Sexo a três

Sexo a três: descubra tudo sobre o ménage à trois

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

O sexo a três é uma relação sexual que envolve uma terceira pessoa. Geralmente, um casal casado em busca de aventuras sexuais e outro indivíduo da escolha do mesmo. O arranjo mais comum, o qual também é amplamente representado na mídia, são duas mulheres e um homem.

Mas não há regras! Pessoas de qualquer status civil, gênero e orientação sexual podem fazer um ménage à trois. Aliás, esta expressão francesa pode ser traduzida como ‘família de três pessoas’. Uma definição intimista para este ato sexual que desperta tanto interesse.

A ideia de adicionar uma terceira pessoa ao sexo é instigante. As múltiplas possibilidades de toques e posições sexuais aguçam a curiosidade de casais que desejam apimentar o relacionamento. Apenas fantasiar sobre a experiência pode despertar o desejo sexual. Mas como conciliar a atração e o prazer na transa com três pessoas?

O que saber antes de fazer sexo a três

Quando o assunto é ménage à trois, é comum a mente imaginar um cenário de filme bem caliente e excitante, além de parceiros sexuais extremamente receptivos à ideia. Muitas vezes, nas telonas o sexo a três é feito no calor do momento, em uma festa ou durante uma noite sexy, com pessoas desconhecidas ou pouco conhecidas.

Na vida real, porém, não é tão fácil assim. Todos os participantes precisam compartilhar de um nível elevado de maturidade e respeito mútuo, além de vontade sexual. Caso contrário, a experiência pode nem chegar aos pés da fantasia criada em sua cabeça.

E ninguém quer isso, certo?

A transa com três pessoas não é só sexo. Ela consiste no contato e no diálogo entre três indivíduos diferentes. Cada um com personalidades, desejos e sentimentos próprios.

Sexo a três relacionamento
Três indivíduos se relacionando ao mesmo tempo, compartilhando emoções e desejos.

Ou seja, não dá para trazer o cenário de filme para a realidade, pois os seres humanos são complexos e se envolvem emocionalmente com pessoas, situações e até ideias. Então, antes de embarcar nessa aventura tão desejada, o casal precisa pensar bem.   

Quais são os seus objetivos?

Pode ser estranho definir objetivos para o sexo, algo tão natural do ser humano. Entretanto, para que todas as partes envolvidas se satisfaçam o casal precisa pensar nos seus motivos para querer adicionar uma terceira pessoa à relação sexual.  

Não raro os casados desejam sair da rotina e reviver a chama do casamento. Às vezes, somente um dos integrantes do casal pensa nisso. Quando enfim consegue apresentar a ideia ao parceiro, ela costuma ser recebida com acusações de insatisfação na cama.

Este desejo, porém, não quer dizer que um dos parceiros está incomodado com a vida sexual no relacionamento. Na verdade, é uma representação de confiança e, é claro, amor. O seu parceiro se sente à vontade o suficiente para confiar os desejos sexuais mais extravagantes a você. É preciso confiar muito em outra pessoa para chegar a este nível de intimidade, concorda?

Se é você que tem o interesse, converse com o seu parceiro sobre as suas vontades e fantasias. O diálogo é essencial, seja no sexo a dois ou a três. Pode ser que o parceiro não tope de primeira, então, dê tempo para ele ou ela analisar a situação.

O alerta vermelho acontece quando você sugere ou aceita a sugestão do outro com a intenção de salvar o casamento ou o relacionamento. A noite reservada para a realização de fantasias sexuais pode causar ainda mais estragos emocionais porque o casal não está em harmonia. Assim, neste cenário, o mais indicado é buscar terapia de casal.

Dicas para fazer sexo a três

Confira abaixo as nossas dicas para ter uma experiência a três bacana, respeitosa e inesquecível. Lembrando que a qualquer momento você, como indivíduo ou parte de um casal, pode procurar um profissional da sexualidade humana para conversar sobre o assunto.

Conversa sexualidade

Converse com o seu parceiro

Diálogo é sempre o aspecto mais importante do relacionamento. Além de conversar sobre os desejos de cada um, é preciso discutir a ‘logística’ da ocasião e falar sobre sentimentos. A relação sexual é um momento muito íntimo e emocional, embora algumas pessoas pensem somente no prazer.

Vocês estão confortáveis para fazer sexo a três? Você está pronto para ter este tipo de envolvimento com alguém além do seu parceiro? Como se sentirá ao vê-lo engajar em atividades sexuais com outra pessoa?

Outra questão a ser considerada é a autoestima de cada pessoa do casal. Neste caso, não diz respeito somente a como você se sente de frente para um espelho, mas, sim, se fica bem na própria pele.

Se você tem problemas com isso, é importante considerar trabalhar a sua autoestima antes de tentar inserir uma terceira pessoa nesse tipo de experiência sexual.

Trilha autoestima

Se você acredita que se sentirá estranho ou ficará com ciúmes depois da experiência, é melhor passar mais tempo conversando com o parceiro antes de tomar uma decisão.

