psicanalise

Psicanálise – tudo sobre o método de Freud para lidar com a mente

  |  Tempo de leitura: 13 minutos

A psicanálise é um método de tratamento de transtornos mentais, moldado pela teoria psicanalítica. Fundada por Sigmund Freud (1856-1939), enfatiza processos mentais inconscientes e é algumas vezes descrita como a “psicologia profunda”. É comum a confusão entre psicanálise e psicologia, porém são coisas bastantes distintas, é possível que um psicólogo seja psicanalista, da mesma maneira que um psicanalista pode não ser um psicólogo. A psicanálise promove a consciência de padrões de emoções e comportamentos inconscientes, desadaptativos e habitualmente recorrentes. Isso permite que aspectos anteriormente inconscientes do self se integrem e promovam um ótimo funcionamento da mente, cura e expressão criativa.

Continue lendo
psicologia da educação

Psicologia da educação: ensino e aprendizado são tarefas da mente

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

A psicologia da educação é uma subárea de conhecimento dentro da psicologia, que tem como função a produção de saberes relativos aos fenômenos psicológicos constituintes do processo educativo. Estudar psicologia da educação ou psicologia educacional é compreender o processo de ensino e aprendizagem. Isso vai desde os mecanismos de aprendizagem nas crianças e adultos (relacionando com a psicologia do desenvolvimento), até a eficiência das tácticas e estratégias educacionais, assim como o estudo do funcionamento da instituição escolar enquanto organização (onde se cruza com a psicologia social).

Continue lendo
terapia cognitivo comportamental

Terapia cognitivo comportamental: o que é, como funciona e quando devo procurar?

  |  Tempo de leitura: 6 minutos

Buscar um atendimento psicológico é muito comum e não precisa estar associado diretamente com uma doença. Terapia é para todo mundo e, dentro da psicologia, existem diversos tipos de abordagens terapêuticas. Entre elas a Psicanálise Freudiana, a Psicologia Analítica ou Jungiana, a Psicanálise Lacaniana, Analítico-Comportamental, Gestalt, Psicodrama e também a Terapia Cognitivo Comportamental.

Continue lendo
Como escolher um psicólogo

Psicólogo: Como escolher um bom profissional?

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

Como escolher um psicólogo? Para isso é preciso encontrar um profissional com o qual você se identifique. Que tenha empatia, onde você possa se sentir acolhido e ouvido. E isso, obviamente não é uma tarefa fácil! Um bom psicólogo deve ter uma boa formação acadêmica, experiência relevante na área clínica, fazer análise ou psicoterapia pessoal e supervisão clínica na sua linha terapêutica. Psicólogo, você já pensou em procurar este profissional? Em algum momento da vida, todo indivíduo pode sentir-se sobrecarregado. Pode precisar de ajuda para lidar com seus mais diversos problemas. De acordo com o Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 3 em cada 10 brasileiros sofrem de ansiedade ou depressão. Precisam de ajuda para lidar com sentimentos e problemas que parecem estar além do seu controle – problemas com um casamento ou relacionamento, uma situação familiar, a perda de um emprego, a morte de um ente querido, a depressão,...

Continue lendo
Sonhos - seus significados na psicologia

Os sonhos, seus significados e a psicologia

  |  Tempo de leitura: 5 minutos

Sonhos são processos psíquicos vitais, experiências subjetivas, criados através da relação do nosso mundo interior com o exterior. São construções da nossa psique com função de regular e equilibrar nossa vida. Sonhar é uma forma de comunicação com nosso inconsciente e também com o inconsciente coletivo.

Continue lendo
Homossexualidade não é doença

Homossexualidade não é doença

  |  Tempo de leitura: 4 minutos

Houve um tempo em que a medicina chegou a considerar o homossexual como doente. Porém, é importante dizer que nessa época a medicina atuava como aliada do Estado em questões políticas se preocupando com assuntos como natalidade e contingente de pessoal para guerras. E isso era um dos principais motivos para condenação da homossexualidade. Em 1973, o item “homossexualismo” foi removido do DSM-II, dicionário de transtornos mentais que orienta a comunidade médica.

Continue lendo