera chegará trazendo beleza. Eu desejo, que a sua primavera seja florida e perfumada, e que no seu jardim, possa colher mais flores do que ervas daninhas. Porque as ervas daninhas sempre irão  aparecer, o desafio é que aprender como lidar com elas , para que as flores resistam.

Quando quiser conversar eu posso te escutar!

              Um abraço!

              E cuide-se!

Cláudia Arangurem

Psicóloga CRP 07/14856

Fontes:

SCAVACINI, K., CORNEJO, E., CESCON, L. Prevenção do suicídio na internet: adolescentes. 1.ed. São Paulo: Instituto Vita Alere de Prevenção e Posvenção do Suicídio, 2019. 23p. ISBN 978-65-80351-03-9.

Scavacini, Karen. Como falar de forma segura sobre o suicídio [recurso eletrônico] / Karen Scavacini ; revisão M. M. Izidoro. —— 1. ed. —— São Paulo : Instituto Vita Alere de Prevenção e Posvenção do Suicídio, 2019. Dados eletrônicos (pdf)

Avalie esse artigo:

Comentários:

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments