Entenda a influência do ambiente de trabalho no comportamento dos seus colaboradores
Avalie este artigo
11 de dezembro de 2020 | 7 min de leitura
Ambiente de Trabalho

Entenda a influência do ambiente de trabalho no comportamento dos seus colaboradores

Já parou para pensar sobre a influência do ambiente de trabalho no comportamento dos colaboradores da sua empresa? Muitos fatores têm o poder de impactar positiva ou negativamente a produtividade, motivação e felicidade das pessoas.

Os empregados passam pelo menos 1/3 de seus dias no trabalho, portanto, é importante garantir que se sintam felizes durante essas horas. Até porque se algo não vai bem é um efeito cascata e a desmotivação pode acabar se tornando um problema geral que afeta toda a organização.

Dessa forma, é responsabilidade da empresa garantir um local agradável, limpo e bem estruturado para que as pessoas consigam exercer as suas funções com qualidade.

Neste artigo, separamos algumas dicas que precisam estar no seu radar quando o assunto é a influência do ambiente de trabalho no comportamento dos colaboradores. Para conferir tudo, leia até o final!

Qual é a influência do ambiente de trabalho no comportamento dos profissionais?

A influência do ambiente de trabalho no comportamento pode ocorrer de diferentes formas e por motivos variados em uma empresa. Vamos começar entendendo os impactos positivos e negativos com alguns exemplos práticos!

Como um bom ambiente de trabalho impacta os colaboradores?

Vamos começar falando sobre os impactos positivos, ou seja, quando o ambiente de trabalho é favorável as pessoas produzem mais, se sentem mais motivadas, engajadas e felizes.

Por que isso acontece? Basta pensar em como é melhor trabalhar em um lugar limpo, organizado, iluminado e com boa infraestrutura. Tudo isso não impacta no seu ânimo? Por outro lado, se o ambiente for sujo, quente ou frio demais, desconfortável e bagunçado, provavelmente você vai se sentir pouco produtivo.

A produtividade e a criatividade são precisam de um ambiente propício, afinal, sozinho ninguém faz milagre.

Não se esqueça, é claro, de que o impacto positivo não vem apenas da infraestrutura oferecida pela empresa, mas também de pontos importantes como o clima e a cultura organizacionais. Tudo isso precisa estar em equilíbrio para que os funcionários se sintam bem e trabalhem motivados.

Como um ambiente ruim de trabalho impacta os colaboradores?

Sempre há o efeito contrário, ou seja, um ambiente também pode afetar negativamente o comportamento dos profissionais de uma empresa. E não estamos falando somente sobre as questões estruturais.

Assim como o clima e a cultura organizacionais podem ser saudáveis e ajudar a motivar os profissionais, também podem ser um ponto negativo se não forem bem cuidados.

Quando o clima organizacional não vai bem significa que boa parte dos colaboradores está insatisfeito e com uma percepção negativa daquele ambiente de trabalho. Ao mesmo tempo, uma cultura tóxica também pode influenciar no comportamento das pessoas, tornando o dia a dia na organização muito competitivo ou incentivando horas extras de trabalho em excesso.

A importância da pesquisa de clima organizacional

E falando em clima organizacional, não podemos deixar de falar sobre a pesquisa de clima organizacional. Quando o assunto é a influência do ambiente de trabalho no comportamento dos colaboradores, essa ferramenta pode trazer insights valiosos.

Esse tipo de pesquisa deve ser realizado com frequência para que se crie o hábito de ir analisar o que está indo bem e o que precisa ser melhorado.

O objetivo é detectar as percepções das pessoas em relação ao ambiente de trabalho no qual estão inseridos. Portanto, é uma maneira de captar quais são os problemas que podem estar interferindo na produtividade, satisfação e bem-estar dos colaboradores.

Não tem como melhorar se não souber o que está causando o problema, não é mesmo? Por isso, não se esqueça da sua grande aliada nesse momento: a pesquisa de clima organizacional está aí para ajudar.

O que fazer para aprimorar o ambiente de trabalho?

Já entendemos a influência do ambiente de trabalho no comportamento e, portanto, agora é a hora de focar nas ações que podem ser implementadas com foco em melhorias. Vamos lá?

Estimule a colaboração e o trabalho em equipe

Não há nada pior do que um ambiente de trabalho extremamente competitivo em que as pessoas não conseguem se enxergar como navegantes de um mesmo barco.

