Vontade de morrer

Vontade de morrer: como se livrar desse sentimento?

  |  Tempo de leitura: 7 minutos

Diferente do que se pode pensar, a vontade de morrer é um sentimento que não se abate apenas sobre quem está com depressão, embora seja um dos sintomas mais comuns para diagnosticar a doença.

Mais comum do que se imagina, esse desejo de por fim à própria vida é algo inerente ao ser humano. Sobretudo quando passamos por momentos de profunda tristeza, desesperança e impotência diante de uma situação difícil.

Quando as coisas ficam pesadas demais, e tudo que se sente é uma incapacidade profunda de seguir adiante, de tão insuportável que é a dor do momento, tudo que pensamos é em nos livrar da situação. Assim, não vendo saída, a vontade de morrer nos assombra, como um meio mais rápido de se livrar do que nos causa dor.

Cupom Depressão

Neste artigo, vamos buscar esclarecer esse sentimento tão negativo e apontar saídas para se livrar da angústia causada pela vontade de morrer.

Boa leitura!

Violência autodirigida

É assim que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o suicídio, que é atualmente a 14ª causa de morte em todo o mundo, e a 4ª entre jovens de 15 a 29 anos.  Por isso, a tentativa de suicídio – ou de violência autodirigida, além de ser a expressão máxima do sofrimento de um indivíduo, já se tornou um grave problema de saúde pública.

Felizmente, a vontade de morrer nem sempre ultrapassa o limite do desejo de livrar-se da dor. No entanto, é preciso estar atento ao números da OMS e do Ministério da Saúde, que apontam no Brasil uma morte por suicídio a cada 46 minutos, registrando cerca de 11 mil casos anuais.

Complexos e obscuros, os motivos que levam alguém a tirar a própria vida não tem explicações objetivas. Contudo, sabemos que a vontade de morrer tem origem em problemas que parecem sem solução e que sugam a energia de quem luta contra eles.

Contudo, apesar do suicídio ainda ser tratado como tabu ou motivo de vergonha e um assunto de difícil abordagem entre a família, amigos, e até mesmo na terapia, esse é um tema que precisa ser discutido.

Porque a vontade de morrer, se não tratada com a devida atenção e solucionada a tempo, pode passar do campo do desejo para o campo da prática, transformando uma ideia numa tragédia sem reparação.

Vontade de morrer: depressão ou fuga?

Na maioria das vezes a vontade de morrer não é genuína. Ao encontrar dificuldade para enxergar outras opções e motivada pelo desespero, a pessoa pensa nessa medida extrema. Mas, na verdade, ela não deseja abandonar sua vida.

O que a pessoa deseja, de fato, é dar fim à sua dor e acabar com problemas que não apresentam soluções. Perdido diante de um sentimento de impotência extrema, quando parece que já não há mais saída possível, a ideia de morte passa a ser a solução mais rápida.

Geralmente, ao optar por esta “saída” a pessoa demonstra uma fragilidade maior, além da falta de um sentido ou objetivo de vida, e também mostra uma certa inexperiência no enfrentamento dos seus medos e angústias.

Por isso, a vontade de morrer tende a ser desencadeada por um sentimento de fuga da realidade, ou então causada por uma depressão profunda. Identificar qual a origem desse sentimento é fundamental para o diagnóstico mais preciso de um problema de saúde mental grave como a depressão. Da mesma forma, para direcionar o tratamento mais adequado.

De todo modo, é preciso assumir esse sentimento e buscar ajuda profissional. Semelhantemente, também procurar na família e no círculo de amizades um apoio, um outro olhar para tudo aquilo que parece não ter solução, mas é, sim, possível de resolver.

Como se livrar da vontade de morrer

O cansaço existencial e as crises constantes alimentam o desejo de morrer. Mas embora exista um certo ar poético (embora melancólico) e um alívio utópico em por fim à própria existência, isso não só não resolve os problemas como pode piorar a situação. Porque direciona o foco para uma falsa solução.

Deixar de existir tem sua poesia, seu alívio utópico, mas não resolve de verdade os problemas. Ao contrário, pode piorar tudo, por direcionar seu foco para uma atitude equivocada e que trará ainda mais sofrimento.

Buscar um diagnóstico médico

Ao perceber que a tristeza profunda e o desejo de morrer são constantes, é muito importante procurar ajuda médica de um psiquiatra. Pode ser que uma depressão grave já tenha se instalado e o tratamento com medicação será necessário para regular os níveis de serotonina e de outros neurotransmissores que estejam prejudicados no organismo.

