Autocuidado

O que é preciso para ter uma vida equilibrada?

Viver uma vida equilibrada requer disciplina e comprometimento consigo mesmo. Afinal, encontramos o equilíbrio do corpo e da mente através da perpetuação de hábitos saudáveis. Para desenvolvê-los e ainda ter disposição para mantê-los por um longo período, você precisa se esforçar. 

Talvez seja necessário fazer mudanças. Talvez seja necessário conversar com um psicólogo para se livrar de dúvidas e ter um direcionamento. As vantagens de cultivar esse equilíbrio, contudo, se sobrepõem aos sacrifícios feitos durante o processo! 

Como encontrar o equilíbrio do corpo e da mente?

É possível mesmo ter uma vida equilibrada? 

Com a quantidade elevada de trabalho e de compromissos que a maioria das pessoas enfrenta hoje, o tempo para se dedicar a cuidar do corpo e da mente diminui. Por mais que exista o desejo de ter hábitos mais saudáveis, pode não haver tempo para cultivá-los da maneira adequada. 

O equilíbrio do corpo e da mente é encontrado através de um esforço conjunto. É preciso levar em consideração o nível de qualidade dos diversos aspectos da sua vida. O bem-estar somente é alcançado quando você cuida dos seguintes fatores:

  • Profissional: satisfação com o trabalho exercido;
  • Saúde: satisfação com a saúde da mente e do corpo;
  • Financeiro: satisfação com os recursos financeiros disponíveis graças ao seu trabalho, bem como a satisfação de necessidades básicas;
  • Amoroso: satisfação com o parceiro;
  • Social: satisfação com a qualidade dos seus relacionamentos interpessoais;
  • Espiritual: satisfação com a sua fé;
  • Familiar: satisfação com as relações familiares e o convívio com parentes;
  • Emocional: satisfação com o bem-estar emocional e psicológico.

É claro que nem sempre é possível ter o mesmo nível de qualidade em dois ou mais segmentos ao mesmo tempo. Os altos e baixos que compõem a vivência humana transformam o ideal da plenitude em uma ilusão, afinal, nem sempre estaremos 100% bem em todas as áreas. 

É por isso que desenvolver métodos para gerir emoções em momentos de crise é essencial para encontrar o equilíbrio do corpo e da mente em sua vida. Enquanto uma das áreas não vai bem, você tira proveito do prazer e da serenidade proporcionada por outra. 

Idealmente, contudo, todas as pessoas teriam, pelo menos, um nível de conforto em todas – ou quase todas – as áreas de suas vidas. 

10 hábitos para ter uma vida equilibrada

Para se ter uma vida equilibrada, portanto, é preciso refletir primeiramente a respeito de como andam os diferentes segmentos da sua vida. Como está a sua vida profissional, social e amorosa? O que você tem feito para aproveitar o seu tempo livre e cuidar da sua vida financeira?

Você anda estressado ou satisfeito com o estado da sua vida?

O estresse, a tristeza, o desânimo e a irritabilidade são indícios importantes de que a sua vida não está tão equilibrada quanto deveria. São também sinais de alerta de possíveis patologias físicas, psicossomáticas ou psicológicas. Dessa forma, se você tem sentido mais emoções desfavoráveis que agradáveis, é sinal de que precisa reestabelecer o equilíbrio entre o corpo e a mente.

Para ajudá-lo nessa trajetória, que sabemos que não é tão simples devido à quantidade de responsabilidades que precisam ser atendidas, separamos 10 dicas com base em cada área da sua vida:

  1. Fazer exercícios físicos regularmente
  2. Cultivar um passatempo
  3. Criar momentos de relaxamento da rotina
  4. Ter uma vida social interessante
  5. Seguir rotinas matinais e noturnas
  6. Fazer acompanhamentos médicos
  7. Dar um tempo nas redes sociais
  8. Estabelecer limites profissionais
  9. Desenvolver hábitos de consumo saudáveis
  10. Fazer terapia

Quer saber mais? Veja os detalhes de cada um dos itens abaixo!

