tristeza ou depressão

É tristeza ou depressão? Saiba identificar

Clique e encontre seu psicólogo !
4.9
35

Como saber se você só está passando por uma fase ruim, natural da vida, ou se você está apresentando sintomas depressivos e precisa de ajuda profissional? Afinal, é tristeza ou depressão?

“Eu só queria ficar na cama o dia todo hoje”. “Por mim, dormia direto, até isso tudo passar”. “Às vezes tenho vontade de sumir”. Te soa familiar esse tipo de desabafo?

Se sentir triste ou até mal humorado de vez em quando é algo natural, faz parte da vida e a tristeza é um sentimento natural também, assim como a alegria, a raiva e tantos outros. É natural se sentir triste ao perder um ente querido, ao terminar um relacionamento, perder o emprego, brigar com um amigo… realmente ficamos abalados e muito tristes.

Essa tristeza causada por um estresse pontual da sua vida, chamamos de “depressão situacional” e a maioria das pessoas se recupera dela sozinhas, em alguns dias ou semanas.

Mas se esses sintomas não desaparecem, se tornam frequentes, persistentes e interferem na sua capacidade de trabalho, de relacionamento com as outras pessoas, de fazer as tarefas que você sempre gostou de fazer, como sair com os amigos, praticar esportes ou outras tarefas, sejam lá quais forem as suas preferências, precisamos ficar atentos, pois pode haver a evolução do quadro para uma depressão clínica.

A depressão clínica, ou simplesmente depressão, como é conhecida, pode se originar de um fato ou estresse pontual, como os citados anteriormente, uma experiência traumática, uma tristeza profunda, ou ter fatores endógenos e relacionados a nossa genética.

Vamos falar aqui da identificação dos sintomas, sem entrar mais profundamente nos detalhes e múltiplas causas. O fato é que a depressão é uma doença que pode durar meses ou até anos se não tratada devidamente.

Por isso é fundamental conhecer os sintomas e buscar tratamento o quanto antes, afinal, bom mesmo é viver bem.

Então vamos lá! Quais são os sintomas?

A maioria das pessoas que teve ou tem depressão a descreve como um “grande buraco negro”, sensação de que a vida perdeu o sentido e que não tem mais VONTADE de fazer nada. Essa é uma característica muito marcante, a perda da capacidade volitiva. As vontades desaparecem, ou seja, tudo que a pessoa sempre gostou de fazer, ela já não sente mais vontade. A energia fica muito baixa, como se faltassem, de fato, forças para executar até as tarefas mais simples do dia a dia.

As pessoas são diferentes e os sintomas acabam tendo algumas variações de pessoa para pessoa. Apresentarei aqui os sintomas, de um modo geral, conforme o Código Internacional de Doenças (CID-10), pessoas com depressão grave nem sempre apresentam os mesmos sintomas, mas observe os mais comuns:

Tristeza

Uma tristeza persistente e sentimento de desesperança. Podem ocorrer pensamentos muito negativos e você passa a pensar que nada importa ou faz sentido na sua vida.  Comum também crises de choro sem qualquer motivo aparente.

Irritabilidade

Muitas pessoas acabam extravasando a tristeza como irritação e raiva, em muitos casos por não estarem compreendendo muito bem o que está acontecendo com seus sentimentos e emoções.

Culpa

Pessoas com depressão grave sentem muita culpa. Sentem culpa até mesmo por estarem doentes e causando sofrimento a outras pessoas, como familiares e amigos. Culpa por desmarcar os compromissos, por não estar dando o melhor que poderiam no trabalho etc.

Sintomas cognitivos

Pode haver dificuldade de concentração, muita dificuldade para tomar decisões, sensação de que os pensamentos estão lentos ou alterados.

Sintomas físicos

Muitas pessoas com depressão sentem dores, como dor de cabeça, dores pelo corpo ou ainda problemas digestivos. Quando acompanhadas por um clínico, geralmente não encontram uma causa aparente para o problema.

Perda de energia

É comum o depressivo sentir um cansaço constante. A depressão causa uma sensação de esgotamento físico e psicológico.

Perda de interesse

Um sintoma bem comum da depressão é a perda de interesse em atividades prazerosas como passatempos, atividades físicas ou esportes, sexo ou interações sociais. Pode acontecer também a negligência em suas responsabilidades, desmarcando constantemente compromissos e ainda descuido com seu estado físico.

Alterações do sono

A pessoa começa a observar que sente muito sono, bem mais que o habitual. Ou então desenvolve insônia, tem muita dificuldade para dormir, acorda várias vezes a noite, acorda muito cedo e não consegue mais dormir.

Alterações do apetite

Assim como acontece com as alterações do sono, o apetite é muito influenciado pela depressão. Varia de uma pessoa para outra. Algumas relatam um excesso de apetite, passam a comer muito além do que comiam e o ganho de peso aparente acontece em pouco tempo. Outras pessoas perdem o apetite e se alimentar torna-se uma dura tarefa.

Pensamentos suicidas

Sem dúvida, um dos sintomas mais graves e reais da depressão, sobretudo a depressão maior, que é o caso mais grave. Se você considera essa ideia, precisa procurar ajuda profissional imediatamente.

É importante lembrar que estamos todos sujeitos a desenvolver depressão ou qualquer outro transtorno psicológico no decorrer da nossa vida. Depressão não é frescura, não é fraqueza, não é vergonha. Depressão é uma doença grave e como qualquer outra doença precisa de tratamento. E geralmente o tratamento é bem sucedido. Quanto antes o tratamento for iniciado, melhor a recuperação e o mais rápido você terá sua vida estabelecida, voltando a se sentir com disposição e energia para viver tudo que pode viver! Não espere. Não deixe passar.

Se você identificou que tem boa parte desses sintomas e isso já dura algumas semanas, considere buscar ajuda profissional. Em alguns casos o trabalho interdisciplinar com um psiquiatra é recomendado, para a administração de medicamentos. Agende uma consulta comigo e saiba mais sobre como recuperar a sua qualidade de vida. É possível!

Eu posso te ajudar!

Clique e encontre seu psicólogo !

Avalie esse artigo:

Comentários:

Please Login to comment
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Recent comment authors

Muito bom o Artigo, parabéns.