Employer Branding no Brasil: vantagens e como implementar nas organizações
Avalie este artigo
14 de abril de 2021 | 8 min de leitura
Employer Branding

Employer Branding no Brasil: vantagens e como implementar nas organizações

O conceito de employer branding no Brasil e no mundo está diretamente ligado à imagem que a sua empresa tem no mercado. Esta imagem é resultado de um conjunto de esforços direcionados para fortalecer uma determinada percepção de marca empregadora.

Quando os colaboradores da organização estão felizes e satisfeitos com o dia a dia de trabalho, tornam-se promotores genuínos da organização e contribuem para o employer branding. Mas, além disso, a empresa também precisa ter um plano estratégico focado na construção dessa percepção de marca com diversas ações que trabalham em conjunto.

Existem vários fatores que têm o poder de impactar positiva ou negativamente o employer branding. Por isso, é essencial ter clareza sobre o conceito, as suas vantagens e como implementar a estratégia na sua empresa. Está curioso e quer saber tudo sobre employer branding no Brasil?

O que é employer branding no Brasil?                  

O employer branding no Brasil já conta com vários cases interessantes de empresas que estão fazendo um ótimo trabalho de construção de imagem de marca empregadora. Trata-se de uma estratégia composta por um conjunto de ações que tem como objetivo fortalecer a percepção de marca de uma empresa, tanto para os seus atuais colaboradores como para o mercado de uma forma geral.

Um bom trabalho de employer branding é capaz de reverberar de diversas formas positivas no ambiente corporativo. Quando a imagem de uma empresa é positiva, consequentemente mais pessoas passam a querer trabalhar naquele lugar.

Assim, questões relacionadas à atração e retenção de talentos, por exemplo, são facilitadas e é claro que a organização como um todo se beneficia disto.

Conheça alguns cases de employer branding no Brasil

Já que estamos falando sobre employer branding no Brasil, vale a pena conferir alguns cases de empresas que estão mandando ver e fortalecendo a marca empregadora por meio de ações estratégicas e eficientes.

Assim, fica mais fácil também entender, na prática, como o employer branding pode ser executado!

Grupo Boticário

O Grupo Boticário faz um trabalho bem consistente e interessante quando o assunto é employer branding. Para atrair os melhores talentos e construir um relacionamento transparente desde o início, o Grupo Boticário criou o site de carreira “Eu faço bonito”, que contém todas as informações necessárias para fortalecer uma imagem positiva da marca empregadora: cultura organizacional, depoimentos, blog com conteúdos interessantes para potenciais candidatos etc.

Além disso, a organização trabalha como um dos seus principais pontos de contato o relacionamento com universidades, por meio da #LIGAUniversitária, um programa de embaixadores de marca empregadora. O time é responsável por levar até os alunos informações conscientes e transparentes em relação ao dia a dia de trabalho na empresa.

O grupo também conta com um programa de saúde abrangente, que tem um grande foco em saúde mental, além de contar com telemedicina para mais 12 mil colaboradores espalhados pelo país.

Em parceria com a Vittude, o Grupo Boticário já fez mais de mil atendimentos, e realiza rodas de conversa periódicas com a mediação de psicólogos especializados.

Netshoes

O Netshoes, por sua vez, realizou uma ação focada totalmente na renovação da cultura organizacional que ajudou a fortalecer a marca empregadora com os próprios colaboradores e, posteriormente, levar essa imagem ao mercado.

Foi realizado um processo de reposicionamento da cultura interna e, para isso, foi analisado como os colaboradores percebiam a empresa. Para chegar a tal diagnóstico foi necessário implementar conversas de feedbacks e entender como as pessoas captavam a imagem da Netshoes.

Após as etapas de diagnóstico, alinhamento, definições, comunicação e criação de processos, foram implementadas campanhas internas que tornaram os funcionários os principais embaixadores da marca.

Nubank

No Brasil, o Nubank se destaca no mercado financeiro. Diante do enorme desafio de atrair bons talentos e competir com grandes organizações que há anos estão consolidadas no segmento, a empresa precisou estruturar uma estratégia de employer branding bem eficiente.

Um dos pontos de destaque do Nubank é o onboarding diferenciado que, em tempos de pandemia, continuou se destacando. Além de um kit especial de boas-vindas, diversas ações foram traçadas para proporcionar a melhor experiência aos recém-chegados.

Além disso, a empresa também já implementou outras iniciativas, como: blog com conteúdo sobre o dia a dia na empresa; evento específico para ensinar mulheres  a programarem e até mesmo campanhas de Orgulho LGBTQIA+, nas quais funcionários foram convidados para dar depoimentos sobre como é trabalhar em um banco que preza pela inclusão e diversidade.