Fazer terapia

Buscar a ajuda de um psicoterapeuta é essencial para acabar com os pensamentos de morte e acender uma luz dentro da escuridão em que a pessoa se encontra.

Conversar sobre o problemas e expor os sentimentos que fazem com que a vontade de morrer se manifeste pode ser a grande chave para abrir a porta da solução dos problemas que parecem irresolvíveis.

Plataformas como a Vittude podem facilitar a busca por um psicólogo que atenda a requisitos específicos para atender a todos que precisem de acompanhamento. Acesse nosso site e confira você mesmo todas as oportunidades oferecidas!

Encarar a realidade

A vida é bela, mas não é perfeita! Por isso, se livrar da vontade de morrer requer persistência e muito foco, além de um exercício constante de autoconhecimento para encarar os problemas com maturidade. Saber que existe saída para tudo e agir com racionalidade deve ser uma atitude constante.

Traçar objetivos de vida

Se livrar da ideia de morte e prevenir o suicídio passa por construir novos sentidos para a vida e resgatar objetivos que podem ter se perdido pelo caminho.

Nesse caso, é importante estar ciente de que não se trata apenas da posse de bens ou de ganhar mais dinheiro. Mas tal sentido deve ser pautado em desejos que tragam resultados duradouros, com um significado maior.

Retomar os estudos, mudar de carreira, fazer uma viagem para o lugar dos sonhos… Somos todos movidos por desejos e paixões, e abandoná-los pode ser perigoso. Porque a nossa vida passa a se parecer com um barco a deriva, sem uma rota a seguir e um porto onde se deva atracar.

Estreitar vínculos

Os vínculos familiares e de amizade, como citamos no início, são essenciais para dar um novo sentido à vida. Assim, se livrar dos problemas que trazem a vontade de morrer.

Tecer redes de apoio e solidariedade, buscar e dar afeto às pessoas queridas, praticar um hobby, uma atividade física. E o mais importante: não se cobrar nem se culpar o tempo todo pelo que acontece de errado torna tudo mais leve.

Dica importante! Quando a situação parecer insustentável e for preciso buscar ajuda imediata, o Centro de valorização da Vida – CVV possui atendimento telefônico de auxílio 24 horas pelo número 188.

Gostou do artigo? Assine nossa newsletter para acompanhar os próximos conteúdos!

Outros artigos que podem interessar:

10 dicas para se tornar uma pessoa mais resiliente 

Stress: 10 dicas simples para gerenciar e reduzir seus níveis de estresse

Assertividade: 11 dicas para ser mais assertivo

Tatiana Pimenta

CEO e Fundadora da Vittude. É apaixonada por psicologia e comportamento humano, sendo grande estudiosa de temas como Psicologia Positiva e os impactos da felicidade na saúde física e mental. Cursou The Science of Happiness pela University of California, Berkeley. É maratonista e praticante de Mindfulness. Encontrou na corrida de rua e na meditação fontes de disciplina, foco, felicidade e produtividade. Você também pode me seguir no Instagram @tatianaacpimenta

Avalie esse artigo:

Artigo publicado em Transtornos Depressivos

Comentários:

23 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
2 meses atrás

Violência auto dirigida é ótimo. Não há violência maior do que se obrigar a viver quem quer morrer. Alívio utópico também me pareceu ótimo, mas a minha opinião é que a morte é um alívio definitivo para quem se cansou dessa vidinha sem perspectivas. Na maior parte das vezes o que se propõe é convencer o suicida a aceitar de bom grado essa vidinha medíocre porque o suicídio é um espelho para o qual a sociedade reluta olhar. É duro aceitar a falência, melhor transferir o problema para quem se cansou de aceitar o que se impõe como sociedade e… Read more »

2 meses atrás

n eh q eu esteja num estado de sofrimento terrivel e ache q meus problemas não tem solução e por isso estou desesperada e quero morrer… eu sei q se eu me esforçar eu consigo superar qqr merda q passo na vida, mas eu não quero. eu não quero me esforçar mais, eu não quero superar nada e nem quero passar por nada, eu simplesmente acho que eu n tenho mais nada pra viver e qr logo dar fim nisso tudo, eu ja conheci o amor e a dor, o sofrimento e a felicidade, o sossego e a farra, um… Read more »

Cléber Souza da Cruz
2 meses atrás

A vida terrena pode ser bela para aqueles que conseguem viver em paz e aproveitar o que há de melhor nela, mas para muita gente no mundo isso não é possível porque surgem problemas e acontecimentos terríveis sobre os quais não temos controle e responsabilidade mais ou menos como a “Provação de Jó” (história Bíblica do Antigo Testamento) e isso que estou escrevendo não tem nada à ver com essa pandemia de coronavírus pelo mundo. Aí, só Deus mesmo para nos ajudar e mesmo rezando e pedindo, às vezes pode demorar e muito para sermos atendidos.

