Como construir um ambiente de trabalho saudável e seguro?
Avalie este artigo
22 de março de 2021 | 7 min de leitura
Sem categoria

Como construir um ambiente de trabalho saudável e seguro?

Criar um ambiente de trabalho saudável é uma necessidade evidente para empresas que desejam reter e motivar os seus colaboradores. Ao estruturar e aplicar estratégias pensando em um dia a dia mais agradável, seguro e feliz, tanto empresa como funcionários saem ganhando.

Isso porque todos estão no mesmo barco e quando as coisas não vão bem o impacto negativo é imediato. Um ambiente de trabalho que não preza por equilíbrio e bem-estar se torna nocivo e tóxico, afetando a produtividade e o engajamento dos funcionários.

Existem várias maneiras de se promover um dia a dia mais saudável. O primeiro passo é entender a realidade da sua organização para ter clareza sobre os pontos de melhoria. Dessa forma, já fica mais fácil traçar um plano de ação estratégico que vise aprimorar as frentes mais defasadas. Para ter um ponto de partida, leia este artigo até o final e confira as nossas dicas sobre o assunto para começar a construir a mudança na sua empresa.

O que é um ambiente de trabalho saudável?

Um ambiente de trabalho saudável é aquele que preserva a saúde, bem-estar e satisfação dos colaboradores. Por meio de políticas e estratégias que proporcionam conforto, infraestrutura adequada, benefícios, suporte emocional e colaboração você já está promovendo um dia a dia de trabalho mais seguro e equilibrado.

Pode parecer um pouco genérico, mas quando afunilarmos para as ações que podem ser colocadas em prática ficará mais claro como um ambiente saudável funciona e é benéfico para os colaboradores.

Qual é a importância de um ambiente de trabalho saudável e seguro?

Não é nenhuma surpresa afirmar que um ambiente de trabalho saudável e seguro é importante para a empresa e para os funcionários. De um lado, temos colaboradores mais motivados, engajados, produtivos e felizes. Tudo isso é consequência da sensação de segurança, equilíbrio e bem-estar proporcionada pelo local de trabalho no qual estão inseridos.

Pare e pense em como pode ser nocivo trabalhar em um lugar que:

  • não promove a colaboração e sim a competitividade;
  • não respeita as cargas horárias de trabalho;
  • não reconhece um bom trabalho ;
  • não incentiva cuidados com a saúde física e mental;
  • não ajuda no equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Em contextos como esses é claro que os trabalhadores se sentirão desmotivados e infelizes, o que não é bom para nenhuma das partes envolvidas.

Por outro lado, quando o ambiente de trabalho é seguro e saudável a empresa sai ganhando. Além de contar com profissionais mais produtivos e engajados, também evita dor de cabeça com o turnover e o absenteísmo, que podem ser decorrentes de uma insatisfação constante com o dia a dia de trabalho. Uma das consequências positivas, portanto, é uma melhor atração e retenção de talentos, o que é essencial para a organização prosperar.

Como promover um ambiente de trabalho saudável?

Agora, confira as dicas para construir um ambiente de trabalho saudável, mas não se esqueça de que antes de tudo é necessário avaliar a realidade da sua empresa. Não existe uma fórmula pronta que funcione igualmente para todas as organizações. O ideal é começar fazendo um diagnóstico para, então, traçar as ações mais estratégicas capazes de trazer melhores resultados.

Em seguida, você perceberá que existem várias maneiras de se cultivar um ambiente mais saudável: comunicação, clima, reconhecimento feedback e por aí vai. Não adianta querer fazer tudo de uma vez. Por isso, é tão importante ter clareza sobre quais são os pontos mais críticos que precisam de mais atenção.

Cuide do clima organizacional

O clima organizacional é o grande guarda-chuva aqui, pois se trata de um indicador com o objetivo de medir a satisfação e percepção dos colaboradores em relação ao ambiente de trabalho no qual estão inseridos. Assim, você consegue mensurar o estado de ânimo individual e geral dos funcionários.

Isso é feito por meio de pesquisas de clima organizacional, que devem ser realizadas com periodicidade. São essas pesquisas que detectam as percepções dos funcionários em relação à empresa.

Trata-se, portanto, de uma ferramenta essencial para entender o que não é tão satisfatório no dia a dia de trabalho e como é possível promover melhorias que ajudem a elevar o indicador em questão. Quando estamos falando sobre a construção de um ambiente de trabalho saudável e seguro, essas pesquisas são relevantes para detectar pontos de melhorias e entender o que pode estar afetando a satisfação, produtividade e felicidade no dia a dia.

Ofereça uma infraestrutura adequada

Quando estamos falando sobre infraestrutura é preciso ficar claro que existem duas maneiras de encarar este tópico: antes e depois da pandemia.

Antes, as empresas focavam apenas na infraestrutura do escritório. Isso significa proporcionar conforto e itens básicos, como iluminação, ventilação e aparatos como cadeiras, computadores etc. Além disso, é possível oferecer salas de descanso, jogos e coisas desse tipos, que também proporcionam maior qualidade de vida.

Agora, na realidade do home office, é preciso se lembrar de que pouco importa se o escritório está em perfeitas condições se ninguém está indo trabalhar lá. O trabalho remoto criou uma nova realidade para as organizações, que agora também precisam garantir o básico para que os colaboradores possam trabalhar de maneira saudável e segura em casa.

Garanta uma comunicação interna eficiente

Uma comunicação interna transparente e clara também é essencial para a construção de um ambiente de trabalho saudável e seguro. Isso porque é importante que todos os colaboradores estejam sempre alinhados em relação aos assuntos mais relevantes do dia a dia da empresa.

