Satisfação no trabalho: como garantir a felicidade dos colaboradores?
Avalie este artigo
2.9/5 - (18 votes)
27 de novembro de 2020 | 7 min de leitura
Ambiente de Trabalho

Satisfação no trabalho: como garantir a felicidade dos colaboradores?

2.9/5 - (18 votes)

Uma empresa com colaboradores mais felizes e motivados é essencial para um crescimento sustentável. Por isso, a satisfação no trabalho é tão importante, afinal, é assim que se cria uma dia a dia com profissionais mais produtivos e capazes de alcançar os melhores resultados.

Sabemos, no entanto, que elevar os níveis de satisfação dos colaboradores nem sempre é simples, mas é possível. Diversos fatores podem interferir nesse índice, por isso é tão importante criar um diálogo com os funcionários para que eles se sintam á vontade para expor problemas e pontos de melhoria.

Neste artigo, você terá acesso a um guia completo sobre satisfação no trabalho, com dicas práticas para implementar na sua empresa e colher os frutos o quanto antes. Se o assunto te interessa, continue a leitura e confira tudo!

O que é satisfação no trabalho?

Vamos começar esclarecendo o conceito de satisfação no trabalho, afinal, por mais que pareça óbvio, ainda pode gerar um pouco de confusão.

A satisfação no trabalho está relacionada aos níveis de felicidade e motivação, ou seja, o quanto um colaborador está satisfeito com o seu dia a dia em uma determinada empresa. Sentir-se satisfeito diz respeito ao reconhecimento da sua função e se enxergar como capaz de cumprir as suas responsabilidades.

Esse nível de satisfação não é igual para todos os profissionais de uma empresa, afinal, cada um está passando por um momento na sua vida e carreira. E que fique claro: por mais que o salário seja importante, não é o único fator que interfere na satisfação.

Por que ter colaboradores satisfeitos é importante?

Poder contar com um quadro de colaboradores satisfeitos com o seu dia a dia de trabalho é importante porque isso influencia na produtividade e resultados da empresa.

Basta imaginar uma empresa repleta de profissionais com a motivação lá embaixo, sem ânimo para trabalhar. Essas pessoas devem estar pouco satisfeitas com o trabalho delas, não é mesmo?

Infelizmente, isso irá causar um efeito cascata em toda a empresa, afinal, colaboradores insatisfeitos têm a tendência de executarem menos e com mais falhas.

Dessa forma, o clima organizacional também sofre e até mesmo a marca empregadora pode ser impactada pelos efeitos de um quadro de colaboradores pouco satisfeitos. Isso acontece porque o público interno é um dos grandes responsáveis por disseminar a marca da empresa e torná-la atrativa ou não para outros profissionais.

Para completar, se a insatisfação for muito elevada, o índice de turnover, ou seja, rotatividade de funcionários na empresa, pode se elevar também. Afinal, se as causas da insatisfação estiverem na própria empresa, as pessoas buscarão por outros empregos.

Por outro lado, uma empresa com profissionais com altos níveis de satisfação colhe ótimos frutos. Estamos falando sobre:

  • níveis de produtividade mais elevados;
  • resultados acima do esperado;
  • uma melhora no clima organizacional;
  • fortalecimento da marca empregadora;
  • redução no turnover e absenteísmo.

O que influencia a satisfação no trabalho?

Uma remuneração justa é um dos pontos, mas não o único que influencia a satisfação no trabalho. É preciso ficar atento, afinal, oferecer cargos e bônus pode não ser o suficiente, afinal, os seres humanos têm outras necessidades.

Em seguida, confira alguns dos fatores que são capazes de influenciar positiva ou negativamente o nível de satisfação dos seus colaboradores.

Estrutura física e aparatos

Vamos começar pelo básico: a estrutura física. Um escritório de qualidade, com ventilação, iluminação, limpeza e móveis de qualidade é o mínimo que a sua empresa deve garantir aos colaboradores, não é mesmo?

No home office, modelo de trabalho adotado por muitas empresas na pandemia, foi importante readaptar as necessidades. Isso porque, ao trabalhar em casa as pessoas precisam de outras coisas para executar bem os seus trabalhos. Estamos falando sobre:

  • cadeiras confortáveis;
  • internet com velocidade;
  • notebook;
  • mobília adequada, como uma escrivaninha.

Cabe às organizações entenderem qual é o aparato básico que todos os colaboradores necessitam, seja em casa ou no escritório, para trabalharem. Isso tem um poder tremendo e pode influenciar bastante a satisfação.

Cultura organizacional

Uma cultura organizacional deve existir para promover motivação, felicidade e satisfação no trabalho, não o contrário. Se a sua empresa tem uma cultura tóxica, pode estar perdendo grandes profissionais por isso.

Fique atento a alguns pontos para ter certeza de que não está dando um tiro no próprio pé com a cultura que promove na sua organização:

  • evite um ambiente altamente competitivo;
  • não permita que ocorram casos de racismo institucional;
  • posicione-se em relação ao assédio moral e sexual;
  • não incentive horas extras de trabalho.

Benefícios corporativos

Hoje em dia, oferecer plano de saúde, vale-transporte e vale-alimentação é o básico. As empresas que nem isso oferecem já estão um passo para trás, mas como ir além?

Para fazer a diferença e garantir a satisfação dos seus funcionários no trabalho é necessário entender as suas dores e necessidades. Oferecer o que todas as empresas oferecem apenas para cumprir checklist não vai te levar mais longe.

Quando o assunto é benefício corporativo, nós batemos na tecla da psicoterapia, afinal, ela é capaz de elevar drasticamente o nível de satisfação dos seus colaboradores. Muitas vezes, um profissional não está insatisfeito com a empresa em si, mas está enfrentando outras questões pessoais que impactam o seu rendimento e a sua motivação.

