Mindful Leadership

Mindful leadership: o que é e como vem ganhando força

  |  Tempo de leitura: 13 minutos

Mindful leadership, ou liderança consciente, é um conceito que vem crescendo dentro das empresas. Se você tem curiosidade para entender melhor sobre o que se trata e seus benefícios, confira este artigo até o final!

Em seu livro “Foco”, Daniel Goleman afirma:

“Para que obtenham resultados, líderes precisam dos três tipos de foco. O foco interno nos põe em sintonia com nossas intuições, nossos valores principais e nossas melhores decisões. O foco no outro facilita nossas ligações com as pessoas das nossas vidas. 

E o foco externo nos ajuda a navegar pelo mundo que nos rodeia. Um líder fora de sintonia com seu mundo interno será um desorientado; um líder cego para o mundo dos outros será um desinformado; os líderes indiferentes aos sistemas maiores dentro dos quais operam serão pegos de surpresa.”

Como veremos em seguida, o mindful leadership está muito relacionado à atenção plena, portanto, Goleman ressalta a importância do foco para o desenvolvimento de lideranças.

O que é mindful leadership?

O conceito de mindful leadership propõe uma liderança mais consciente e capaz de cultivar um estado de atenção. Baseia-se no desenvolvimento de líderes que cultivem estados internos mais qualificados.

Trata-se de abordagem cientificamente fundamentada e comprovada que ajuda a limpar a mente e gerenciar nossas emoções, para que possamos desenvolver uma liderança sustentável com base na plena consciência.

Para entender melhor, podemos dar um passo atrás e revisitar o conceito de mindfulness, que recebeu bastante atenção nos últimos anos. Isso porque, cada vez mais, vivemos em um ritmo frenético e sentimos a necessidade de desacelerar e focar no que é importante.

A nossa mente é repleta de distrações e o mindfulness nada mais é do que manter um estado de atenção plena, ou seja, prestar atenção naquilo que você está fazendo quando está fazendo.

Basta pensar em rotinas do dia a dia, como por exemplo, quando você está no caminho do trabalho e sua mente começa a divagar sobre as mil coisas que precisa fazer naquele dia. Você não está focado no momento presente, pois sua mente está cheia de pensamentos e distrações.

Mindfulness é um conjunto de técnicas que ajudam a focar no aqui e agora, impedindo que passado ou futuro te afetem como neste caso dos pensamentos no caminho para o trabalho.

O mindful leadership segue esta lógica, pois está muito relacionado ao fato de que as lideranças devem cultivar uma atenção plena e desenvolver o foco, pois isso é benéfico não apenas para estes profissionais como para todos que estão a sua volta.

Este vem sendo o questionamento de muitos especialistas em RH e Psicólogos: afinal, como transformar a estrutura atual de liderança em uma gestão mais consciente e com foco no que está sendo executado?

Ebook Vittude com 13 razões para investir em saúde mental

Quais são os benefícios do mindful leadership?

São muitos os benefícios de desenvolver lideranças mais conscientes, pois os times destes profissionais também são afetados diretamente.No geral, está comprovado que mindfulness é uma ferramenta capaz de ajudar os líderes a controlarem o estresse, o que também ajuda os liderados a ficarem menos estressados e, dessa forma, se cria um ambiente muito mais saudável.

Como você pode notar, é uma espécie de efeito cascata, pois a partir do momento em que a liderança é melhor desenvolvida, tudo abaixo dele também é impactado positivamente.

Vamos, em seguida, conhecer os principais benefícios do mindful leadership!

1. Diminui os níveis de estresse e ansiedade

Pesquisas confirmam que quando um líder está muito estressado, a ansiedade pode ser sentida por todos os membros da empresa, o que acaba afetando a performance dos funcionários.

Outros dados do estudo também apontam como o estresse é prejudicial para o dia a dia de trabalho. Somente 7% dos entrevistados acreditam que líderes estressados realmente são capazes de liderar seus times. Além disso, apenas 11% dos profissionais com líderes estressados são muito engajados no trabalho.

Não é preciso falar muito mais para ter certeza de que é de extrema importância trabalhar para diminuir os níveis de estresse dentro das empresas, não é mesmo?

O mindful leadership é uma das maneiras mais inteligentes de se desenvolver para evitar os avanços desastrosos do esgotamento profissional. A atenção plena é benéfica para o corpo e a mente, contribuindo para um dia a dia mais leve e saudável.

2. Aumento da criatividade

Quando uma pessoa é capaz de realmente focar naquilo que está fazendo, consequentemente as chances de encontrar soluções melhores e mais criativas são maiores.

Isso porque, diante de distrações e pensamentos dispersos, você não consegue colocar toda a sua atenção na atividade que está exercendo de tal forma que desperdiça parte do seu potencial.

