transtornos mentais

O que o ursinho Pooh pode nos ensinar sobre os transtornos mentais

  |  Tempo de leitura: 5 minutos

O carismático Ursinho Pooh marcou uma geração de crianças e adultos com suas histórias, tendo aparecido pela primeira vez nos livros em 1921. Agora, ele está de volta com o filme live-action, Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível, com previsão de estreia dia 2 de agosto.

No filme, Christopher Robin, o dono e criador do ursinho Pooh (Ewan McGregor) cresceu e agora é um adulto. Obrigado a trocar seu tempo de lazer com a esposa e a filha pelo trabalho, ele fica infeliz. Em um momento de desespero, ele reencontra Pooh, que vai ajudá-lo a buscar seus princípios esquecidos. O desenho é inspirado nas obras de Alan Alexander Milne, tendo “Winnie the Pooh” como título original. Você pode conferir o primeiro trailer legendado abaixo:

Mas o que isso tem a ver com psicologia? O que poucas pessoas sabem é que existem especulações de que as inocentes e divertidas histórias do ursinho tratam também de saúde mental.

Ursinho Pooh e os transtornos mentais

Não é possível saber se a intenção do criador era fazer isso, mas os pesquisadores da Universidade de Ave (Canadá) conduziram o estudo e encontraram indícios suficientes nos episódios analisados para sustentar essa tese.

Exemplos da representação de doenças mentais na literatura infantil não são incomuns, ainda que não sejam explícitos. Entretanto, é fundamental que esse tipo de assunto venha à tona desde os primeiros anos de vida.

A pesquisa do estudo foi publicada pela Associação Mental do Canadá. De acordo com ela, cada personagem do desenho Ursinho Pooh representa um transtorno mental. A seguir você vê quais transtornos cada um deles apresenta.

Pooh

transtornos mentais ursinho pooh

Segundo a pesquisa, o Ursinho Pooh teria o transtorno alimentar, representado por sua necessidade constante de comer mel, e o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade ou TDAH. No último, é muito difícil manter o foco em uma atividade e existem impulsos e fixações obsessivas em determinados pontos. O TDAH é representado por seus pensamentos desordenados, esquecimento e observações aleatórias.

Leitão

transtornos mentais leitão

Acredita-se que o personagem Leitão representa o transtorno de ansiedade generalizada. Isso é facilmente percebido em seu comportamento constantemente ansioso. Qualquer coisa que aconteça ou que possa acontecer já é motivo para alarde. Movimentos repentinos e barulhos diferentes são suficientes para fazer o pobre Leitão correr. Por isso, ele prefere ficar próximo da calmaria e distração de Pooh.

Tigrão

transtornos mentais tigrão

Assim como o Ursinho Pooh, mas com foco na hiperatividade, o Tigrão é representado pelo transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. O tigre não consegue ficar parado por um instante sequer. Ele é extremamente ativo, mesmo quando sabemos que precisa de um descanso. O Tigrão também possui controle impulsivo, supondo que todos que estão ao redor dele estarão interessados nas mesmas coisas que ele está aprontando. Ele também parece apresentar o transtorno bipolar, alterando seu estado de humor de muito alegre para bastante triste de uma hora para a outra.  

Bisonho

transtornos mentais bisonho

Talvez o transtorno de bisonho seja o mais notável: a depressão. Ele sempre apresenta um olhar triste e negativo para a vida, nunca sentindo emoções positivas como felicidade e entusiasmo. Essa depressão severa, também conhecida como distimia crônica, faz com que ele permaneça em um estado de mau-humor contínuo. Isso o faz chegar ao ponto de parecer confortável com a tristeza.

Abel

transtornos mentais abel

Abel, o coelho que precisa manter as coisas organizadas o tempo todo. Te lembra alguma condição? O transtorno obsessivo compulsivo é característica marcante no personagem. Sua energia raivosa é gasta contando, recontando, arranjando e rearranjando tudo e todos de sua vida. Chega ao ponto de incomodar seus amigos. Onde quer que as coisas estejam fora de ordem, lá está Abel para organizá-las.

Guru

transtornos mentais guru

O canguru Guru é superprotegido por sua mãe Kanga e apresenta sinais de autismo. Apesar dos avisos frequentes de sua mãe preocupada com sua segurança, Guru frequentemente deixa de prestar atenção para o que está acontecendo ao seu redor. Isso o faz cair em situações perigosas diversas vezes. Além disso, sua outra atividade preferida é ficar na bolsa de sua mãe, sem muito interesse em aventuras. Esses dois extremos definem seu autismo.

Corujão

corujão

Dentro do universo do Ursinho Pooh, o Corujão é o único capaz de ler e escrever. Por esse mesmo motivo, ele está frequentemente fazendo sinais charmosos de sabedoria. Entretanto, ainda assim ele comete alguns erros e apresenta lentidão em sua leitura, representando sua dislexia. O Corujão é uma prova viva de que pessoas disléxicas podem ser, na verdade, muito inteligentes.

Cristovão

transtornos mentais cristovão

Por fim, Cristovão, a criança que vê todos os personagens, possui esquizofrenia. Acredita-se que todos os personagens sejam imaginações de sua mente criativa. Cada um deles é uma manifestação de seu humor. Entretanto, ao contrário da crença popular, a esquizofrenia não faz com que a pessoa veja ou escute coisas que não estão lá. Sua palavra vem do grego e significa “mente separada” ou seja, fora da realidade. Por isso, Cristovão possui sua grande coleção de amigos imaginários.  

A importância do conhecimento sobre os transtornos mentais

São chamados de transtornos mentais ou emocionais, as doenças mentais ou distúrbios psiquiátricos em que o diagnóstico é feito por um profissional de saúde mental. Neles, padrões comportamentais ou mentais causam sofrimento, anormalidade ou incapacidade de funcionar saudavelmente no cotidiano.

Acima de qualquer outro tipo de problema de saúde, o sofrimento e incapacidade são a maior característica. Podem ser ocasionados por fatores biológicos, ambientais ou psicológicos, e não escolhem etnia/gênero/idade/cultura/classe econômica. Ou seja, podem afetar qualquer pessoa em qualquer época da sua vida. Para atingir completo bem-estar físico, psíquico e emocional, é fundamental ter conhecimento desses transtornos e identificá-los o quanto antes.

Por esse motivo, criamos a tabela periódica de transtornos emocionais. Com ela, você consegue visualizar diversos transtornos, seus conceitos, causas e formas de tratamento. Clique abaixo para ter acesso!

Juliana Battistelli

Formada em Comunicação e Multimeios pela Universidade Estadual de Maringá, trabalha como redatora de conteúdos. O que mais encanta e move Juliana no mundo são as tentativas constantes e impossíveis de compreender o outro.