Bruno Rodrigues
5 meses atrás

Eu tenho depressão e luto com essa maldita doença a anos , tive uma vida maravilhosa quando eu era pequeno tinha meus pais e familiares e amigos sempre presente já na minha adolescência começaram os problemas meu pai agredia todo dia minha mãe eu assistia aquilo diariamente e me fazia muito mal , acabei entrando no mundo da prostituição virei dançarino de clube de mulheres e boate gay fazia programas com homens e mulheres sendo que com homens eu fazia por necessidade porque não sentia tesao menhum sempre tomava remédios para fazer o ato e quando terminava eu chorava sempre… Read more »

Kim Vic
6 meses atrás

O texto apresentado de alguma forma teve sua coerência e a sugestão de pacificar um sentimento que todos um dia irão sentir,pois ninguém é 100% feliz cm sua vida o que muda é a história de cada, sobreviventes, eu entendo que devemos buscar ajuda para aliviar a dor mas a vontade ela é permanente pq só quem sente sabe só quem vive tbm,à pergunta é pq devemos sobreviver a vida ? Pq devemos continuar sendo que já sofremos tanto que o que restou e querer descansar. O triste de estar nesta situação é que arrastamos pessoas que nos ama que… Read more »

Vitória Da Silva
6 meses atrás

Aaaaaaaa tô com depressão

Caio Assunção de Paiva
7 meses atrás

Muito fácil escrever sobre o tema, mas quero saber se quem escreveu, já passou por isso. Dá pra ver que não sabe nada do assunto, falando pra procurar apoio justamente nos estopins. Seja vc uma filha de sociopata, tenha sua educação negligenciada, seja educada sem pai, sem princípios e sem valores, seja processada injustamente e sem provas por nossa lei, tirem o direito de participar da educação e criação de sua filha(o), tirem seu trabalho, seu lar, sua família, fique sozinha e sem ninguém no mundo, chegue aos 40 e perceba que nunca foi dona de sua própria vida, e… Read more »

Onlye Matos
8 meses atrás

Acreditar

Bernar Dete
8 meses atrás

Imenso erro achar que todas as situações tem saídas ou alternativas que não a morte. Há situações que são tão insuportáveis que a morte é o que de melhor pode acontecer. Falta muita informação da realidade e falta mais ainda conhecimento da dor insuportável que torna a vida um tormento de dor onde a morte é sim a melhor e única saída. E não falo dos efeitos das doenças. Falo do que seres humanos podem fazer contra outros seres humanos, torturando e matando com a concordância de muitos, dentro da lei, usando o poder e a certeza absoluta de impunidade.… Read more »

Tico Braw
8 meses atrás

Observe a forma como quem quer acabar com essa merda escreve e observe a forma de escrever de quem ta tentando dar apoio…é facil ver que esta mais conciente

Natas Bsgo
9 meses atrás

Essas merdas de religiões fazem os imbecis acreditarem que a vida é boa, ou se é ruim é pq vc merece ou que vc sofre pra Kct aqui pra se dar bem depois…. os idiotas acreditam…

Marcilon Souza
11 meses atrás

Se isso que tenho é viver, eu, sinceramente, prefiro a morte! Chega de tentar… cansado de tentativas sem êxito, é melhor enxergar o óbvio e dar fim pra isso.

Olavo Paim
11 meses atrás

Não existe sentindo em viver uma vida onde o fracasso é eminente, onde vc luta, luta e luta e quando parece que acabou vc continua a lutar. Não vejo vontade de prosseguir onde vc se encontra sozinho, onde as pessoas começam rir de vc , onde vc já nasceu pra ser fracassado, olha q nem pedimos pra nascer, que sentindo encontramos da vida .. um deus que se diz existente , mas parece que só pra algumas pessoas , sorte só existe pra alguns, não vejo sentido algum em continuar nessa mediocridade , onde só seu próximo consegue ser feliz,… Read more »

1 ano atrás

A vida é tão lixo que é necessário apoio psicológico para suportá-la. Não há porque se livrar do desejo de morte. Ele é lícito e perfeitamente compatível com o mundo em que vivemos. No final das contas, por mais que se busque, a vida não faz sentido. Se viver não é uma opção, morrer é. Muita prepotência achar que quem quer morrer tem problemas psicológicos. Mas minha opinião quem deseja viver essa vida, lixo do jeito que é, é que precisa de tratamento.