Fazer exercícios físicos regularmente

A Vittude sempre destaca a importância de movimentar o corpo com regularidade tanto para cuidar da saúde mental quanto para se ter uma vida equilibrada. Além dos benefícios óbvios para a saúde, as atividades e exercícios físicos, aliados a uma dieta balanceada, tornam os dias mais produtivos uma vez que você tem mais disposição para realizar tarefas. 

Cultivar um passatempo

Ter um passatempo, ou um hobby, é o mesmo que ter um escape dos problemas e das questões capazes de lhe tirar o sossego. Avançar uma habilidade ao seu modo e conforme a sua velocidade de aprender permite que você aproveite o processo do começo ao fim. 

A pressão do ambiente de trabalho e das cobranças para atingir a maestria acabam roubando o prazer de engajar em tarefas e projetos profissionais. Por isso, as pessoas cultivam passatempos. 

A autorrealização obtida através do domínio de um hobby, como tocar um instrumento ou cozinhar, é mais gostosa e, ainda, ajuda a elevar a sua autoestima

Criar momentos de relaxamento na rotina

Esse hábito é obrigatório para cuidar da saúde da sua mente. Encontre um momento para relaxar e não pensar em obrigações em meio à rotina. Muitas pessoas fazem isso através de uma atividade que proporciona prazer, como um curso ou um esporte. 

O objetivo desse momento de relaxamento é adentrar um estado emocional e psicológico tranquilo, livre de estresse e de emoções perturbadoras. Portanto, opte por distrações que lhe concedam bem-estar em vez de perpetuarem hábitos nocivos à saúde, como comer guloseimas, ingerir bebidas alcoólicas e permanecer sedentário. 

Ter uma vida social interessante

Sair com os amigos, namorar e marcar encontros em família acaba fazendo parte da vida social de todas as pessoas. Apesar desses eventos serem ótimos para descontrair e deixá-lo de bom humor, podem facilmente cair na mesmice.

Diversifique as suas experiências sociais para ter uma vida social emocionante. Por exemplo, assista peças de teatro e apresentações musicais. Passeie por feiras de artesanato e eventos culturais, ou faça uma viagem bate e volta durante os finais de semana. 

Em outras palavras, preencha o seu tempo livre com atividades que irão aumentar o seu entusiasmo e curiosidade pela vida. 

Seguir uma rotina matinal e uma noturna ajuda a ter uma vida equilibrada

O modo como você desperta para dar início ao dia pode definir o seu humor até a hora de dormir novamente, sabia? 

O ideal é acordar com tranquilidade, em um horário bom para tomar café da manhã e fazer alongamentos antes de se arrumar para o trabalho. Uma rotina matinal corrida aumenta as chances de um dia de trabalho estressante. 

O mesmo é verdade para o modo como você adormece. Se você não descansa durante a noite, é provável que não consiga ser produtivo no dia seguinte. 

Para ter uma boa noite de sono, desligue-se das pendências do dia e dos aparelhos eletrônicos pelo menos uma hora de se deitar. Tome um chá com propriedades calmantes e faça uma breve meditação para encontrar o equilíbrio do corpo e da mente. 

Fazer acompanhamentos médicos

As pessoas se esquecem de fazer check-ups regulares para acompanhar o estado da sua saúde. A mentalidade dos brasileiros ainda é muito focada no tratamento de doenças em vez da sua prevenção. 

Embora fazer exercícios, se alimentar com alimentos saudáveis e reduzir a carga de estresse diária ajudam a cuidar da saúde, nunca se sabe quando uma patologia pode aparecer. É mais fácil tratar doenças quando elas estão em seus estágios iniciais, por isso, realizar check-ups periódicos é muito importante. 

Se você possui uma enfermidade crônica, é interessante também buscar apoio de grupos, instituições e ONGs, além de realizar os acompanhamentos necessários. Assim, você poderá desabafar ou pedir conselhos de pessoas que compreendem exatamente o que está passando. 

Dar um tempo das redes sociais

É muito bom ficar horas nas redes sociais, mas é de fato saudável cultivar esse hábito ininterruptamente?