Quando um líder entende a importância da atenção plena e é capaz de aplicá-la no dia a dia, a equipe também pode usufruir dos benefícios. Cabe à liderança ajudar o time a dar prioridade para as tarefas que estão em andamento e conseguir focar em sua finalização.

3. Melhora da produtividade e da performance

Quanto tempo a mais você já demorou para realizar uma tarefa porque simplesmente não conseguia focar nela?

Isso acontece até mais do que nos damos conta (e muito mais do que gostaríamos). Infelizmente, as distrações cruzam a nossa mente e quando não sabemos controlá-las, acabamos perdendo facilmente o foco.

A partir do momento em que se desenvolve o mindful leadership, o profissional se conhece melhor e é capaz de se concentrar no que está fazendo, realizando tarefas com mais agilidade.

Dessa forma, é claro que ele se torna mais produtivo e é capaz de fazer mais em menos tempo, eliminando a procrastinação de seu dia a dia.

Além disso, como lideranças conscientes conseguem dar o foco necessário para as tarefas que executam, são capazes de tomar melhores decisões, evitando precipitações.

Ser capaz de colocar a atenção plena no que você fazendo é, portanto, uma maneira de atingir melhor resultados para si mesmo, para os seus liderados e para a empresa como um todo.

4. Desenvolvimento do autoconhecimento

Mindfulness é uma técnica que tem como objetivo ajudar a pessoa a focar no presente e, portanto, dessa forma, faz com que você aprofunde o seu autoconhecimento também.

Ao ter maior consciência sobre a sua mente e seus sentimentos, você também se torna ainda mais capaz de reconhecer suas emoções e administrá-las da melhor forma possível.

Isso quer dizer que quando você estiver trabalhando e se sentir perturbado pela tristeza de uma briga ou  pela extrema felicidade de uma conquista, não deixará que tais emoções interfiram no seu foco no momento presente naquele momento.

Afinal, quantas vezes você não conseguiu produzir tudo o que precisava porque estava completamente distraído pelo o que sentia, deixando sua mente divagar pelas emoções?

Isso acontece muito no dia a dia e é importante ressaltar que a inteligência emocional, ou seja, o reconhecimento e controle das emoções está muito atrelado a este ponto.

5. Aumento da empatia

Ambientes muito estressantes tem a capacidade de afetar não somente a produtividade e performance dos funcionários, como acabar fazendo com que eles deixem de enxergar o outro.

Com isso, quero dizer que o mindful leadership é capaz de despertar a empatia, pois uma liderança mais consciente e focada consegue enxergar melhor as necessidades das pessoas ao seu redor.

Assim, toda a equipe também se torna mais cooperativa e as pessoas buscam se ajudar para alcançarem objetivos em comum. Além disso, ao fortalecer o espírito de equipe, o mindful leadership também ajuda as pessoas a trabalharem a atenção plena focada no outro.

Isso quer dizer que, além dos benefícios voltados para si mesmo, esse novo estilo de liderança também é benéfico para que as pessoas aprendam a se colocar no lugar do outro, desenvolvendo a empatia.

6. Consciência não crítica

Outro benefício muito importante do mindful leadership é o fato de que a atenção plena ajuda a liderança a enxergar e analisar as situações sem colocar na mesa críticas ou pré-julgamentos.

Dessa forma, o profissional foca na solução do problema para que ele seja de fato resolvido e, posteriormente, pensa em criar medidas preventivas.

7. Maior clareza e serenidade

Desenvolver o autoconhecimento e conhecer mais profundamente a sua própria mente ajuda na resolução de conflitos e busca por soluções para resolver situações.

Isso porque técnicas de mindfulness ajudam a trazer maior clareza e serenidade, ou seja, você deixa de tomar decisões precipitadas e por impulso que não necessariamente seriam as mais adequadas.

Clareza e serenidade são elementos importantes para o dia a dia de trabalho, pois fazem com que a liderança transmita confiança e calma para outros membros da equipe.

8. Diminui os níveis de presenteísmo

O presenteísmo tem tudo a ver com o mindful leadership, pois se trata de um profissional que está presente fisicamente no ambiente de trabalho, mas com a mente distante e dispersa.

Isso significa que ele está lá apenas de corpo de tal forma que, na realidade, está totalmente desconectado com a sua função.

O mindful leadership é uma ferramenta poderosa para diminuir os índices de presenteísmo, pois como vimos anteriormente, tem como principal benefício a atenção plena.

Os dados são grave, pois segundo a ISMA-BR, cerca de 23% da população adulta é presenteísta. Por mais que o presenteísmo tenha várias causas, como a insatisfação no emprego, em alguns casos o profissional pode gostar do seu trabalho, mas esteja com dificuldade de resolver questões internas que tiram seu foco no dia a dia.

