4 maneiras de fazer um programa de reconhecimento profissional
Avalie este artigo
17 de fevereiro de 2021 | 6 min de leitura
Retenção de Talentos

4 maneiras de fazer um programa de reconhecimento profissional

Quando falamos sobre reconhecimento profissional, qual é a primeira coisa que vem à sua mente? Há grandes chances de você relacionar este assunto às promoções e aumentos salariais.

Apesar de serem fatores importantes e com grande poder de influência, nem sempre são o suficiente para demonstrar o quanto a empresa valoriza o trabalho dos seus colaboradores. Isso porque, hoje em dia, há outros aspectos que são importantes para os profissionais e fazem com que eles sintam felizes no ambiente de trabalho.

A questão que as empresas precisam responder é simples: como promover o reconhecimento profissional?

Com esta resposta em mãos, serão criadas ações estratégicas eficientes capazes de reverberar positivamente no dia a dia dos profissionais da sua organização. Para entender como chegar até essas respostas, te convido para continuar a leitura deste artigo e conferir todas as dicas sobre o assunto.

O que é reconhecimento profissional?

Vamos começar entendendo o que é reconhecimento profissional. Basicamente, significa oferecer aos colaboradores de uma empresa uma visão positiva sobre o trabalho que desempenham, ou seja, valorizar esse trabalho.

Apesar de bônus e recompensas financeiras estarem relacionados a esse tipo de valorização, o reconhecimento profissional vai muito além. O dinheiro é algo bom, mas não é mais o fator principal que mantém as pessoas motivadas e felizes em um emprego.

As novas gerações de jovens chegaram ao mercado de trabalho com uma vontade enorme de se sentirem úteis e fazerem a diferença dentro da empresa. Caso percebam que o trabalho que executam não tem significado e não é valorizado, perdem a motivação e ficam insatisfeitos, o que afeta a produtividade e o engajamento.

Não há dinheiro no mundo que mude essa situação, pois há motivações que vão além da questão financeira. Portanto, quando o assunto é valorização profissional os aumentos salariais devem ser uma estratégia complementar e não o único foco.

Como a falta de reconhecimento profissional pode afetar os colaboradores?

A falta de reconhecimento profissional pode ter efeitos catastróficos no meio corporativo.

Quando as pessoas sentem que o trabalho executado não é valorizado, perdem o brilho nos olhos e, consequentemente, os níveis de motivação e produtividade caem drasticamente.

Afinal, se não sou valorizado, por que me preocupar em continuar entregando com excelência? É essa a mentalidade que muitos profissionais passam a cultivar.

Assim, com o passar do tempo, podem acabar entrando nas estatísticas de turnover, pois saem em busca de novas oportunidades onde acreditam que serão mais reconhecidos. E, se for necessário, muitas vezes optam até por ganhar menos ou ter uma redução de benefícios do que continuar trabalhando em um ambiente no qual não se sente satisfeitos.

Fica claro, portanto, que quando a falta de reconhecimento se torna uma avalanche que afeta boa parte do quadro de funcionários, esse problema pode acabar impactando a empresa como um todo. No geral, os principais pontos negativos são:

Como criar um programa de reconhecimento profissional?

Enfim, você deve estar se perguntando como resolver essa questão. Afinal, como valorizar os colaboradores da sua empresa? Criando um programa de reconhecimento profissional, é claro.

Trata-se de uma política específica da empresa, com critérios estabelecidos de acordo com a cultura organizacional e que tem como objetivo valorizar o bom desempenho dos funcionários da organização. Assim, aqueles que forem reconhecidos recebem uma recompensa, que pode ser financeira ou não.

É interessante ter um programa de reconhecimento profissional formalizado, pois essa é uma garantia de que sempre que alguém executar um bom trabalho e/ou bater suas metas, será devidamente reconhecido.

Para estruturar esse tipo de programa, confira um passo a passo simples e eficiente:

1. Pergunte aos colaboradores o que eles querem

O maior erro que você pode cometer é achar que sabe o que os funcionários da empresa querem. As suposições podem levar a ações equivocadas que não trarão o resultado esperado.

Por isso, comece perguntando aos colaboradores o que eles gostariam que fizesse parte do programa de reconhecimento profissional. A maneira mais simples de fazer isso é rodando uma pesquisa online para entender os tipos de recompensas que são mais atrativas para as pessoas daquele ambiente.

Nessa pesquisa, a própria empresa pode já dar algumas opções de recompensas e analisar quais são as mais desejadas. Algumas ideias são bonificações, viagens, vale-presente, folgas, brindes etc.

2. Crie critérios de avaliação

Nesse momento, é importante ter em mente como será realizada a avaliação dos profissionais, ou seja, quais serão os critérios utilizados. Entre eles, considere:

  • produtividade;
  • lucros;
  • metas alcançadas;
  • inovações apresentadas;
  • vendas.

São diversas possibilidades e, talvez, nem todas as pessoas possam ser avaliadas a partir dos mesmos critérios, afinal, cada área tem uma função e responsabilidade.

Posteriormente, é essencial que a definição de critérios sejam transmitida com transparência e honestidade a todos os colaboradores, pois assim ninguém fica desapontado.

