Dia Mundial da Saúde: dicas para promover o tema em sua empresa
Avalie este artigo
7 de abril de 2021 | 6 min de leitura
Employer Branding

Dia Mundial da Saúde: dicas para promover o tema em sua empresa

Falar sobre saúde engloba diversas esferas. Muita gente acredita que por não ter nenhuma enfermidade está perfeitamente bem, mas não necessariamente. O Dia Mundial da Saúde é uma data que nos lembra sobre como a nossa saúde é holística e requer um conjunto de fatores físicos e mentais.

No mundo corporativo a data também não deve passar despercebida, afinal, um dos fatores que impacta diretamente a saúde das pessoas é o trabalho. É essencial que as empresas assumam suas responsabilidades em relação ao tema e promovam ações e discussões voltadas para o bem-estar físico e mental.

Em celebração ao Dia Mundial da Saúde, preparamos este artigo repleto de dicas para promover o tema na sua empresa e garantir um dia a dia muito mais saudável aos seus colaboradores. Leia até o final para conferir tudo!

O que é e quando acontece o Dia Mundial da Saúde?

O Dia Mundial da Saúde é comemorado no dia 7 de abril e foi criado pela Organização Mundial da Saúde, em 1948. O objetivo da data é conscientizar a população sobre o tema, além de estimular a criação de novas políticas voltadas para o bem-estar físico e mental das pessoas.

As ações realizadas em comemoração a esse dia têm como foco promover informação para que todos conheçam os seus direitos em relação à saúde e saibam como se cuidar da sua qualidade de vida da melhor forma. A cada ano é realizada uma campanha com um foco principal, por exemplo: hipertensão, depressão, alimentação etc.

A definição de saúde

Nem todo mundo tem clareza sobre a definição de saúde. Há quem pense que por não ter nenhuma enfermidade é uma pessoa com a “saúde em dia”. No entanto, para afirmarmos que alguém está saudável é necessário analisar um conjunto de fatores que incluem aspectos físicos e mentais.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) criou um conceito de saúde que amplia a visão sobre o que significa estar saudável:

“a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”.

Portanto, não se pode ignorar o fato de que se trata de uma esfera holística. O lado mental, que por muito tempo não recebeu a devida atenção, não pode mais ser ignorado e é essencial para se atingir um estado ideal de saúde.

Por fim, devemos ressaltar que a saúde é uma forma de bem-estar total, que não é alcançada somente por meio do tratamento de doenças, mas por meio da busca de mais qualidade de vida.

Como estruturar uma campanha de saúde nas empresas?

Agora que já entendemos o objetivo do Dia Mundial da Saúde e como o conceito de saúde é holístico e aborda diferentes esferas, podemos nos aprofundar no assunto dentro das empresas.

É importante que as organizações criem campanhas de saúde com o objetivo de informar e conscientizar os colaboradores, além de proporcionar um dia a dia de trabalho mais saudável e equilibrado.

Em seguida, confira algumas dicas para entender como estruturar esse tipo de campanha.

1. Defina os objetivos e temas

Como vimos, a saúde é um conceito muito amplo, portanto, uma campanha pode abordar diversas frentes. Para ter clareza sobre o foco principal, é importante que cada campanha tenha um objetivo claro.

Para isso, é válido também criar um planejamento de ações para o ano, assim fica mais fácil entender quando cada campanha começa e qual será o objetivo de cada uma.

Pense no macro tema abordado e em quais micro temas podem entrar em cada uma das campanhas. Nessa etapa de planejamento é interessante analisar quais são as datas comemorativas ao longo do ano relacionadas à saúde e quais fazem sentido dentro da estratégia da empresa, contexto da sociedade etc. Alguns exemplos: dia da saúde mental, outubro rosa etc.

2. Estruture as atividades e serviços de cada campanha

Depois de estruturar todo o cronograma de campanhas com os seus objetivos e temas, chega o momento de aprofundar nos detalhes de cada uma. Isso significa pensar nas atividades e serviços oferecidos.

Nesse momento é importante pensar em como engajar os colaboradores, repassar informações com clareza e garantir que os objetivos sejam alcançados. Lembre-se de que a campanha não precisa acontecer apenas em um dia. Podem rolar atividades ao longo de vários dias ou semanas.

Essa é a hora de fazer um brainstorming sobre:

  • quais informações serão disseminadas na campanha;
  • quais atividades serão incluídas (palestras, roda de conversas etc);
  • quais serviços serão oferecidos aos colaboradores (algum tipo de teste ou exame, por exemplo).

3. Crie um plano de divulgação

Para conseguir o engajamento necessário dos funcionários é preciso pensar em um bom plano de comunicação para a divulgação de cada campanha. Para isso, é importante entender em quais canais e com qual frequência serão realizados comunicados informativos sobre o tema e sobre as atividades que serão oferecidas.