Por isso é importante estimular a colaboração e o trabalho em equipe para fortalecer o sentimento de pertencimento e união. Afinal, é muito melhor trabalhar em um lugar em que você tem parceiros e não inimigos.

É por meio da colaboração que as empresas chegam mais longe e os resultados são atingidos com mais facilidade. Para isso funcionar é preciso pregar o respeito e a escuta ativa, pois só assim é possível trabalhar com o outro em harmonia.

Muitas empresas, principalmente as start ups, estão eliminando estruturas muito hierárquicas justamente para criar um clima mais colaborativo em que todos se sentem à vontade para propor ideias e soluções. Vale a pena analisar se esse tipo de estrutura faz sentido para a sua empresa.

Invista em segurança

Quando o assunto é a influência do ambiente de trabalho no comportamento não podemos deixar de falar sobre a segurança no trabalho.

Algumas funções exigem equipamentos de proteção individual para garantir a saúde do trabalhador. Estes, por sua vez, devem ser fornecidos pela empresa, pois está na lei.

Já quem trabalha em escritórios também precisa de segurança, ou seja, computadores e outros aparatos devem que são manuseados pelas pessoas também devem ter a manutenção adequada.

Além disso, em todos os casos é importante oferecer os treinamentos necessários para o manuseio de tais equipamentos.

Ofereça conforto e ambientes agradáveis

Garantir um local de trabalho harmonioso capaz de favorecer a produtividade e motivação dos colaboradores passa por um ponto muito importante: conforto e agradabilidade.

Investir em áreas de conveniência pode ser uma boa: salas de descanso, jogos, copa. Tudo isso precisa ser levado em consideração, afinal, não é só de mesa e computador que se vive 8 horas por dia.

Se esses outros espaços não forem confortáveis e agradáveis, as pessoas podem acabar se sentindo mais cansadas e desanimadas. Nunca se esqueça de que o seu colaborador passa pelo menos 1/3 do dia trabalhado, mas ele não é uma máquina.

Cuide de questões relacionadas à ergonomia

Em várias jornadas de trabalho a pessoa pode ficar sentada o dia todo ou executando ações muito repetitivas, o que pode ser nocivo para a saúde. Por isso, é muito importante que a empresa tenha um olhar atento à ergonomia, ou seja, à postura corporal das pessoas enquanto executam suas funções.

Uma pessoa que carrega muito peso, por exemplo, precisa ser avaliada e orientada com frequência para não ter nenhum problema muito sério. Já quem fica o dia todo sentado no computador também precisa ficar de olho na postura na cadeira e em problemas como a tendinite.

Cabe à empresa oferecer tudo o que é necessário para um dia a dia de trabalho confortável, por exemplo, mesas de altura adequada e cadeiras com apoio de coluna.

Evite sobrecarga de trabalho

Um dos pontos que torna o ambiente de trabalho nocivo é a sobrecarga de trabalho, ou seja, precisar trabalhar muitas horas extras com frequência.

Hoje em dia, cada vez mais as pessoas buscam por mais equilíbrio entre as suas vidas pessoas e profissionais. A empresa tem a responsabilidade de não sobrecarregar seus colaboradores, pois isso pode desencadear grandes problemas de saúde física e mental.

Além disso, é importante orientar as lideranças para que não valorizem o trabalho fora do horário. Essa deve ser a exceção, não a regra.

Mantenha o ambiente organizado

Sabe aqueles escritórios que parecem um grande terremoto? Fuja disso! Pode parecer bobeira, mas ninguém gosta de trabalhar em um lugar totalmente desorganizado.

Muitas vezes, o que era a sala de descanso vira a sala das caixas e da bagunça. Isso afeta o dia a dia dos colaboradores, principalmente o conforto do qual precisam tanto para serem produtivos.

O mesmo vale para a organização nas mesas. É importante incentivar os funcionários a manterem seus cantinhos arrumados para que não se crie um ambiente desfavorável.

Promova uma cultura de bem-estar e saúde mental

No Brasil, 30% dos profissionais sofrem com a Síndrome do Burnout, caracterizada por um esgotamento físico e mental. Ao mesmo tempo, a depressão é uma das principais causas de afastamento do trabalho.