Vamos supor, por exemplo, que vai acontecer um corte de funcionários. Caso não seja comunicado de forma clara as razões e critérios do corte, as pessoas podem começar a criar suposições e transmitir ideias que não condizem com a realidade.

O mesmo vale para um programa de reconhecimento profissional. Se as informações sobre como funcionará o processo não forem transmitidas com clareza e transparência, poderá acontecer um ruído de comunicação capaz de gerar grandes estragos.

Seja para  comunicados pequenos e pontuais ou para avisos de maior importância, a comunicação interna deve ser eficiente e evitar problemas, não ser uma causa de conflitos.

Crie uma cultura de feedback

Ainda negligenciada em alguns contextos, a cultura de feedback é uma grande aliada de quem a utiliza da maneira correta. É uma maneira de promover o reconhecimento adequado para quem executa um bom trabalho e criar um diálogo mais constante entre líderes e liderados.

É interessante que a empresa crie ciclos de feedback periódicos para criar a cultura e incentivar as pessoas a realizarem essa troca de elogios e críticas. Além disso, é por meio dos feedbacks que os profissionais entendem o que precisam melhorar e o que já estão fazendo muito bem. Sem isso, podem se sentir perdidos e desnorteados em relação ao seu próprio desempenho.

Promova um programa de qualidade de vida

Se estamos falando sobre um dia a dia saudável, não podemos deixar de citar a importância de estruturar um programa de qualidade de vida. Trata-se de um conjunto de técnicas e ações que visam promover a satisfação e o bem-estar dos colaboradores.

Um programa de qualidade de vida pode abranger diferentes esferas e, portanto, há várias maneiras de implementar ações na sua empresa. É válido conversar com os funcionários para entender quais são os pontos mais sensíveis e urgentes.

Considere iniciativas relacionadas à saúde mental e física, treinamentos, flexibilidade e home office, entre outras. É importante que os colaboradores sintam preocupação genuína da empresa com os seus colaboradores.

Crie um programa de reconhecimento profissional

A motivação das pessoas também está muito atrelada ao reconhecimento que recebem no lugar em que trabalham. Por isso, vale pensar em construir um programa de reconhecimento profissional, que formaliza e orienta como e quando as pessoas podem receber prêmios e bonificações de acordo com o trabalho que executam.

Não se esqueça de que um ambiente de trabalho saudável não leva em consideração apenas questões relacionadas à saúde física e mental. Também é importante contemplar ações voltadas para o engajamento nas tarefas do dia a dia, afinal, quando as pessoas estão mais felizes o clima como um todo se torna mais equilibrado.

Capacite as lideranças

As lideranças de uma empresa têm uma grande responsabilidade relacionada à disseminação da cultura e influência no dia a dia e bem-estar dos seus times. Por isso, é importante garantir um treinamento adequado para que os líderes sejam exemplo e motivo de felicidade, não o contrário.

Vale ressaltar também o quão importante é realizar um recrutamento que leve em consideração o fit cultural, pois ao trazer pessoas alinhadas para dentro de casa, as chances de se adaptarem melhor são maiores.

Ofereça benefícios corporativos atrativos

Hoje em dia é muito importante ficar de olho no que é realmente atrativo para o seu colaborador em termos de benefícios corporativos. Até porque os benefícios são bem decisivos quando o assunto é a construção de um ambiente de trabalho saudável.

Vale considerar opções que levem em conta as necessidades físicas e mentais dos seus funcionários. Além do básico, que deve contemplar vale-refeição, vale-transporte e muitos outros itens que já estamos carecas de conhecer, que tal pensar fora da caixinha?

Vale-cultura, psicoterapia, parcerias com estabelecimentos de esportes e por aí vai… Tudo isso proporciona mais qualidade de vida e felicidade para os trabalhadores.

Incentive a diversidade

Lugares que fomentam o preconceito e o assédio ou que não se posicionam em relação a tais questões se tornam nocivos para o bem-estar das pessoas. Por isso, é importante considerar a criação de comitês de diversidade e outras iniciativas que pensem na inclusão e diversidade dentro da empresa.

É mais do que saudável sair da bolha e se relacionar com pessoas com mentalidade, crenças e verdades diferentes das nossas. E toda organização deve incentivar isso.

Promova a colaboração

A colaboração é um ingrediente essencial para o bem-estar diário e que vai à linha oposta da competitividade excessiva. Garanta um posicionamento que incentive a colaboração e que faça os colaboradores se enxergarem como parceiros e não como inimigos.

Um ambiente muito individualizado em que cada um faz as coisas por si, sem pensar nos outros, pode se tornar extremamente nocivo e tóxico.

Crie momentos de descontração

Por fim, é válido também considerar como criar momentos mais descontraídos no dia a dia da empresa. Isso vale tanto para o trabalho presencial como no home office. Vale pensar em pequenas celebrações em datas comemorativas, como Páscoa, Halloween, Carnaval e até os aniversariantes do mês.

Tudo isso ajuda os colaboradores a criarem laços de amizade entre si e não se sentirem presos em uma estrutura totalmente enrijecida.

Construa um ambiente de trabalho saudável e colha os benefícios

Um ambiente de trabalho saudável e seguro tem o poder de impactar positivamente muitas camadas de uma empresa, dos colaboradores à balança financeira. Portanto, não deixe para depois e comece agora mesmo a traçar estratégias que promovam um dia a dia mais feliz e agradável na sua organização.

Para continuar lendo conteúdos inspiradores e informativos como esse, navegue pelo blog do Vittude Corporate!

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo

Leia também

Receba novidades da Vittude