Programa de Saúde Mental para empresas: como implementar?
Avalie este artigo
5/5 - (1 vote)
5 de dezembro de 2022 | 5 min de leitura
Sem categoria

Programa de Saúde Mental para empresas: como implementar?

5/5 - (1 vote)

A procura por programas de saúde mental para empresas aumentou muito desde 2020, quando o mundo foi obrigado a encarar todas as consequências da pandemia da Covid-19. 

Nos últimos dois anos, os casos de transtornos mentais, como ansiedade e depressão explodiram, e as organizações passaram a priorizar a implementação de estratégias que fossem capazes de elevar os níveis de bem-estar.

Por mais que o tema esteja sendo comentado na mídia, ainda é algo recente para boa parte das empresas que se sentem perdidas em relação à implementação desse tipo de programa. Por muito tempo, apenas a saúde física recebeu atenção no universo corporativo, portanto, agora existe uma missão de educar o mercado e mostrar como as soluções voltadas para saúde mental também são essenciais.

Neste artigo, você poderá aprender sobre o assunto e tirar as suas dúvidas sobre como implementar um programa de saúde mental na sua empresa. Continue a leitura!

O que é um programa de saúde mental para empresas?

Um programa de saúde mental diz respeito a um conjunto de ações que visam cuidar do bem-estar mental dos colaboradores. Por meio de iniciativas de prevenção, identificação e apoio, a empresa consegue reduzir os casos de transtornos mentais e aumentar a qualidade de vida dos profissionais.

No ambiente de trabalho há alguns fatores de riscos que podem contribuir para o desenvolvimento ou agravamento de distúrbios mentais, por exemplo:

  • sobrecarga de trabalho;
  • pouca flexibilidade;
  • cultura organizacional tóxica;
  • metas inatingíveis;
  • ambiente muito competitivo;
  • assédio.

As intervenções de um programa de saúde mental visam reduzir os riscos e oferecer suporte para que os colaboradores estejam mais saudáveis para realizarem as suas tarefas com motivação e produtividade.

Quais são os benefícios desse tipo de programa?

Investir em um programa de saúde mental traz inúmeros benefícios para a empresa como um todo. Confira os principais:

1. Melhora a marca empregadora

A criação de um programa de saúde mental deve ter como base a preocupação genuína com o bem-estar dos colaboradores. Mas é interessante ter em mente que esse tipo de iniciativa reverbera positivamente em outras esferas, como a marca empregadora.

A SAP, por exemplo, saiu na mídia em junho de 2022 com a sua ação focada em dar uma semana de folga aos funcionários para que pudessem cuidar da saúde mental. Com isso, ela fortaleceu a sua imagem no mercado como uma companhia que se preocupa com o bem-estar e ao mesmo tempo que oferece algo relevante para os seus funcionários.

Além disso, é comum que os próprios colaboradores compartilhem em suas redes sociais, principalmente o LinkedIn, ações interessantes das suas empresas, o que também contribui em termos de employer branding.

2. Eleva a produtividade

É simples: quanto mais felizes, saudáveis e motivados, melhores serão os índices de produtividade. Portanto, investir em saúde mental é sinônimo de retorno para a própria empresa, pois quando as pessoas estão se sentindo bem, a tendência é que os seus resultados sejam ainda melhores.

3. Redução do turnover e absenteísmo

Mais um ponto benéfico para a empresa é a diminuição de índices como o turnover e o absenteísmo, que quando estão muito altos indicam que algo não vai bem.

Se os funcionários estão desmotivados e/ou esgotados física e mentalmente, as chances de faltarem no trabalho, ou pior, se demitirem, são maiores. Por outro lado, se a empresa tiver uma preocupação genuína com a qualidade de vida das pessoas que ali trabalham, com certeza esses índices serão reduzidos.

Hoje, as pessoas estão cada vez mais em busca de mais equilíbrio e bem-estar em suas vidas pessoais e profissionais. Por isso, se a sua organização não oferece um programa de saúde mental, é bem capaz que, aos poucos, perca os melhores profissionais do mercado.

4. Melhora a atração e retenção de talentos

A atração e retenção de talentos também se beneficiam com um programa de saúde mental, pois as pessoas têm interesse em trabalhar em empresas que valorizam esse tipo de cuidado.

Com os números de transtornos mentais crescendo dia após dia, a maioria dos profissionais busca por ambientes saudáveis e que valorizam qualidade de vida e bem-estar.