Alguns exemplos de canais que podem ser utilizados: email; reunião de time, mural de avisos etc.

4. Pense na infraestrutura e convidados

Algumas atividades, como palestras e aulas, podem exigir uma infraestrutura diferenciada, como um auditório ou salas específicas para uma determinada prática. Por isso, é importante se planejar com antecedência para garantir que tudo saia conforme o esperado.

Caso a campanha conte com palestrantes convidados também é necessário se organizar para realizar os convites e estruturar a recepção, que pode incluir comes e bebes, por exemplo.

5. Garanta o alinhamento de responsabilidades

Todos os envolvidos em campanhas de saúde internas devem estar alinhados em relação às suas responsabilidades. Dessa forma, evita-se retrabalho e as chances de tudo sair conforme o esperado são ainda maiores.

6. Colete feedbacks

Por fim, não se esqueça que após a execução da campanha a mesma deve ser avaliada e, para isso, pode ser realizada uma coleta de feedbacks com os colaboradores. Basta rodar uma pesquisa para entender se as expectativas foram atendidas, pontos fortes e pontos fracos. Dessa forma, a cada campanha é possível promover melhorias.

O que pode ser feito nas campanhas de Dia Mundial da Saúde na sua empresa?

O passo a passo para a criação de uma campanha com foco em saúde na sua empresa já ficou claro. Mas agora você deve estar se perguntando o que é possível criar e oferecer nessas campanhas, ou seja, quais ações podem ser promovidas, não é mesmo?

Bom, a seguir você poderá conferir algumas sugestões!

Palestras com profissionais especialistas

Uma das maneiras mais interessantes de se abordar determinados assuntos dentro das empresas é trazendo especialistas para palestrarem. Dessa forma, é possível despertar maior interesse dos colaboradores e, ainda por cima, proporcionar dados, pesquisas ou dicas direto de uma fonte confiável.

Quando o tema é saúde mental, por exemplo, parceiros como o Vittude Corporate levam palestras e materiais especiais e embasados sobre o assunto.

Roda de conversa para debater sobre algum tema específico

Dependendo do tema da campanha pode ser uma boa ideia criar rodas de conversas com pequenos grupos de colaboradores. Um exemplo bacana pode ser uma roda de conversa sobre exercícios físicos para que as pessoas possam compartilhar dicas para quem não gosta de academia e tem dificuldade de encontrar uma atividade para se exercitar.

Sorteios e desafios

Que tal incluir em sua campanha um desafio ou talvez um sorteio? Isso pode incentivar as pessoas a participarem das atividades e divulgarem o que está sendo feito na empresa, o que também é ótimo para employer branding.

O sorteio pode ser de um kit de produtos, desconto com algum parceiro relacionado à saúde e por aí vai. Deixe a imaginação fluir.

Aulas com foco em atividades físicas

Vários temas de campanhas de saúde podem abraçar a ideia de oferecer algumas aulas de atividades físicas dentro da empresa. Para isso, é necessário pensar em infraestrutura e espaço e empresas com espaço limitado podem ter mais dificuldades nesse sentido.

Se for viável, é algo que pode gerar bastante engajamento com os funcionários. Alguns exemplos de aulas: yoga, alongamento, pilates etc.

Orientações sobre saúde mental e/ou física com especialistas

Muitas pessoas têm dúvidas sobre saúde física e mental, mas não gostam de falar abertamente sobre o assunto na frente de outras pessoas. Nesses casos, pode ser interessante oferecer a presença de um especialista em cada área que ficará à disposição na empresa por alguns dias para atender os colaboradores e tirar dúvidas individualmente.

Sessões de exercícios laborais

A ginástica laboral é uma série de exercícios físicos que podem ser realizados no ambiente de trabalho com tranquilidade, como alongamento, postura, respiração etc. Também são muito importantes para evitar L.E.R e podem ser incluídos em alguma das campanhas de saúde da empresa.

Exames rápidos

Por fim, também pode ser interessante considerar oferecer alguns exames rápidos para os colaboradores. Um exemplo é o exame oftalmológico, que é simples de ser executado e muitas pessoas deixam de realizar no dia a dia.

Cuidar da saúde dos seus colaboradores é cuidar da sua empresa

Uma empresa só cresce se puder contar com funcionários saudáveis. Por isso, é essencial garantir um planejamento de campanhas de saúde ao longo de todo o ano que permeie as principais e mais importantes datas.

Em tempos de pandemia, tanto saúde mental como física ficaram nos holofotes e as empresas estão pensando em como oferecer mais benefícios e conteúdos relacionados a estes assuntos. Não fique para trás: comece agora mesmo a se organizar e se informe sobre cuidados com a saúde mental em nosso blog!

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo

Leia também

Receba novidades da Vittude