Solidão e isolamento social? Busque Redes de Apoio

Contar com redes de apoio nos ajuda a superar momentos difíceis. 

Há situações em que precisamos de pessoas que se mostrem disponíveis, mesmo que não peçamos ajuda. Só de saber que podemos contar com elas nos dá alívio e segurança. 

Quanto mais fragilizados estamos mais necessitamos de redes de apoio que irão nos ajudar nos momentos ruins, de fragilidade e de solidão.

São nossas redes de relacionamento que também nos proporcionam bons momentos na vida. São as pessoas com quem convivemos, e que fazem parte das nossas redes de apoio, com que vivemos os bons momentos de nossa vida. As alegrias, a companhia, as conversas, as atividades compartilhadas são nossas fontes de afeto e  nos dão uma sensação de bem estar.

E estas redes podem ser a família, os amigos, os vizinhos, a igreja. Pessoas que mostrem solidariedade e vontade de ajudar. Sem cobranças e críticas.

Nas crises e nas mudanças que ocorrem em nossas vidas, precisamos, mais do que nunca, de redes de apoio, nos bons e maus momentos.

Temos que buscar  formar  nossas redes de apoio. E sempre há pessoas muito solidárias e dispostas a ajudar, amparar, e nos fazer companhia. 

Mas precisamos fazer nossa parte. Estas redes tem que ser conquistadas. E mantidas.

Pessoas que só reclamam, amarguradas, que vivem criticando a tudo e a todos,  são sempre difíceis de se conviver. E, com isto, podem perder suas redes de apoio. 

É sempre bom nos esforçarmos para ser boas companhias e dar o melhor de nós. E, mesmo que estejamos fragilizados, podemos muito bem ser também a rede de apoio para os que necessitam. Uma palavra amiga, ouvir o outro com interesse, a participação alegre e tranquila nos grupos são sempre muito bem-vindas nos relacionamentos. 

Conviver com pessoas é uma aprendizagem diária. 

Dependendo de como nos posicionamos, de como impomos nossas opiniões e ainda forçamos a barra dizendo que somos os certos, dando a entender que os outros são errados, é desastre na certa em qualquer relacionamento.

Temos que pensar que, para  conviver com pessoas em harmonia, devemos respeitar diferentes pontos de vista. 

Criticar a tudo e a todos também não costuma dar certo, quando queremos conquistar as pessoas. 

Flexibilidade, bom humor, não levar tudo tão a sério, são fundamentais para participarmos de um grupo.

Caso a proposta do grupo seja debater ideias e opiniões, tudo bem, vale a pena expor opiniões controversas. Fora isto, não cabe, em qualquer outro grupo, discussões que venham a romper nossas redes de apoio.

A tarefa não é fácil mas é na convivência com os outros que evitamos a sensação de desamparo, solidão, a depressão e o isolamento social. 

Vale a pena conquistar e manter nossas redes de apoio. 

Para ler mais textos e conhecer minha experiência acesse meu site www.saleteboucault.com.br

Avalie esse artigo:

Comentários:

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments