Teste vocacional: como escolher a carreira certa para o futuro?

Teste vocacional: como escolher a carreira certa para o futuro?

  |  Tempo de leitura: 11 minutos

Nos dias atuais, ao pensar em qual carreira escolher para o futuro, um jovem tem a sua disposição uma infinidade de cursos de graduação e instituições de ensino. No entanto, o que fazer quando não se tem ao menos uma pista da profissão desejada?  Escolher um curso de graduação ou uma carreira, quando se tem 16 ou 17 anos, pode se transformar em um grande desafio, rodeado de incertezas, angústia e ansiedade. Na dúvida, um passo a ser dado é lançar mão de ferramentas de assessment como o teste vocacional.

Escolher uma profissão envolve autoconhecimento. O teste vocacional pode ser crucial para aqueles que ainda não sabem exatamente como unir a escolha profissional com suas afinidades, habilidades, paixões e também com o mercado de trabalho. Para escolher uma profissão também é importante uma pesquisa ampla sobre cursos disponíveis, mercado de trabalho e instituições de ensino. Escolher a instituição correta pode ser a grande diferença entre o início de uma carreira brilhante e a dificuldade no momento de encontrar um emprego.

Teste Vocacional

Antes de escolher a carreira correta, todos os jovens deveriam aprender um pouco mais sobre si mesmos. Seus valores, interesses, habilidades e aptidões, combinadas com seu tipo de personalidade, deixam algumas profissões mais alinhadas com o vestibulando. 

O uso de ferramentas de autoconhecimento como o teste vocacional, às vezes chamado de teste de carreira, pode fornecer informações importantes sobre a compatibilidade do futuro universitário com alguns cursos de graduação. O teste vocacional mostrará uma lista de possíveis profissões que são mais aderentes ao perfil do aluno, tornando mais fácil a escolha a ser feita.

É válido salientar, que além do teste vocacional, é fundamental que o futuro universitário realize um trabalho extra de pesquisa, visitando instituições de ensino de sua preferência, conhecendo as instalações, conversando com alunos do curso desejado e também com profissionais da área.

Testes vocacionais disponíveis no mercado

Existem alguns testes vocacionais online gratuitos disponíveis na internet. A abordagem usada por cada um deles difere consideravelmente. O primeiro ponto a ser considerado no momento da escolha de um teste é o seu grau de confiabilidade.

Guia de carreira

O teste vocacional do site Guia de Carreira, por exemplo, foi criado pela orientadora profissional Thais Helena Lima a partir da Teoria das Escolhas Vocacionais de John Holland (1919-2008) e de sua experiência na área. Está baseado em 15 perguntas relacionadas ao seu comportamento com relação a trabalho em grupo, seu posicionamento diante de uma discussão, atividades que mais gosta e valores.

Quero Bolsa

O teste vocacional grátis do site Quero Bolsa foi desenvolvido com base na Teoria das Inteligências Múltiplas do Psicólogo Howard Gardner. No teste são associadas profissões a habilidades. O teste é bem simples e intuitivo, mas requer atenção. O teste relaciona uma lista de seis profissões mais compatíveis com suas habilidades. A metodologia deste teste vocacional aponta nove tipos diferentes de inteligência. Segundo ele, todo ser humano possui as inteligências lógico-matemática, linguística, musical, espacial, corporal (ou cinestésica), interpessoal, intrapessoal, naturalista e existencialista.  A metodologia é muito utilizada na escolha de carreiras e no autoconhecimento.

Que Curso

Já a plataforma Que Curso, criou um teste vocacional utilizando emojis em suas respostas. Parece ser a sensação entre jovens e alunos do ensino médio no momento. Comecei a fazer o teste e achei muito interessante o formato do teste e como ocorre o engajamento através de inteligência artificial.

Teste vocacional que curso

Confiabilidade dos testes vocacionais

Os testes vocacionais online, apesar de interessantes e ajudar muito quem está totalmente perdido, não podem ser comparados à orientação de um profissional de psicologia. Somente um psicólogo está habilitado a aplicar um Teste Vocacional, reconhecido e aprovado pelo Conselho Federal de Psicologia.