A quantidade de informações e estímulos recebidos das plataformas diversas acaba cansando a nossa mente. As notícias negativas e as “polêmicas” constantes também são combustíveis para o estresse mental. Logo, o ideal para ter uma vida equilibrada é dar um tempo das redes sociais e voltar à atenção para passatempos mais produtivos de vez em quando.

Estabelecer limites profissionais

Sabemos que nem sempre é fácil conversar com superiores e colegas de trabalho para tornar o seu ambiente de trabalho mais agradável. Levar trabalho para casa, trabalhar nos finais de semana e ficar até tarde na empresa às vezes é necessário. 

Entretanto, quando essas exigências se tornam rotina, elas começam a afetar a sua saúde mental. Para não chegar ao esgotamento psicológico ou ocupacional, você precisa estabelecer limites para a sua disponibilidade. 

Desenvolver hábitos de consumo saudáveis

Os seus hábitos de consumo refletem a sua percepção e o seu cuidado com o dinheiro. Você gasta conforme a sua realidade ou acaba tendo dificuldade para pagar as contas no fim do mês? 

A compulsão por compras para aliviar estados emocionais desagradáveis é outro problema comum que, a longo prazo, cria uma pilha de débitos. Cuidar das suas finanças garante uma vida equilibrada e livre de preocupações excessivas com o futuro.

Fazer terapia

O acompanhamento psicológico por uma variedade de razões: tratamento de transtornos mentais, dúvidas sobre qual caminho seguir, problemas no relacionamento, questões relacionadas à identidade, incerteza sobre a sexualidade, entre outros. 

É na terapia que as pessoas encontram as respostas para as dúvidas que consomem o seu bem-estar e aliviam dores emocionais, além de redescobrirem o amor-próprio. É um dos métodos mais eficientes para cultivar uma vida equilibrada e saudável. 

Se você precisa desabafar, aliviar o estresse, encontrar a si mesmo ou solucionar um problema complicado, não hesite em procurar um psicólogo. 

A Vittude é o lugar certo para você dar início ao seu acompanhamento psicológico por meio da terapia online. Nossa plataforma possibilita consultas virtuais seguras e confortáveis com profissionais competentes e certificados!

Para mais informações acesse nosso site e acompanhe o blog da Vittude!

Conteúdos Que Você Pode Gostar Também:

Tatiana Pimenta

CEO e Fundadora da Vittude. É apaixonada por psicologia e comportamento humano, sendo grande estudiosa de temas como Psicologia Positiva e os impactos da felicidade na saúde física e mental. Cursou The Science of Happiness pela University of California, Berkeley. É maratonista e praticante de Mindfulness. Encontrou na corrida de rua e na meditação fontes de disciplina, foco, felicidade e produtividade. Você também pode me seguir no Instagram @tatianaacpimenta

Recent Posts

O que são as abordagens da psicologia e quais as principais?

Você conhece as abordagens da psicologia? Aprender sobre elas pode mudar muito sua visão sobre…

1 dia ago

Depressão não é frescura! Como conscientizar as pessoas a esse respeito?

Depressão não é frescura, e entender isso é extremamente importante. Transtornos depressivos são sérios e…

1 semana ago

Ansiedade social: causas, sinais e dicas para conviver com ela

Você já conheceu alguém e falou "Ah, que antissocial..."? Talvez essa pessoa sofra de algo…

1 semana ago

Quando o cansaço mental passa a ser um problema?

O cansaço mental está presente na vida de todos nós, principalmente para quem tem a…

2 semanas ago

Tipos de depressão: como o transtorno se manifesta?

Existem diversos tipos de depressão, cada um com sua particularidade e sinais de alerta. Entenda…

2 semanas ago

TEA – Transtorno do Espectro Autista ou Autismo: causas e tratamento

O Transtorno do Espectro Autista é um distúrbio de neurodesenvolvimento, e é possível perceber seus…

1 mês ago

Já fez Terapia Online? 😉

Começar agora!