Accountability: o que é e como estimular na sua empresa?
Avalie este artigo
20 de janeiro de 2021 | 7 min de leitura
Desenvolvimento de Pessoas

Accountability: o que é e como estimular na sua empresa?

Um dos pontos mais importantes para que uma organização atinja os resultados esperados e alcance o sucesso é o accountability. Mas o que isso quer dizer? De forma geral, estamos falando sobre ter um quadro de colaboradores com uma atitude responsável no dia a dia de trabalho.

Nada de negligência e negativismo, que são dois fatores capazes de prejudicar o clima organizacional, além de impactar as entregas e resultados da empresa como um todo. Por mais que possa parecer um pouco complexo, é um conceito que não pode ser ignorado no mundo corporativo, pois seu poder de influência é grande.

Neste artigo, você poderá conferir todas as informações sobre o que é accountability e como estimulá-la na sua empresa. Agora é a hora de tirar todas as dúvidas e começar a colocar a mão na massa. Vamos lá?

O que é accountability?

Accountability é um conceito que está relacionado a termos como responsabilização, fiscalização e controle. Dessa forma, remete diretamente à transparência e obrigação dos colaboradores da empresa a prestarem contas em relação ao que foi realizado, o que não foi e como se deu tal processo.

Portanto, podemos traduzir accountability como um senso de responsabilidade e cumprimento do seu dever, uma postura que todos em uma empresa deveriam ter, mas nem sempre isso acontece. Trata-se da responsabilidade no momento da realização das suas tarefas e obrigações, ou seja, é como se fosse a “maneira ideal” de se trabalhar.

Quais são os tipos de accountability?

Dentro das empresas existem dois tipos de accountability, ou seja, de prestação de contas: horizontal e vertical. Confira, em seguida, o significado de cada uma delas.

Horizontal: o controle é realizado entre pessoas do mesmo nível hierárquico, ou seja, quando a prestação de contas é feita entre membros do mesmo time ou entre diferentes equipes.

Vertical: a responsabilização acontece de cima para baixo, ou seja, entre níveis hierárquicos diferentes. Nesse caso, a cobrança por responsabilização vem do líder do time com seus liderados ou da diretoria, por exemplo.

Quais são os principais fatores do accountability?

Quando estamos falando sobre accountability, é preciso citar as principais habilidades que fazem parte desse conceito. Estamos falando, principalmente, sobre responsabilidade, compromisso e proatividade.

A responsabilidade nada mais é do que cada um assumir os riscos dos projetos e resultados, seja individualmente ou de forma coletiva. Se tudo sair conforme o planejado, ótimo. Mas se algo der errado, quem vai assumir a responsabilidade? A prestação de contas é essencial para o estímulo do accountability, afinal, os colaboradores precisam assumir o que fazem dentro da empresa.

Já o compromisso diz respeito à entrega de cada um, ou seja, o sentimento de dono em relação ao projeto ou tarefa que se deve executar. O comprometimento é essencial para que, cada vez mais, resultados melhores sejam atingidos.

Por fim, a proatividade que se trata de uma característica de quem se esforça para que algo aconteça, ou seja, essa pessoa assume um comportamento antecipado em relação aos problemas e soluções.

Qual é a importância do accountability nas empresas?

Anos atrás, o contexto dentro das empresas era muito marcado pela competitividade. Não que isso tenha desaparecido por completo, mas conceitos como accountability ajudaram a mudar essa maneira de se trabalhar.

Antes, cada profissional estava apenas preocupado em realizar a sua tarefa e entregar “a sua parte”. Caso fossem detectados erros ou falhas, o mais comum não eram assumir a responsabilidade pelo todo e sim justificar: “a minha parte eu fiz, agora não é problema meu”.

Um comportamento como esse é justamente o oposto do que prega o accountability, ou seja, o senso de responsabilidade e prestação de contas. Hoje, cada vez mais os líderes devem incentivar a cooperação entre áreas, ou seja, o fortalecimento da ideia de que todos na empresa estão no mesmo barco e são responsáveis pelos resultados como um todo.

É esse tipo de pensamento e comportamento que estimula o accountability no dia a dia da organização, fazendo com que todos sintam na pele a responsabilidade pelos erros e acertos e, é claro, pelo sucesso também.

Portanto, accountability é essencial para o crescimento da empresa como um todo, afinal, o senso de responsabilidade coletivo é muito importante para que o trabalho não seja fragmentado. A união entre todos os departamentos e colaboradores ajuda a organização a chegar mais longe.

Qual é a relação entre accountability e segurança psicológica?

Se estamos falando sobre como criar um quadro de colaboradores responsáveis, ou seja, como fortalecer o accountability, precisamos entender a relação entre esse conceito e a segurança psicológica.

A segurança psicológica diz respeito a um ambiente no qual as pessoas se sentem confortáveis para expor opiniões, ideias e vivências sem o medo de se serem rejeitadas, punidas ou julgadas. É, portanto, um ingrediente essencial para o fomento da criatividade e inovação dentro de uma empresa.

O ponto aqui é que o seguinte: acountability é essencial para extrair de cada profissional o seu melhor, ou seja, quando as pessoas têm o senso de responsabilidade e prestação de contas, entregam um bom trabalho. No entanto, sem a segurança psicológica pode ser criado um ambiente pautado pela ansiedade e estresse.