Qualquer avaliação psicológica constitui-se na busca sistemática de conhecimento a respeito do funcionamento psicológico das pessoas, de forma a poder orientar ações e decisões futuras. Os testes psicológicos são procedimentos sistemáticos de coleta de informações que
municiam o processo amplo e complexo de avaliação psicológica com dados úteis e confiáveis.

A Resolução do CFP nº 002/2003 estabelece os requisitos mínimos necessários aos testes disponibilizados para uso profissional nos termos desses parâmetros, amparada em documentos internacionais que definem, em detalhes, tais características.

Portanto, é importante ressaltar a importância de utilizar instrumentos psicológicos validados e aprovados pelo Conselho Federal de Psicologia.

Orientação vocacional

Se o teste vocacional ainda deixar dúvidas, o melhor caminho é recorrer ao serviço de um orientador vocacional ou até mesmo de um coach de carreira. O orientador vocacional é um profissional de psicologia habilitado a ajudar seus clientes no processo de escolha de uma carreira. Somente psicólogos estão habilitados a aplicar testes vocacionais validados pelo Conselho Federal de Psicologia.

Compartilhamos abaixo um vídeo super bacana produzido pelo Guia do Estudante, sobre como acertar na escolha do curso.

Preparamos também algumas dicas para ajudá-lo no processo de escolha:

Faça uma lista de profissões a serem exploradas

É possível que você já tenha em mente uma lista de profissões que mais lhe agradam. O primeiro exercício que proponho é que você liste, em um papel em branco ou caderno, todas as opções que você consegue se imaginar exercendo. Se você realizou um teste vocacional, junte à sua lista pessoal todas as demais opções sugeridas no teste. A partir de agora estas serão as “opções a serem exploradas”.

Também é válido adicionar aquelas profissões que você conhece pouco mas que tem interesse em descobrir mais à respeito. É bem provável que você aprenda algo inesperado durante o processo de pesquisa.

Teste vocacional como escolher a carreira correta

Explore as profissões da sua lista

Descubra informações básicas sobre cada uma das ocupações listadas. Entenda os requisitos educacionais que serão exigidos durante a graduação. Analise os dados descobertos e retire da lista aquelas profissões que não parecem ser tão compatíveis com suas aptidões.

Encontre algumas informações sobre o mercado de trabalho. Procure em sites de emprego pela descrição de cargos e pesquisas salariais. Verifique tendências de emprego para os próximos anos e pondere quais opções apontadas no teste vocacional fazem mais sentido para você. Redes como o Linkedin podem ser de grande auxílio nesta etapa.

Crie uma lista reduzida

Comece a reduzir a sua lista de opções. Baseado no trabalho de pesquisa e no seu aprendizado, comece a eliminar as carreiras que você não gostaria de seguir. O ideal é ter entre duas e cinco profissões nesta etapa. Remova aquelas que possuem tarefas que não combinam com você. Se remuneração for um fator decisivo para futuro, retire da lista as profissões que tenham menores perspectivas de emprego ou potencial de crescimento futuro.

Exclua profissões que você não consegue se imaginar cumprindo os requisitos educacionais (provas de cálculo em uma faculdade de engenharia ou examinar um cadáver em uma aula de anatomia nos cursos de medicina, por exemplo). Livre-se também daquelas que você não possui aptidões suficientes para ser bem sucedido. Eu, por exemplo, retirei o curso de Arquitetura e Urbanismo da minha lista após compreender que não tinha habilidade para desenhar e nem criatividade para tal.

teste vocacional medicina
Aluno de medicina em aula de anatomia humana.

Realize algumas entrevistas informais

Agora que você possui apenas algumas opções de carreira em mãos, comece a fazer uma pesquisa mais aprofundada. Descubra pessoas formadas nos cursos em que você está interessado. Mais uma vez o LinkedIn pode ser a ferramenta ideal. É provável que você consiga obter informações relevantes de pessoas que atuam na carreira dos seus sonhos.