Este é um exemplo no qual incluir técnicas de mindfulness na rotina pode ser benéfico e trazer resultados positivos tanto para o funcionário quanto para a empresa.

Como desenvolver o mindful leadership?

Existem algumas maneiras de desenvolver o mindful leadership. 

Vamos, em seguida, conferir algumas delas?

1. Meditação

A meditação é uma prática milenar que vem ganhando cada vez mais adeptos. Muita gente não pratica porque tem a ideia errada da meditação: não se trata de não pensar em nada e sim de focar no momento presente.

A meditação está muito relacionada ao desenvolvimento de autoconsciência, ou seja, aprender a criar consciência do que você pensa e sente e ser capaz de controlar tudo isso para que, nos momentos certos, consiga “limpar” a sua mente. Trata-se, portanto, de não se apegar aos pensamentos e deixá-los virem e irem.

Além disso, é essencial para diminuir os níveis de estresse e ansiedade. Foi o que revelou uma pesquisa realizada pelo Hospital Israelita Albert Einstein, a Universidade Federal de São Paulo e o Instituto Appana Mind.

O estudo apontou que fazer 1 hora e 15 minutos de Yoga e meditação três vezes por semana, por dois meses, foi capaz de cortar pela metade a concentração de cortisol das pessoas avaliadas.

O grupo que fez parte da pesquisa era de cuidadores de pessoas com Alzheimer, portanto, eles tinham índices altos de cortisol, o hormônio do estresse.

Para começar, o ideal é buscar aplicativos de meditação guiada (Headspace e Insight Timer, por exemplo), pois eles te ajudarão a focar no que é necessário. Além disso, uma boa meditação não é medida pela sua duração e sim pela qualidade da prática.

Inicie com meditações de 5 a 10 minutos e, aos poucos, vá aumentando. Não se apresse, pois respeitar o seu ritmo e suas limitações é muito importante. Por fim, se lembre de que os benefícios da meditação vêm com a prática constante, portanto, o ideal é programar um horário na sua agenda para meditar todos os dia.

2. Yoga

O Yoga ajuda as pessoas a criarem consciência de seu corpo como um todo. A prática é muito benéfica tanto para o estado físico quanto mental.

Ao fazer Yoga, você precisará trabalhar a atenção plena e focar no que estiver fazendo, caso contrário, você não está fazendo Yoga.

Muitas práticas mesclam também meditações e exercícios de respiração que são ótimos para trabalhar o foco.

3. Técnicas de respiração

A respiração é muito poderosa. Já parou para analisar como quando você está ansioso e nervoso a sua respiração fica ofegante e mais curta?

A respiração tem um papel essencial no seu dia a dia e no desenvolvimento do mindful leadership. Existem várias técnicas e respiração que podem ser úteis e benéficas.

Ao focar em alguns exercícios de respiração ao longo do dia, você será capaz de dispersar reações e emoções. Repare em como algumas respirações mais profundas são capazes de diminuir a tensão, acalmar a mente e proporcionar mais leveza para o seu corpo;

Acredite: a respiração é poderosa.

4. Terapia

A terapia é uma ferramenta que não vem à mente de todos que pensam em mindful leadership, mas sabia que ela é muito eficaz?

Para começar, existem psicólogos especializados em lideranças corporativas e que são ideais para ajudar no desenvolvimento destes profissionais em diferentes âmbitos.

Além disso, a terapia se baseia em um profundo processo de autoconhecimento, que ajuda as pessoas a reconhecerem e controlarem suas emoções. 

Dessa forma, aos poucos, elas aprofundam o conhecimento sobre si mesmas e se desenvolvem para que se tornem lideranças conscientes.

Como as empresas podem desenvolver mindful leadership?

Empresas que assumem suas responsabilidades no desenvolvimento de lideranças conscientes são aquelas que se preocupam verdadeiramente com o ambiente corporativo e o crescimento de seus funcionários.

Para isso, a dica é buscar um parceiro como o Vittude Corporate, um benefício corporativo que ajuda as empresas a cuidarem da saúde mental dos seus colaboradores ao mesmo tempo em que desenvolvem habilidades importantes para o dia a dia de trabalho!

Para saber mais, clique aqui e conheça o trabalho que o Vittude Corporate vem fazendo com grandes empresas de todo o Brasil.

Bruna Cosenza

Escritora, produtora de conteúdo e LinkedIn Top Voice 2019. Autora do romance "Lola & Benjamin", acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar. É apaixonada por comportamento humano e pela relação entre corpo e mente. Escreve porque considera o conteúdo uma das ferramentas mais poderosas que existem para provocar reflexões e derrubar barreiras.