Como o líder deve tratar o relacionamento interpessoal no trabalho?
Avalie este artigo
16 de junho de 2021 | 6 min de leitura
Habilidades e Competências

Como o líder deve tratar o relacionamento interpessoal no trabalho?

É essencial que o dia a dia profissional seja permeado por um relacionamento interpessoal no trabalho eficiente e positivo. Dentro da rotina de uma empresa os colaboradores precisam trabalhar em conjunto e se comunicar. Para isso, é importante que os relacionamentos sejam baseados em confiança, transparência e respeito.

Assim como na vida pessoal precisamos de pessoas ao nosso lado para crescermos e nos desenvolvermos, no meio profissional não é diferente. As relações saudáveis entre os funcionários de uma organização são benéficas para todos os envolvidos, inclusive para a evolução da empresa como um todo.

Para saber mais sobre como o relacionamento interpessoal no trabalho é importante, continue a leitura deste artigo para conferir todas as dicas e informações valiosas sobre o assunto.

O que é relacionamento interpessoal no trabalho?

Para começo de conversa é necessário ter clareza sobre o conceito de relacionamento interpessoal no trabalho. Nada mais é do que a conexão, ou seja, a relação entre duas ou mais pessoas em âmbito profissional. Trata-se de como esses indivíduos se relacionam, se tratam e qual é o nível de qualidade dessas relações.

No trabalho, essas relações estão baseadas nas funções de cada profissional. Dependendo da área de atuação você tem mais contato com uma ou outra pessoa e para que o trabalho seja executado da melhor forma muitas vezes é necessário ser capaz de cultivar tais relações com maestria.

Qual é a importância do relacionamento interpessoal no trabalho?

Cada vez mais, soft skills como inteligência emocional e outras habilidades de comunicação são valorizadas pelos recrutadores das empresas. Com isso, também fica mais evidente a necessidade de desenvolver o relacionamento interpessoal no trabalho. Isso porque não há como trabalhar sem se relacionar com as pessoas, esse é praticamente um pré-requisito de qualquer área de atuação (claro que algumas com mais ou menos ênfase).

Mesmo assim, seja um profissional de vendas ou alguém da área de tecnologia, é imprescindível ser capaz de se comunicar e criar conexões com outras pessoas. E por que isso é importante para a empresa? Confira os principais pontos dentro da organização que se beneficiam de bons relacionamentos interpessoais:

Melhora nos resultados

É aquela história que diz “juntos vamos mais longe”, sabe? É claro que cada profissional deve ser responsável e competente na sua própria função, mas em muitos projetos e metas é necessário garantir que um grupo de indivíduos seja capaz de trabalhar em conjunto para atingir objetivos em comum.

E essa união de esforços sempre será benéfica para se alcançar melhores resultados, afinal, competências e visões complementares são essenciais para o crescimento de uma empresa.

Aumento da produtividade

A produtividade está relacionada a fazer mais coisas (com qualidade) em menos tempo, ou seja, otimizar o uso do seu tempo a seu favor. O relacionamento interpessoal no trabalho pode ter um grande impacto positivo neste ponto e para entender basta pensar no seguinte exemplo…

Imagine que você está com muita dificuldade para resolver um problema com um cliente. Você já tentou de diversas formas e, mesmo assim, não atingiu o resultado esperado, portanto, não está conseguindo ser produtivo. Quando tem boas relações com seus colegas de trabalho, pode pedir ajuda, trocar ideias e, assim, chegar à solução de maneira mais eficiente.

No primeiro cenário, trabalhando sozinho, você demoraria muito mais tempo para resolver o problema do que com o auxílio de um colega de trabalho. Portanto, ao ter melhores relacionamentos interpessoais os colaboradores também conseguem elevar os níveis de produtividade.

Melhora do clima organizacional

O clima organizacional trata-se de um indicador que tem como objetivo medir a satisfação e percepção dos funcionários de uma empresa em relação ao ambiente de trabalho no qual estão inseridos.

Quando não há colaboração e respeito, o clima organizacional pode ficar mais pesado e negativo. As pessoas acabam se sentindo mais isoladas e tristes, afinal, um dia a dia com uma boa comunicação e parceria contribui para um clima mais leve e positivo.

Comunicação mais eficiente

O fortalecimento do relacionamento interpessoal no trabalho é essencial para se trabalhar uma comunicação mais assertiva. Pessoas que têm dificuldade para se comunicar podem acabar cometendo mais erros e não conseguem ser tão eficientes trabalhando em equipe.

Por isso, fomentar boas relações entre os colaboradores é essencial para garantir uma comunicação mais eficaz e transparente.

Qual é o papel dos líderes nos relacionamentos interpessoais?

Os relacionamentos interpessoais passam por uma figura muito importante dentro da empresa: o líder. Isso porque essa é a figura central de um time, responsável por unir os membros da equipe e garantir que as pessoas se conectem, colaborem entre si, se ajudem e atuem unidos em prol dos objetivos em comum.

Portanto, as lideranças são um ponto focal quando estamos falando sobre a necessidade de cultivar os relacionamentos interpessoais no trabalho. Em seguida, confira como estes profissionais podem contribuir para o fortalecimento das conexões entre as pessoas dentro da empresa:

Escuta ativa

A escuta ativa diz respeito a ouvir de verdade o que o outro está comunicando, ou seja, ser capaz de receber uma mensagem com atenção e interpretar as informações recebidas. Se estamos falando sobre a importância de fortalecer as relações entre as pessoas, a escuta ativa é essencial, pois ajuda na construção desse laço.

Quando um líder tem uma escuta ativa significa que ele realmente se preocupa em ouvir o que os seus liderados têm a dizer e incentiva esse mesmo de comportamento entre eles. Trata-se de uma habilidade importante para reuniões, feedbacks ou até mesmo conversas casuais.

Lembre-se: um relacionamento interpessoal é uma via de mão dupla, portanto, deve haver interesse em ouvir e falar de ambas as partes.

Respeito

Um dos grandes desafios dos relacionamentos interpessoais é precisar lidar com as diferenças. As pessoas têm visões, valores e modos de agir que podem se contrapor bastante, mas em um ambiente de trabalho é preciso estar preparado para lidar com esse tipo de coisa.

Uma postura autoritária e fechada para a diversidade pode ser muito nociva para a construção de relações saudáveis e duradouras. É necessário trabalhar o respeito às diferenças e a tolerância para que todos se sintam confortáveis para expor opiniões e ideias. Aceitar visões diferentes é uma forma de aprender e se permitir desenvolver, além de ser um dos ingredientes principais para se criar conexões com as pessoas.

Um líder deve ser aquela pessoa que, além de respeitar a diversidade, também incentiva os membros do seu time a agirem da mesma forma para, assim, se criar um ambiente mais respeitoso e inclusivo.

Atitude positiva

Pessoas extremamente negativas e pessimistas não contribuem para boas relações e um clima organizacional saudável. É necessário que o líder seja aquela figura que sempre motiva os colaboradores e mostra o lado positivo até mesmo das situações mais complexas e desafiadoras. Afinal, são as lideranças que são responsáveis por unir um time e mantê-lo em uma mesma direção.

Sem a postura positiva, todos podem acabar sucumbindo ao desespero e negativismo em uma situação desfavorável. Consequentemente, esse tipo de postura acaba afetando os relacionamentos entre as pessoas, além da produtividade e performance no trabalho.

Abertura para feedbacks e críticas

Uma das melhores coisas de se relacionar com as pessoas é que, dessa forma, ampliamos a nossa visão de mundo e aprendemos a enxergar problemas e desafios a partir de uma nova perspectiva. Com isso, a partir do momento em que se cria uma abertura para se relacionar com o outro é preciso estar preparado para lidar com feedbacks e críticas.

As lideranças são responsáveis por centralizar esses processos de feedbacks e devem estar abertas tanto para dar como para receber as críticas. Nenhum relacionamento interpessoal se sustenta sem essa construção e é importante ressaltar como esse processo é benéfico para o autodesenvolvimento e autoconhecimento de cada um.

Afinal, quando você ouve do outro no que é bom e como pode melhorar, fica mais fácil entender seus pontos fortes e fracos e enxergar oportunidades de crescimento. Um relacionamento interpessoal saudável e positivo, portanto, é capaz de ajudar todos os envolvidos a crescerem.

Estabelecimento de limites

Os relacionamentos interpessoais no trabalho são muito importantes para elevar a produtividade e desempenho dos colaboradores. Mas é preciso ficar atento aos limites entre vida pessoal e profissional, afinal, não se pode esquecer de que se trata de um ambiente profissional.

Por mais que algumas pessoas criem laços que vão além do âmbito profissional, é necessário saber estabelecer algumas barreiras entre os dois universos para não criar confusões e desentendimentos. As lideranças, por sua vez, podem orientar os colaboradores nesse sentido e ajudá-los a entender como criar tais limites.

Aliás, os próprios líderes precisam trabalhar nesses limites também, afinal, às vezes podem criar uma amizade com alguém do próprio time, mas isso não pode interferir nos feedbacks, análises de desempenho e resolução de conflitos. O líder deve ser uma figura imparcial em diversos momentos, focando exclusivamente na produtividade, resultados e performance da equipe.

Empatia

Todo relacionamento necessita de empatia, que nada mais é do que a capacidade de se colocar no lugar do outro. As lideranças precisam lidar com pessoas de diferentes perfis e competências ao mesmo tempo, extraindo o melhor de cada um. Saber se colocar no lugar do outro ajuda nesse processo e lembra o tempo todo de que apesar do âmbito profissional, todos ali são seres humanos antes de qualquer outra coisa.

A partir do momento em que um líder é capaz de praticar a empatia no dia a dia, incentiva outros colaboradores a também assumirem tal postura e construírem relacionamentos interpessoais mais genuínos no ambiente de trabalho.

Relacionamentos interpessoais: uma via de mão dupla

Falamos muito sobre a importância dos relacionamentos interpessoais para as empresas e como as lideranças são essenciais para a construção dessas conexões entre os colaboradores. Mas nisso tudo, qual é o papel das empresas?

Bom, entre outras iniciativas, é essencial que o RH pense em como preparar os líderes para atuarem em um papel tão central com os seus times. Para isso, podem ser oferecidos treinamentos, psicoterapia, palestras e muitos outros benefícios que têm como objetivo orientar as lideranças da organização.

Não basta apenas cobrar sem oferecer as ferramentas certas para o desenvolvimento. Afinal, os relacionamentos interpessoais no trabalho são uma via de mão dupla entre líderes e liderados; entre os membros de um time; entre todos os colaboradores e entre os funcionários e a própria empresa.

Curtiu o conteúdo? Continue lendo artigos como este no blog do Vittude Corporate.

Você já baixou o nosso app? Por lá você pode buscar psicólogos e psicólogas, agendar consultas e até mesmo fazer as sessões. Disponível para Android e iOS:
App Vittude na Play Store
App Vittude na Apple Store

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo

Leia também

Receba novidades da Vittude