Isso significa que além dos profissionais terem consciência de suas obrigações e responsabilidades, também precisam se sentir confortáveis para colocar ideias na mesa, questionar e discutir problemas. A ausência dessa segurança psicológica pode ocasionar em problemas de saúde mental que acabam impactando negativamente produtividade, engajamento e entregas de resultados.

Ao mesmo tempo, o outro lado da balança também precisa ser equilibrada. Isso porque a segurança psicológica torna mais fácil para as pessoas questionarem, falarem e exporem ideias, porém, sem o accountability podem se sentir confortáveis até demais. E qual é o problema disso? Bom, se sentir muito confortável e não ter o senso de responsabilidade ativado pode acabar ocasionando em um desempenho ruim e levar à falta de motivação.

Fica claro, portanto, que segurança psicológica e accountability são ingredientes necessários para uma receita em comum: o sucesso da empresa. Porém, para funcionar é preciso de equilíbrio e uma dosagem correta de cada um desses ingredientes.

Como estimular o accountability na sua empresa?

Agora que você já entendeu o que é o accoutability e a sua importância, vamos para o próximo passo. É necessário ter clareza sobre como estimular o senso de responsabilidade e compromisso na empresa de uma maneira saudável. Confira algumas dicas práticas!

1. Torne accountability parte da cultura

A cultura organizacional diz respeito à missão, visão, valores, crenças e comportamentos em uma empresa. Dessa forma, tudo o que acontece no dia a dia e a maneira que os profissionais falam e agem deve estar de acordo com essa cultura.

Assim, quando o accountability faz parte da cultura da organização, os colaboradores têm desde sempre em mente que o senso de responsabilidade e compromisso deve fazer parte de quem são e como agem no trabalho. Quando novos funcionários chegam, já é transmitida essa mensagem, o que facilita a adaptação e o entendimento sobre como funcionam as coisas naquele ambiente.

2. Esclareça as expectativas

Trabalhar com clareza é essencial para promover accountability. Isso significa que todos devem estar conscientes do resultado que estão buscando, como devem trabalhar para chegar lá e como serão avaliados ao longo do processo.

Essa transparência é importante para que todos fiquem na mesma página e abracem os desafios com responsabilidade, além de deixar claro o que a empresa está esperando de cada um.

3. Tenha objetivos e metas bem definidos

Quando o assunto é accountability nas empresas, os colaboradores precisam ter clareza sobre o que precisam alcançar. Assim, todos os envolvidos com as metas e objetivos devem estar integrados.

Além disso, as metas e objetivos precisam ser alcançáveis, específicas, relevantes para a empresa e possíveis de mensurar. Para funcionar, também é necessário mostrar aos profissionais quais são os caminhos e métodos para se atingir os resultados.

4. Entenda quais habilidades são necessárias

Para que os colaboradores atinjam os resultados esperados, é preciso que tenham as habilidades certas desenvolvidas. Por isso, é importante antes de tudo entender quais skills cada profissional precisa ter para que seja capaz de executar as suas tarefas com excelência.

Em alguns casos, pode ser necessário desenvolver ou fortalecer algumas habilidades. Nesse caso, cabe à empresa oferecer as ferramentas necessárias para que isso seja feito. Uma das vantagens de investir no desenvolvimento dos funcionários é a redução de falhas e retrabalhos.

5. Defina os KPIs

Para saber se os objetivos e metas estão próximos de serem alcançados é preciso estabelecer os KPIs, que são os indicadores-chave de desempenho.

Esse ponto também faz parte do estímulo do accountability nas empresas, afinal, para garantir o senso de compromisso, engajamento e responsabilidade é necessário obter um método de avaliação de performance adequado.

É por meio dos KPIs que se torna possível mensurar o desempenho individual e coletivo de tal forma que se possa fazer ajustes, reconhecer um bom trabalho e cobrar melhores resultados.

6. Crie uma cultura de feedback

Accountability é uma via de mão dupla. O senso de compromisso e prestação de contas só vai existir se a empresa cultivá-lo, não é mesmo? E, para isso, também é importante pensar no papel de uma ferramenta muito valiosa ao longo desse processo: o feedback.

Conforme a pessoa abraça os desafios, assume o compromisso e as responsabilidades, sente a necessidade de receber um retorno em relação ao seu desempenho. O feedback existe justamente para isso: reconhecer um bom trabalho e ajustar rotas que apresentam falhas.

Portanto, a cultura de accountability precisa dos feedbacks para se sustentar para que os colaboradores sintam que seus esforços foram recompensados.

Accountability: essencial para o crescimento da sua empresa

Após ler todas essas informações sobre o accountability não restam mais dúvidas de que ao implementá-lo na sua empresa todos colhem os frutos, não é mesmo?

É dessa forma que os profissionais de todos os níveis hierárquicos da empresa se tornam mais comprometidos e engajados para ir atrás de melhores resultados. Mas lembre-se de que, para isso, é essencial que todos os colaboradores tenham clareza sobre as metas e objetivos.

E para que funcione no dia a dia, não podemos nos esquecer da importância da comunicação. Quanto mais transparente, mais eficaz, evitando ruídos que levam a falhas na execução de projetos.

Está preparado para começar a estruturar a sua estratégia de accountability? Confira outros artigos relacionados ao tema aqui no blog do Vittude Corporate!

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo

Leia também

Receba novidades da Vittude