Tudo isso para dizer que ambientes corporativos que não prezam por uma cultura de saúde mental e bem-estar precisam rever as suas prioridades. Cada vez mais esse tipo de cuidado tem ganhado espaço e as pessoas estão se dando conta dessa necessidade.

É preciso fazer campanhas de conscientização, alertar sobre os perigos e oferecer benefícios corporativos que visem auxiliar no tratamento e prevenção de tais distúrbios. O Vittude Corporate, por exemplo, é parceiro de várias empresas que desejam oferecer a psicoterapia aos seus colaboradores como um benefício.

Essa é uma preocupação essencial que ganhou bastante destaque com a pandemia causada pelo novo coronavírus. Diante do pânico causado pela quarentena e pelo medo do desconhecido, muita gente desenvolveu transtornos relacionados à ansiedade e depressão.

Assim, o caminho mais inteligente é que as empresas assumam a sua parcela de responsabilidade e façam a sua parte também no que diz respeito à conscientização e aos benefícios corporativos.

A Resultados Digitais é um ótimo exemplo de organização que passou a oferecer a psicoterapia como um benefício para os seus colaboradores e está colhendo os frutos positivos dessa escolha. Um deles foi que a empresa entrou para a lista de Top Companies 2019.

Como fica a influência do ambiente de trabalho no home office?

Com a pandemia do novo coronavírus muitas empresas passaram a adotar o home office. Dessa forma, o escritório perdeu o holofote e quem entrou em cena foi o escritório de casa.

Muita gente, no entanto, não estava preparada para essa mudança repentina e várias organizações ainda estão se adaptando aos novos processos.

O que podemos dizer com certeza é que mesmo no trabalho remoto é preciso olhar com cuidado para a influência do ambiente de trabalho no comportamento dos colaboradores. Não é porque ninguém mais vai ao escritório que esse tipo de influência não possa interferir no dia a dia.

Mesmo no home office, as pessoas continuam trabalhando, fazendo calls, cuidando das demandas. A diferença é que agora cada um faz isso de casa.

As empresas, por sua vez, precisam ficar atentas a alguns pontos. É claro que as questões relacionadas à infraestrutura do escritório deixam de ser prioridade, mas mesmo assim existem ações necessárias. Confira algumas delas:

Ergonomia

Mais do que nunca as empresas precisam garantir que seus colaboradores têm em mãos tudo o que precisam para trabalhar sem afetar negativamente a saúde.

Cabe às organizações enviarem todos os equipamentos e aparatos necessários para a casa de cada funcionário para que executem as suas funções da melhor maneira possível.

Sobrecarga de trabalho

Muita gente alegou que durante a pandemia o volume de trabalho aumentou, o que não é nem um pouco positivo para a saúde física e mental. As organizações precisam orientar seus colaboradores em relação às boas práticas no home office e não incentivar horas extra de trabalho com frequência.

Cultura de saúde mental

Mais do que nunca é a hora de falarmos sobre saúde mental. Prevenir e tratar os distúrbios mentais sempre foi prioridade e, cada vez mais, as pessoas estão se dando conta disso.

O home office não é desculpa para deixar os cuidados com saúde mental de lado. As empresas podem e devem continuar as suas campanhas de conscientização, além de oferecer benefícios voltados para essa necessidade.

Como o Vittude Corporate pode ajudar a sua empresa?

Sabia que, segundo a OMS, cada US$1 investido no tratamento para depressão e ansiedade gera um retorno de US$4 por meio de melhorias na saúde e na capacidade de trabalho do paciente?

O Vittude Corporate é um benefício corporativo que ajuda empresas a cuidarem de forma preventiva da saúde mental de seu time. Por meio de um​ investimento fixo mensal, por colaborador, a sua empresa oferece um subsídio parcial ou integral para sessões de psicoterapia com psicólogos da nossa base.

Os benefícios de se investir em saúde mental são muitos, tanto para a empresa como para o colaborador:

  • melhora o clima organizacional;
  • obtém colaboradores mais saudáveis;
  • reduz o gasto com sinistralidade;
  • aumenta a produtividade.

Para começar a investir na saúde mental dos seus colaboradores, fale com um dos especialistas do Vittude Corporate!

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo
a influência do ambiente de trabalho no comportamento ambiente saudável psicoterapia como benefício saúde mental

Leia também

Receba novidades da Vittude