Resultados Digitais

Por fim, vale conhecer o exemplo da Resultados Digitais, que vem fazendo um trabalho tão eficiente que entrou na lista de Top Companies 2019 do LinkedIn. Isso foi resultado de excelentes estratégias de employer branding em conjunto.

A empresa preza por um modelo de trabalho no qual a iniciativa e a liderança são provenientes de todos os colaboradores. Por isso, disponibiliza uma casa em São Francisco, nos EUA, onde alguns funcionários com grandes projetos podem ir passar um tempo para realizar benchmarking com empresas internacionais.

Além disso, a Resultados Digitais também oferece a psicoterapia como um benefício corporativo aos seus colaboradores. Um diferencial que atende as necessidades atuais voltadas para saúde mental.

Employer branding na pandemia e a bandeira da saúde mental

Durante a pandemia causada pelo novo coronavírus, muitas empresas precisaram revisitar suas estratégias de marca empregadora. Afinal, uma imagem que talvez fizesse total sentido antes da pandemia agora pode necessitar uma revisão ou reestruturação mais profunda.

Isso porque os hábitos e comportamentos mudaram muito nesse período conturbado e as organizações precisaram se readaptar a novas necessidades. Saúde mental foi uma dessas necessidades que explodiu, pois o efeito colateral do isolamento e das inseguranças foi o aumento significativo de síndromes relacionadas à ansiedade e depressão.

Dessa forma, foi necessário que as empresas trabalhassem uma nova postura em relação a essa e tantas outras mudanças provocada pelas COVID-19. Só assim seria possível continuar fortalecendo uma percepção positiva da marca empregadora.

O LinkedIn, por exemplo, deu uma semana de folga remunerada aos seus colaboradores em abril de 2021 por conta da saúde mental e com o objetivo de evitar distúrbios graves como o burnout. Uma ação como essa visa oferecer um benefício relevante para os funcionários e, ao mesmo tempo, trabalhar uma imagem positiva da empresa no mercado em tempos de pandemia e cuidados com o equilíbrio emocional.

Vale, portanto, ficar atento à importância de rever a sua estratégia de marca empregadora e buscar parceiros como o Vittude Corporate para oferecer benefícios corporativos e materiais de conscientização e orientação em relação aos cuidados com a saúde mental.

Quais são as vantagens do employer branding?

Agora que você já conferiu alguns exemplos de empresas que estão executando ações de employer branding no Brasil, vamos entender quais são as principais vantagens dessa estratégia.

Diante de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, é essencial garantir um ambiente corporativo atrativo e vantajoso para os profissionais. E é aí que entra o employer branding. Confira os seus principais benefícios!

1. Melhora a atração e retenção de talentos

Um dos grandes impactos de uma estratégia de marca empregadora bem executada é a melhora significativa tanto na atração como retenção de talentos. Isso porque a partir do momento em que as pessoas falam bem de uma organização e ela tem uma imagem positiva no mercado, fica mais fácil atrair bons profissionais que desejem trabalhar naquele ambiente.

Na retenção, por sua vez, as chances de perder um bom colaborador para outra empresa é reduzida, pois ele passa a enxergar ainda mais valor na sua organização e benefícios oferecidos.

Como consequência, outro benefício é que, assim, são reduzidos os gastos com contratação, o que é muito vantajoso para a empresa.

2. Redução de absenteísmo e turnover

Tanto o absenteísmo como o turnover são índices nos quais é preciso ficar de olho, pois se subirem muito significa que algo não vai bem na organização. Quando uma estratégia de employer branding é bem executada a tendência é que esses números caiam, o que é ótimo.

3. Aumento da satisfação e produtividade

Ações estratégicas de employer branding ajudam a tornar o dia a dia de trabalho mais agradável e feliz, elevando a satisfação dos colaboradores. Dessa forma, a produtividade e o engajamento também sofrem impactos positivos, pois as pessoas passam a trabalhar com mais vontade e motivação.

4. Construções de relações mais positivas e favoráveis

Quando uma empresa tem uma imagem consolidada e positiva no mercado, as relações com parceiros, fornecedores e outras empresas é beneficiada também. Uma estratégia de employer branding bem executada é capaz de contribuir para fortalecer a sua empresa como referência no seu segmento e, assim, todas as relações de negócios são impactadas positivamente.

Como implementar o employer branding na sua empresa?