5. Melhora do clima organizacional

O clima organizacional é um indicador que tem como objetivo medir a satisfação e percepção dos funcionários de uma empresa em relação ao ambiente de trabalho no qual estão inseridos.

Quando as coisas não vão bem e, de uma forma geral, os colaboradores estão insatisfeitos com o dia a dia organizacional, o clima tende a piorar. Um programa de saúde mental tende a melhorar esse indicador e elevar a satisfação dos profissionais.

O que pode ser incluído em um programa de saúde mental?

Um programa de saúde mental pode contemplar várias esferas, desde ações de conscientização e prevenção, até benefícios que ajudam os colaboradores a cuidar da mente de forma mais profunda e contínua.

Alguns exemplos de iniciativas que podem ser implementadas:

  • psicoterapia como benefício corporativo;
  • rodas de conversa de psicologia;
  • aulas de meditação e yoga;
  • palestras e workshops com especialistas;
  • aulas de pintura, escrita ou outras atividades relaxantes;
  • iniciativas coletivas fora do horário do trabalho, por exemplo, corrida no parque.

Como implementar um programa de saúde mental na minha empresa?

Agora vamos à parte prática para entender como implementar um programa desse tipo na sua organização. Confira algumas dicas importantes:

1. Faça um diagnóstico

Para criar iniciativas que realmente agreguem valor, é importante entender quais são os pontos mais sensíveis de acordo com a percepção do próprio colaborador. Para isso, é necessário rodar algumas pesquisas que vão ajudar a nortear como eles se sentem, o que gostariam que fosse incluído no programa e por aí vai.

Algo a se considerar nesse processo é contar com o auxílio de especialistas em saúde mental, que contam com soluções técnicas e embasadas que podem contribuir bastante. A Vittude, por exemplo, tem duas escalas organizacionais proprietárias:

Por meio de ferramentas como essa, as lideranças e o RH na identificação e intervenção precoce de possíveis casos de adoecimento em saúde mental.

2. Defina as prioridades

Após a realização do diagnóstico, pode ser que sejam identificados muitos problemas que precisam de melhorias. Por mais que a vontade seja fazer tudo de uma vez, nem sempre isso será possível, seja por falta de recursos financeiros ou por ter um time que não dá conta de tudo sozinho.

Por isso, é necessário priorizar, ou seja, colocar tudo o que foi mapeado em uma escala de prioridades para definir o que vem primeiro.

3. Trace um plano de ação

Assim que as prioridades forem elencadas, chega a hora de traçar um plano de ação com responsáveis, prazos e checkpoints estipulados. Organização e planejamento ao longo do processo são fundamentais para garantir que tudo será executado.

Conheça os 3 pilares do programa de saúde mental para empresas da Vittude

Nem todas as organizações têm o conhecimento necessário para implementar um programa de saúde mental eficaz. Por isso, vale considerar a contratação de um parceiro especialista no assunto que irá direcionar todas as etapas e garantir que os resultados sejam os melhores possíveis.

A Vittude é referência no desenvolvimento de programas de saúde mental para empresas, que são pautados em três pilares: diagnóstico, educação e psicologia. Conheça um pouco mais sobre cada um deles:

Diagnóstico

Identificação das principais necessidades e dores da sua empresa por meio de:

  • mapeamento de saúde mental;
  • escalas proprietárias;
  • soluções para a construção de times de alta performance.

Educação

Conscientização de líderes e colaboradores e eliminação de barreiras e preconceitos em relação aos programas de saúde mental por meio de:

  • cultura de saúde mental;
  • rodas de conversa de psicologia;
  • formação de líderes;
  • plantões de saúde mental;
  • masterclass e workshops.

Psicologia

Colaboradores psicológica e emocionalmente saudáveis por meio de:

  • rede de psicólogos altamente curada;
  • inteligência artificial para facilitar o processo de encontrar o psicólogo ideal;
  • atendimento online e presencial;
  • corpo clínico da Vittude com sólida experiência;
  • consultoria para encaminhamento de casos críticos;
  • re-onboarding de afastados.

Os benefícios?

  • redução de afastamentos e intercorrências;
  • employee value proposition diferenciado;
  • atração e retenção de talentos;
  • redução de custos operacionais;
  • mensuração e melhoria do ROI em saúde mental;
  • realização de diagnósticos precoces;
  • implementação de cultura de saúde mental.

Quer levar os programas de saúde mental da Vittude para a sua empresa? Entre em contato e converse com um de nossos especialistas.

Por Silmara Souza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo
5/5 - (1 vote)

Leia também

Receba novidades da Vittude