Decidam em conjunto quem será a terceira pessoa

Como decidir quem será a pessoa a se juntar ao casal? Além de ser um indivíduo que desperte a vontade de transar de ambos, deve ser alguém de confiança. Independentemente se for alguém conhecido ou desconhecido, a pessoa deve despertar a segurança no casal. É claro que diálogo também deve ser estabelecido com ela antes do sexo a três.

Se for alguém conhecido, é preciso considerar como vai ser o relacionamento com esse indivíduo depois da experiência. Vai gerar incômodo? O relacionamento de vocês três será afetado de alguma forma? Fofocas também podem surgir quando se trata de uma pessoa do círculo de amigos.

Já com uma pessoa desconhecida é preciso saber o suficiente sobre ela para se sentir confortável para o sexo. Os aplicativos de relacionamento podem ajudar na busca. Muitos casais costumam procurar por pessoas interessadas neles.

Pergunte à pessoa sobre os seus desejos, como se sentiria durante a transa, se deseja fazer sexo com os dois ou somente uma pessoa do casal e se ela possui limitações que gostaria de deixar claro.

A questão da atração pelo mesmo sexo pode ser levantada, pois é natural homens escolherem mulheres e mulheres escolherem homens. Ou seja, a proporção será duas pessoas do mesmo sexo para uma do oposto.

Como a sexualidade humana é complexa, é possível sentir atração no momento da transa mesmo sendo heterossexual. Vários aspectos podem ser excitantes, como as carícias, observar o parceiro e a pessoa, o fato de estar fazendo um ménage a tròis, entre outros.

Estabeleça regras

O sexo a três precisa de regras justamente para cada pessoa se sentir à vontade. Obviamente, as regras não precisam ser rigorosas nem impostas. Elas são mais orientações para que os três participantes estejam de acordo com os limites uns dos outros.

Por exemplo, como serão os beijos? O sexo oral, o sexo anal e a masturbação são permitidos? Haverá penetração? Lembrando que o sexo não é apenas penetração, mas, sim, toda a experiência íntima entre duas ou mais pessoas. Então, decidam juntos o que é tolerável e o que não é conforme os limites de cada pessoa.

Estabelecer algumas regras também é uma forma de prevenir que alguém fique de fora. Se um dos parceiros prestar mais atenção na terceira pessoa, por exemplo, pode haver conflitos entre o casal.

Essa é uma das razões para fazer o ménage à trois somente quando o relacionamento estiver fortalecido e o casal estiver bem resolvido com as questões sexuais.

Respeito e confiança devem estar presentes

Assim como a comunicação, o respeito e a confiança nos parceiros devem ser constantes. Só assim você conseguirá relaxar e aproveitar o sexo sem inibições.

Mas como adquirir tanta segurança se uma pessoa desconhecida for escolhida? Afinal, essa pessoa irá trocar carícias e transar com você e com o parceiro.

A construção desse laço depende do tempo dedicado ao relacionamento. Embora o desejo de ter relações sexuais a três seja forte, o casal pode levar o tempo que quiser para conhecer a terceira pessoa interessada no sexo. Através de conversas por aplicativos ou redes sociais, vocês podem conversar o tempo que acharem necessário.

Proteja-se

Uma das dicas mais importantes é assegurar que todos estejam seguros durante a relação sexual. A camisinha deve ser usada para prevenir Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). Aliás, pode ser que o número de preservativos seja maior no sexo a três.

Não há como saber totalmente que tipo de posições ou atividades serão feitas no momento. A excitação e a descoberta de novidades podem interferir no plano inicial. Então, tenha vários preservativos. Para preservar a saúde e a segurança, toda vez que houver penetração a camisinha deve ser trocada.

E quando você receber o convite para ser a terceira pessoa no sexo a três?

Como a terceira pessoa, você deve fazer as perguntas certas para se certificar das intenções do casal e da sua própria segurança. Se as duas pessoas forem desconhecidas, dedique tempo para conhecê-las para ter uma experiência prazerosa.

Quando marcar uma data e um local, procure estabelecimentos próprios para o encontro, como os motéis ou um quarto de hotel. Caso a situação não saia como planejado, você pode ir embora facilmente.

Em caso de dúvidas sobre o ménage à trois, saiba que a Vittude possui diversos sexólogos dedicados a aconselhar casais e indivíduos sobre os mais diversos assuntos da sexualidade humana.

Banner vida sexual

Gostou deste artigo? Confira mais conteúdos do blog Vittude para apimentar o sexo:

Tatiana Pimenta

CEO e Fundadora da Vittude. É apaixonada por psicologia e comportamento humano, sendo grande estudiosa de temas como Psicologia Positiva e os impactos da felicidade na saúde física e mental. Cursou The Science of Happiness pela University of California, Berkeley. É maratonista e praticante de Mindfulness. Encontrou na corrida de rua e na meditação fontes de disciplina, foco, felicidade e produtividade. Você também pode me seguir no Instagram @tatianaacpimenta