Muitas empresas adotam ciclos de feedbacks e avaliações de desempenho. Nesses casos, vale entender como aliar esses processos ao programa de reconhecimento profissional. Vale, nesse momento, também definir a periodicidade do programa de reconhecimento e entender se haverá momentos específicos do ano para fazer as análises e dar as recompensas.

3. Comunique e implemente

Para funcionar e todos ficarem na mesma página, é importante que o programa seja comunicado a todos os colaboradores. Além disso, as lideranças precisam de um aprofundamento nas regras e critérios, pois serão responsáveis por analisar o desempenho dos membros do seu time e, posteriormente, reportar resultados e comportamentos.

Garantir uma apresentação eficiente e atrativa sobre o programa é essencial para que os colaboradores se sintam motivados e engajados. Justamente por isso é tão necessário começar o planejamento com a pesquisa para, assim, descobrir o que é mais atrativo para eles.

Feita a comunicação de forma geral, chega a hora de implementar tudo o que for necessário para que tudo aconteça da melhor maneira possível.

4. Peça feedbacks

Após um tempo de implementação, vale conversar novamente com os funcionários para entender a percepção de cada um sobre o programa de reconhecimento profissional.

Os feedbacks podem ser colhidos por meio de pesquisas online, assim como na primeira etapa. Essa é única maneira de ter clareza se as ações implementadas foram eficientes e atenderam as expectativas. Assim, sempre que necessário, é importante revisar e reestruturar o que não estiver funcionando.

5. Evite criar um clima competitivo

Por mais que um programa de reconhecimento profissional possa ter, na sua essência, uma pitada de competitividade, é importante garantir que o espírito seja de colaboração. Nesse sentido, é válido ressaltar ao longo da apresentação do programa que o objetivo não é criar um clima tóxico de competitividade e que todos terão a oportunidade de ter o trabalho reconhecido.

O objetivo é valorizar um bom desempenho e motivar os colaboradores a continuarem executando um bom trabalho. E as recompensas irão ajudar nesse sentido.

Todos precisam ter as mesmas chances, por isso, os critérios podem mudar um pouco de uma área para outra. Incentive o clima de colaboração e faça com que os profissionais da empresa ajudem uns aos outros a sempre crescerem e atingirem o máximo do seu potencial.

4 modelos de programas de reconhecimento profissional

Ainda em dúvida sobre como implementar um programa de reconhecimento profissional? Confira alguns modelos que podem funcionar na sua empresa:

  • Comissão de vendas ou participação nos lucros da empresa: um reconhecimento muito comum para quem trabalha na área de vendas, em que esses profissionais recebem uma porcentagem do valor de cada venda realizada.
  • Meritocracia: todos são informados sobre os critérios de avaliação definidos e ao atingirem o desempenho esperado, a remuneração aumenta proporcionalmente.
  • Prêmios: nesse caso, a pessoa que teve um bom desempenho ganha algum tipo de reconhecimento por meio de um prêmio (viagem, vale-presente etc).
  • Bônus no salário por metas atingidas: sempre que o profissional atingir uma meta recebe um acréscimo em seu salário.

4 maneiras de promover o reconhecimento profissional no dia a dia

Com um programa de reconhecimento profissional bem estruturado e rodando, é válido também garantir que no dia a dia de trabalho também seja pautado na valorização dos colaboradores.

Para entender como isso pode acontecer, confira algumas ações práticas e eficientes para serem implementadas na sua empresa.

Feedbacks

Uma das melhores formas de se reconhecer um bom trabalho é o feedback. Muitas vezes um “obrigada, você fez um ótimo trabalho” é tudo o que alguém precisa ouvir para continuar motivado.

Por mais que possam existir os ciclos formais de feedbacks, os colaboradores devem ser incentivados a darem feedbacks positivos sempre que considerarem necessário, afinal, parabenizar um bom trabalho nunca é demais, né?

Plano de carreira

Empresas que oferecem um plano de carreira aos seus funcionários estão sinalizando que enxergam possibilidades de crescimento para eles naquele ambiente. Assim, o profissional se sente motivado para evoluir e atingir os seus objetivos para dar um próximo passo e crescer na organização.

Delegar tarefas e oferecer desafios

Uma das maneiras de demonstrar que se confia em um profissional é delegando tarefas e oferecendo desafios para que ele se sinta motivado para ir sempre além. Lideranças que praticam o microgerenciamento, por exemplo, têm o efeito contrário e acabam gerando frustração e desmotivação.

Treinamento, psicoterapia ou coaching

Outra maneira da empresa demonstrar que se preocupa com o crescimento de cada indivíduo e reconhece um bom trabalho é oferecendo ferramentas de desenvolvimento. Seja por meio de treinamentos, cursos, psicoterapia ou coaching: existem várias maneiras de ajudar as pessoas a evoluírem e crescerem pessoal e profissionalmente.

Preparado para criar o seu programa de reconhecimento profissional?

Valorizar os colaboradores da sua empresa significa trabalhar diariamente para elevar a motivação e satisfação. Não é só o funcionário que sai ganhando com esse tipo de esforço, pois a organização colhe os frutos de um time mais feliz, engajado e produtivo.

Por isso, não deixe para depois: comece agora mesmo criar estratégias para reconhecer as pessoas que mantêm a empresa viva.

Aproveite e leia mais conteúdos relacionados a esse assunto no blog da Vittude Corporate!

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo

Leia também

Receba novidades da Vittude