Sabia que lidar com distúrbios emocionais, como depressão, ansiedade ou burnout pode afetar a saúde do seu funcionário? Talvez a própria pessoa nem se dê conta de que está com um problema sério, mas um psicólogo pode ajudar nesses casos.

Por isso, inclua na sua lista a psicoterapia como um benefício corporativo. Junto de parceiros, como o Vittude Corporate, você pode contribuir para um dia a dia mais saudável na sua empresa.

Plano de carreira

Outro ponto que influencia na satisfação é a ausência ou não se um plano de carreira. Muitas empresas ainda negligenciam a criação de um programa bem estruturado que tem como objetivo estipular o caminho que cada profissional vai percorrer dentro de uma empresa.

Não é besteira nem perda de tempo, afinal, as pessoas têm a necessidade de entenderem as possibilidades que existem para o crescimento profissional. Se a empresa não tem nada a oferecer, provavelmente os colaboradores vão procurar por outra oportunidade.

Quando a pessoa não sabe para onde está indo e o que pode fazer para crescer, se sente desmotivada e infeliz.

Feedbacks

Garantir a existência de ciclos de feedbacks frequentes na organização é uma ação que pode ser executada sem grandes dificuldades e que tem um enorme impacto para a motivação e satisfação dos colaboradores.

Para funcionar, é preciso criar essa cultura de feedbacks e fazer com que todos na empresa levem esse momento a sério. É uma maneira de reconhecer quem está fazendo um bom trabalho, traçar rotas corretivas e também de detectar o que pode estar causando insatisfação.

Treinamentos e capacitações

Todo mundo tem vontade de se desenvolver, não é mesmo? Por isso, investir em treinamentos é essencial para demonstrar que a empresa realmente se preocupa com o crescimento de cada um dos colaboradores.

Vale a pena separar um budget para cada time entender como investir em treinamentos que façam sentido para o momento de cada profissional.

Estilo e preparo das lideranças

Lideranças despreparadas podem causar um estrago enorme, afinal, esses profissionais são responsáveis por conduzir o dia a dia de outras pessoas. Quando a liderança não está apta para cumprir as suas responsabilidades, todo o time sofre.

Há um perigo muito grande em relação às lideranças que praticam microgerenciamento, que tira a autonomia das outras pessoas e cria um dia a dia controlador.

Para evitar esse tipo de problema, vale investir no treinamento das lideranças e deixar muito claro qual é o estilo dos líderes dentro da empresa. No momento das contratações isso também é importante para não trazer profissionais desalinhados para dentro de casa.

Qualidade de vida

São poucas as pessoas que, hoje em dia, não ligam para qualidade de vida. Trabalhar horas em excesso e chegar ao esgotamento físico e mental pode ser um grande problema para muita gente que deseja maior equilíbrio.

Garantir uma cultura que preze pela qualidade de vida é essencial para manter o bem-estar. Entre as boas práticas, considere:

  • horários de trabalho flexíveis;
  • não estimule horas extras;
  • incentive a prática de atividades físicas.

Como medir o nível de satisfação dos colaboradores?

A única maneira de entender se os seus colaboradores estão ou não satisfeitos é conversando com eles. Existem duas maneiras de se fazer isso: por meio de feedbacks e/ou pesquisas de clima organizacional.

Os feedbacks são uma maneira simples e eficaz de criar um diálogo entre líderes e liderados para que, assim, sejam coletadas percepções de melhorias na empresa.

A pesquisa de clima organizacional também deve ser executada com frequência com o objetivo de detectar as percepções das pessoas sobre o ambiente de trabalho no qual estão inseridos. É uma forma de entender fatores de motivação e engajamento e o que precisa ser melhorado.

É uma ação que fica sob responsabilidade da área de Recursos Humanos e que precisa ser estruturada com estratégia e consistência.

Como elevar a satisfação dos seus colaboradores?

Como já citado anteriormente, diversos fatores têm o poder de impactar positiva ou negativamente a satisfação no trabalho. É preciso ter em mente de que nada deve ser feito antes de conversar com os colaboradores, pois ninguém melhor do que eles para sinalizar o que pode estar causando insatisfação.

Seja por meio dos feedbacks, conversas informais ou das pesquisas de clima organizacional, faça isso antes de qualquer coisa.

Em seguida, trace um plano de ação contemplando tudo o que precisa ser feito, em ordem de prioridade. Não adianta querer resolver todos os problemas de uma vez, um passo de cada vez.

Analise onde está a maior parcela de reclamações/pontos negativos e foque nisso. Por fim, depois de implementar as ações, não se esqueça de sempre voltar para avaliar os resultados e entender se as mudanças estão surtindo efeito.

Lembre-se: elevar a satisfação dos colaboradores é um trabalho contínuo. O tempo todo a empresa deve estar trabalhando em prol dessa questão.

Conte com o Vittude Corporate para elevar a satisfação na sua empresa

Não se esqueça de que um dos pontos que impacta a satisfação é a qualidade de vida e o bem-estar, pontos diretamente relacionados com a saúde mental.

O Vittude Corporate existe para proporcionar o que há de melhor em benefícios corporativos voltados para a saúde mental. Por meio de um​ investimento fixo mensal, por colaborador, a sua empresa oferece um subsídio parcial ou integral para sessões de psicoterapia com psicólogos da nossa base.

Ficar de olho nas verdadeiras necessidades dos profissionais que fazem a sua empresa acontecer é essencial para garantir a motivação, felicidade e satisfação. Conte com o Vittude Corporate nessa busca!

Por Bruna Cosenza

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo
2.9/5 - (18 votes)
clima organizacional satisfação no trabalho turnover; redução de turnover; contratação; colaboradores

Leia também

Receba novidades da Vittude