Você sabe escolher o seu Psicólogo?

Em algum momento de nossas vidas, cada um de nós pode se sentir sobrecarregado e precisar de ajuda para lidar com nossos problemas. Quando aparece a sensação de que realmente precisa de ajuda, recorre-se ao psicólogo. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a cada 10 pessoas, 1 sofre de doença mental. Já de acordo com o Instituto Nacional de Saúde Mental nos EUA, mais de 30 milhões de norte-americanos precisam de ajuda para lidar com sentimentos e problemas que parecem fora de seu controle:

  • Problemas com um casamento ou relacionamento;
  • Uma situação familiar ou a perda de um emprego;
  • A morte de um ente querido;
  • Depressão;
  • Estresse;
  • Burnout ou uso/abuso de substâncias.

Essas perdas e estresses da vida diária podem, às vezes, tornam-se esgotante e até mesmo paralisador.

Às vezes precisamos de ajuda externa de um profissional treinado e licenciado para trabalhar com esses problemas. Por meio da psicoterapia, os psicólogos ajudam milhões de pessoas de todas as idades a desenvolver as suas vidas de forma mais saudáveis ​​e produtivas.

Quando procurar ajuda?

Você sente uma sensação esmagadora e prolongada de desamparo e tristeza, e seus problemas parecem não melhorar apesar dos esforços e da ajuda de familiares e amigos? Há uma sensação de que parece não haver saída?

Você está encontrando dificuldades para realizar atividades cotidianas: por exemplo, você não consegue se concentrar em tarefas no trabalho, e seu desempenho no trabalho está decaindo?

Você se preocupa excessivamente, espera o pior ou está constantemente no limite? As suas ações são prejudiciais a você ou aos outros: por exemplo, você está bebendo muito álcool, abusando de drogas ou tornando-se excessivamente agressivo com colegas, amigos e familiares?

Você está com dificuldades para dormir ou permanecer dormindo porque as preocupações aparecem durante o sono e você não consegue descansar?

Você sente que está demasiadamente preocupado com exercícios físicos em excesso, dietas restritivas e ansiedade sempre pelo pior?

Essas são algumas questões que você pode se perguntar para saber se realmente vale a pena buscar a ajuda de um psicólogo.

Quais perguntas poderia fazer ao psicólogo?

Algumas perguntas são válidas e faz sentido na hora da escolha do psicólogo:

Há quantos anos você pratica psicologia?

Eu tenho me sentido (ansioso, tenso, deprimido, etc.) e estou tendo problemas (com meu trabalho, meu casamento, comer, dormir, etc.). Que experiência você tem para ajudar pessoas com esses tipos de problemas?

Quais são as suas áreas de especialização – por exemplo, trabalhando com crianças e famílias?

Antes de escolher e levantar essas questões, o mais importante é você sentir-se bem com o profissional à sua frente. Mais do que apenas perguntas objetivas, é necessário pensar no vínculo entre vocês.

Pense! A psicoterapia é um momento para você.

 Fonte:

How to choose a psychologist. American Psychological Association, 2018. Disponível em: http://www.apa.org/helpcenter/choose-therapist.aspx. Acesso em: 22/05/2018.

Avalie esse artigo:

Comentários:

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments