Como a educação corporativa pode dar destaque à sua empresa?
Avalie este artigo
19 de julho de 2021 | 6 min de leitura
Desenvolvimento de Pessoas

Como a educação corporativa pode dar destaque à sua empresa?

Organizações estratégicas e eficientes sabem como é importante focar na capacitação dos colaboradores. Por isso, cada vez mais se fala em educação corporativa, que vai além dos treinamentos convencionais.

Investir no desenvolvimento dos profissionais que fazem a empresa crescer é uma decisão que proporciona vantagem competitiva no mercado e aprimora a qualidade dos serviços promovidos. Quando estamos falando sobre educação empresarial, é importante ressaltar que essa capacitação está alinhada aos objetivos da organização, o que é mais vantajoso e tem um poder de impacto ainda maior.

Este artigo é para empresas que desejam aperfeiçoar seus programas voltados para a educação corporativa ou que pretendem iniciar do zero esse investimento. Continue a leitura para conferir todas as informações e mergulhar nesse universo!

O que é educação corporativa?

A educação corporativa se trata de uma estratégia voltada para a gestão de pessoas, em que competências são desenvolvidas em prol do contexto da empresa. Justamente por isso vai muito além de simplesmente oferecer cursos e treinamentos para os colaboradores.

Estamos falando sobre alinhar a capacitação dos profissionais de acordo com os objetivos macro e as estratégias da organização. Dessa forma, não é apenas o funcionário que sai ganhando com o desenvolvimento, mas toda a empresa se beneficia em conjunto e se torna muito mais competitiva.

Treinamentos X Educação corporativa

Por mais que pareçam sinônimos, há grandes diferenças entre os treinamentos e a educação empresarial.

Os treinamentos são focados em skills individuais de cada profissional e não necessariamente terão impacto na estratégia da empresa. Isso significa que um profissional pode precisar desenvolver uma determinada habilidade, mas esta, por sua vez, não irá impactar os negócios de forma significativa.

Já a educação corporativa parte de um alinhamento entre as competências a serem desenvolvidas e os objetivos e necessidades da organização para que haja um crescimento em conjunto. Para completar, é pensada a longo prazo, enquanto a capacitação tradicional tem o foco mais de curto prazo.

Além disso, o público para o qual se direciona também é distinto. O treinamento comum é focado exclusivamente nos funcionários. Por outro lado, a educação corporativa pode incluir também clientes, parceiros e fornecedores.

Qual é o objetivo da educação corporativa?

Fica claro, portanto, que a educação corporativa tem como objetivo realizar uma gestão de conhecimento alinhada às metas da organização. Isso significa que o principal foco é introduzir os funcionários em um ciclo de aprendizagem de acordo com as competências e habilidades que são relevantes para a empresa em si e não somente para o indivíduo.

Assim, o objetivo é contribuir para a estratégia de negócios da organização e, para isso, é necessário estudar quais são os temas que devem ser abordados nos treinamentos.

Quais são os benefícios da educação corporativa?

Talvez ainda não esteja tão claro, mas a educação corporativa traz muitos benefícios tanto para os colaboradores como para a empresa como um todo. Em seguida, conheça os principais:

Aumento da produtividade

É importante ressaltar que quando um profissional faz parte de um programa de educação corporativa, passa a executar o seu trabalho de maneira muito mais eficiente e qualificada, reduzindo até mesmo a possibilidade de erros. Consequentemente, há um significativo aumento da produtividade.

Melhora do clima organizacional

O clima organizacional é um indicador que tem como objetivo medir a satisfação e percepção dos colaboradores de uma empresa em relação ao ambiente de trabalho no qual estão inseridos diariamente.

Quando um funcionário tem a oportunidade de se beneficiar da educação corporativa, se sente mais valorizado e, consequentemente, motivado para realizar o seu trabalho. Dessa forma, profissionais mais felizes e satisfeitos impactam positivamente na melhora do clima organizacional.

Ambiente propício à inovação

A partir do momento em que um profissional é inserido em um programa de educação corporativa, passa a dominar melhor suas atividades e responsabilidades. Com isso, se sente mais confiante para avaliar e criar de novos processos de trabalho e, assim, propor melhorias e mudanças que possam trazer inovações significativas para a empresa.

Redução do turnover

Vale pontuar que a educação empresarial também reduz o turnover, ou seja, a rotatividade de colaboradores. A lógica é simples: eles se sentem valorizados e, consequentemente, motivados para fazer o melhor em suas funções. Assim, a tendência é que fiquem satisfeitos na empresa e não procurem por outras oportunidades.

Crescimento empresarial sustentável

A educação corporativa cria um elo entre o aprimoramento profissional dos colaboradores e as necessidades estratégicas da empresa. É uma maneira eficiente de manter ambos alinhados com foco em um crescimento empresarial sustentável a longo prazo.

Vantagem competitiva

A educação corporativa também proporciona à empresa uma grande vantagem competitiva. Isso porque com funcionários mais preparados, motivados e produtivos, as chances de destaque são altas.

Em um cenário como esse, a tendência é que a organização em questão entregue serviços e produtos com uma qualidade superior e, assim, fortaleça a sua vantagem competitiva diante dos concorrentes.

Desenvolvimento de líderes

Há muitas formas de se desenvolver os líderes de uma organização. A educação empresarial é interessante porque é possível analisar exatamente o tipo de líder que a empresa precisa e, a partir disso, criar treinamentos específicos que visem o desenvolvimento de habilidades importantes para os objetivos de negócio.

Além disso, o líder é a figura central de um time, responsável por unir todas as pontas e garantir uma entrega de excelência. Quanto melhor treinado, maiores são as chances dos resultados ultrapassarem as expectativas.

Quais são os principais desafios para implementar a educação corporativa?

Apesar de tantas vantagens e pontos positivos, nem sempre é fácil implementar uma estratégia de educação corporativa. Para entender melhor, confira as principais barreiras:

Custos elevados

Não se pode negar o fato de que treinamentos, principalmente os presenciais, exigem um alto investimento financeiro. Por isso, empresas menores e com baixo orçamento para essa frente podem acabar precisando criar adaptações para conseguir implementar a educação empresarial.

Dificuldade de mensuração

É mais difícil mensurar os resultados de alguns tipos de treinamentos, principalmente aqueles que estão relacionados às soft skills.

Baixo engajamento

Em alguns casos, pode ocorrer do engajamento dos colaboradores com o treinamento ser muito baixo. Para contornar a situação, é importante entender as razões do desinteresse para tentar resolver e elevar o envolvimento.

Como implementar a educação corporativa na sua empresa?

Pode até parecer complexo, mas não é. Primeiramente, é necessário levantar informações considerando os objetivos da organização em médio e longo prazo para, então, entender quais habilidades técnicas e comportamentais já estão presentes no dia a dia da empresa e quais é preciso desenvolver.

Feito isso, a segunda etapa é realizar um planejamento do programa de educação corporativa, entendendo os processos, conteúdos, metodologia, entre outros fatores. E, nesse momento, não se pode esquecer de que a capacitação do colaborador deve gerar resultados efetivos para a empresa e, portanto a trilha de aprendizagem deve estar alinhada aos objetivos e estratégia organizacionais.

Por fim, é muito importante analisar os resultados ao longo de todo o processo e também após a sua aplicação. Dessa forma, podem ser realizados ajustes para que a educação empresarial seja sempre aperfeiçoada.

Tendências para ficar de olho

A área educacional vem mudando muito ao longo dos anos. É interessante ficar atento às tendências que podem impactar o programa de educação corporativa para que ele seja o mais eficiente possível e traga resultados significativos.

Por isso, vale a pena conferir algumas tendências nesse meio para entender melhor como os treinamentos podem ser estruturados:

Realidade virtual

A realidade virtual já faz parte do dia a dia de muitas empresas. No caso da educação corporativa, pode ser interessante para treinamentos que simulem situações reais. É uma maneira mais interativa e diferente de propor treinamentos que, muitas vezes, podem acabar sendo monótonos e cansativos se forem aplicados da forma mais tradicional.

Gamificação

A gamificação se trata do uso de técnicas comuns nos games em situações que não são jogos. Não é novidade que já é bastante utilizada em processos de recrutamento. A novidade é que vem ganhando mais espaço em outros contextos, como treinamentos.

A lógica dos games desperta curiosidade e eleva a motivação, o que pode ser muito interessante para aumentar o engajamento quando estamos falando sobre educação corporativa.

Educação online

Não há mais dúvidas de que o e-learning é uma tendência que não pode ser ignorada. Contextos extremos, como o da pandemia causada pela Covid-19, só reforçaram o quão importante é estar preparado para o trabalho e o ensino a distância.

Além da facilidade na execução, também ajuda a reduzir gastos e se torna acessível para colaboradores que residem em qualquer lugar do país (ou do mundo). No contexto de educação empresarial é interessante pensar em como mesclar o presencial com o online ou, em alguns casos, focar apenas no e-learning.

Por onde começo a pensar na educação corporativa?

Quando estamos falando sobre educação corporativa, é preciso entender que cada empresa tem a sua própria realidade e, portanto, não há uma receita de bolo que funcione para todas da mesma forma.

Mas, ao mesmo tempo em que é importante entender as individualidades e necessidades específicas da sua organização, também é válido ficar de olho nas tendências de mercado. E uma dessas tendências diz respeito à saúde mental e o desenvolvimento de soft skills.

Estamos falando sobre inteligência emocional, capacidade de lidar com adversidades, gerenciamento de estresse, resiliência, autoconhecimento e por aí vai. As empresas atentas às necessidades do futuro já sabem o quão importante é poder contar com colaboradores com a saúde mental em dia e habilidades comportamentais bem desenvolvidas.

Para crescer e atingir seus objetivos estratégicos, toda empresa precisa de profissionais com equilíbrio emocional competências comportamentais.

E, para isso, é possível complementar a sua estratégia de educação corporativa com o Vittude Corporate. Levamos palestras e conteúdos sobre esses temas para conscientizar e ensinar os seus funcionários sobre saúde mental e soft skills que estão em alta e são relevantes para o crescimento de qualquer empresa hoje em dia.

Além disso, com o Vittude Corporate a sua organização também pode oferecer a psicoterapia como um benefício corporativo. Por meio de um processo individual com um profissional especializado, cada funcionário pode entender mais sobre si mesmo, suas competências e transformar seu mindset em relação para ser mais eficiente, produtivo e extrair o melhor do seu potencial no dia a dia de trabalho.

Conheça as soluções do Vittude Corporate, fale com um de nossos especialistas e veja como podemos fazer parte do processo de educação corporativa de sua empresa!

Você já baixou o nosso app? Por lá você pode buscar psicólogos e psicólogas, agendar consultas e até mesmo fazer as sessões. Disponível para Android e iOS:
App Vittude na Play Store
App Vittude na Apple Store

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo

Leia também

Receba novidades da Vittude