É importante entender que ao falar de employer branding estamos nos referindo a uma estratégia de longo prazo que precisa de um conjunto de vários fatores para trazer verdadeiros benefícios à empresa.

Para entender como implementar, confira o passo a passo a seguir!

1. Tenha clareza sobre a cultura e valores da empresa

A cultura organizacional, ou seja, o conjunto de valores, comportamentos e crenças da organização é essencial para a criação de um time forte e direcionado internamente. Além disso, também é importante para fortalecer uma imagem coerente ao público externo, consolidando uma cultura atraente e forte a todos que se relacionam com a empresa de alguma forma.

Também é válido ressaltar que a cultura é o fator que, se bem executado e consolidado, é capaz de orientar todo o quadro de colaboradores para pensarem e agirem conforme os valores e princípios da organização, mantendo a coerência ao longo do caminho. A cultura, portanto, é o princípio norteador.

2. Defina os objetivos da estratégia de employer branding

Uma estratégia de employer branding pode ter diversos objetivos, por exemplo:

  • reestruturar a cultura organizacional;
  • melhorar a atração e retenção de talentos;
  • reduzir o turnover.

Ao ter clareza sobre o que se deseja conquistar, é necessário traçar as ações que vão te ajudar a chegar lá. Para isso, é necessário entender quais são os recursos disponíveis, profissionais responsáveis e estabelecer os indicadores ideais para mensurar a eficiência das ações.

3. Converse com os colaboradores para fazer um diagnóstico

A partir do momento em que se tem clareza sobre os objetivos é preciso entender qual é o cenário atual, ou seja, qual é o diagnóstico. Só assim será possível traçar estratégias coerentes e eficazes, não é mesmo?

A melhor forma de entender o contexto é conversando com as pessoas que vivem naquele ambiente diariamente, ou seja, conversando com os próprios colaboradores. Esse diagnóstico, portanto, pode ser feito por meio de pesquisas que trarão os insumos necessários para se entender o que deve ser priorizado nas ações de employer branding.

4. Defina os grupos de profissionais prioritários

Por mais que uma estratégia de marca empregadora deva ser focada em todo o quadro de funcionários da empresa, nem sempre é possível trabalhar com uma abrangência tão alta logo de cara. Por isso, pode ser necessário definir alguns grupos prioritários no início do processo.

Normalmente, os profissionais mais estratégicos para o sucesso de uma estratégia de employer branding são as lideranças, pois costumam ser pessoas com alto nível de influência e que precisam estar bem alinhadas em relação às mensagens a serem transmitidas para o restante dos funcionários.

5. Trabalhe a comunicação interna

A comunicação interna é responsável por toda a comunicação entre os integrantes da organização. Portanto, será um ponto central na sua estratégia de employer branding, visto que é necessário comunicar tudo o que está sendo executado.

Para isso, podem ser estabelecidos canais de comunicação para expor os valores e cultura da empresa, como blogs, murais e treinamentos/reuniões. Além disso, estabelecer uma rotina clara de feedbacks para que todos se sintam confortáveis para expor ideias e melhorias é muito vantajoso.

Uma comunicação eficiente é a peça chave aqui, pois sem isso as pessoas se sentirão perdidas e não entenderão de fato quais mudanças e ações estão sendo implementadas.

Agregue valor para o seu time

Employer branding no Brasil está diretamente relacionado a agregar valor para os seus colaboradores. E isso pode ser feito de várias maneiras, tudo depende da estratégia e objetivos da sua empresa.

Os funcionários precisam estar felizes, motivados e satisfeitos e a tendência é que esses indicadores fiquem cada vez melhores quando as ações executadas vão de encontro às necessidades e expectativas dos profissionais.

Alguns pontos que podem ser considerados contemplam:

  • horários de trabalho flexíveis;
  • estruturas menos hierárquicas e engessadas;
  • ambiente de trabalho que preza pela diversidade e inclusão;
  • planos de carreira bem estruturados;
  • uma cultura organizacional forte e coerente;
  • benefícios corporativos relevantes e diferenciados.

E aí, que tal começar a estruturar a sua estratégia de employer branding oferecendo benefícios essenciais ao seu colaborador, como a psicoterapia?

Para isso, existem parceiros ideais, como o Vittude Corporate, que te ajuda a levar cuidados com a saúde mental para a sua empresa e agregar valor para os funcionários.

Acesse nosso site e descubra como podemos auxiliar sua empresa a se tornar muito mais atraente para os candidatos e também para os colaboradores atuais!

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo

Leia também

Receba novidades da Vittude