No LinkedIn você consegue encontrar grupos de ex-alunos de algumas instituições de ensino, aproveitando para questioná-los não somente pontos da profissão como da universidade desejada. Junto com a carreira, a instituição a ser escolhida é muito importante nesse momento.

Faça sua escolha de carreira

Depois do período de pesquisas você estará apto a efetuar sua escolha. Opte pela profissão que você acredita que lhe trará mais satisfação, tendo como base toda informação reunida. No Brasil, a escolha da profissão é feita quando ainda somos muito jovens. É muito importante perceber que é permitido errar. Você pode refazer sua escolha a qualquer momento da sua vida. É possível ainda, que mesmo depois de anos em uma determinada profissão, que lhe dá prazer e remunera bem, você decida mudar. E está tudo bem! Na verdade, a vida é cheia de surpresas e quando estamos mais maduros e conscientes, descobrimos novos gostos, novos prazeres e novas aptidões.

Nunca é tarde para mudar a escolha

Sou o exemplo vivo disso. Desde o início da adolescência tinha engenharia como uma das minhas profissões mais desejadas. Cheguei a cogitar a Arquitetura, mas me dei conta que não tinha afinidade alguma com desenhos, maquetes e projetos. Fiz o vestibular para engenharia civil. Formei, fui trainee de um grande grupo multinacional e construi uma carreira super bacana. No entanto, uma mudança de rumos na minha vida pessoal me fez descobrir a psicoterapia em 2012. Em 2015, uma nova mudança na vida profissional deu o empurrão que eu precisava para empreender. Foi quando juntei minhas habilidades e experiências profissionais com um propósito: o de levar mais felicidade e saúde emocional para as pessoas. Em 2016 surgiu a Vittude, plataforma que conecta psicólogos e pessoas que querem fazer terapia. E em 2018, estou eu aqui, falando sobre teste vocacional e me preparando para um vestibular de psicologia. Aos 36 anos e 20 anos depois de ter prestado meu primeiro concurso vestibular para engenharia. Ainda é tempo de fazer uma escolha de carreira! 

Identifique seus objetivos

Escolheu sua profissão? Fez a inscrição para o vestibular? O caminho agora é identificar seus objetivos de curto, médio e longo prazo. Esse pequeno exercício permitirá que você faça escolhas mais assertivas com relação a estágio, trabalhos acadêmicos, matérias optativas, intercâmbios e outras oportunidades que surgirão ao longo da graduação.

Não perca oportunidades de interagir com pessoas que você considere brilhantes. Escolha mentores que possam orientar e acompanhar ao longo da graduação e futuramente em sua carreira.

Plataformas como a Vittude podem facilitar a busca por um psicólogo especializado em orientação vocacional que atenda os requisitos específicos para atender a todos que precisem de acompanhamento. Acesse nosso site e confira você mesmo todas as oportunidades oferecidas!

Tatiana Pimenta, CEO e fundadora da Vittude. Faz psicoterapia pessoal há mais de 5 anos. É apaixonada por psicologia e comportamento humano. É estudiosa de diversos assuntos relacionados à saúde mental.  Tem dedicado atenção especial ao tema da felicidade e à forma como reprogramamos nosso cérebro para ter mais emoções positivas.

Leia também:

Fuja do preconceito que pode comprometer sua saúde

Orientação profissional: você tem cuidado de sua carreira?

Tatiana Pimenta

CEO e Fundadora da Vittude. É apaixonada por psicologia e comportamento humano, sendo grande estudiosa de temas como Psicologia Positiva e os impactos da felicidade na saúde física e mental. Cursou The Science of Happiness pela University of California, Berkeley. É maratonista e praticante de Mindfulness. Encontrou na corrida de rua e na meditação fontes de disciplina, foco, felicidade e produtividade. Você também pode me seguir no Instagram @tatianaacpimenta