fluoxetina para que serve

Fluoxetina: descubra sua função e efeitos colaterais

Fluoxetina: descubra sua função e efeitos colaterais
2 avaliações

  |  Tempo de leitura: 8 minutos

A fluoxetina chegou ao mercado em 1986, com o nome comercial de Prozac. Produzido pelo laboratório Eli Lilly, o medicamento ficou conhecido como “pílula da felicidade”, representando uma revolução na categoria de antidepressivos. Em 2001, quando a patente do Eli Lilly expirou, os genéricos elevaram a popularidade da fluoxetina que, até então, já havia sido prescrita para mais de 40 milhões de pessoas. Seu uso é recomendado para diversos tratamentos e, como um de seus efeitos colaterais é diminuir o apetite, algumas pessoas o buscam como remédio para emagrecer. Mas será adequado para esse objetivo? Quais seus reais efeitos? Para que serve? Quem pode usar e se beneficiar da fluoxetina? Saiba a resposta para essas e outras dúvidas no texto a seguir. Qual a função da fluoxetina? O medicamento age no cérebro, aumentando os níveis de serotonina — neurotransmissor que regula o humor, o bem-estar, o sono, o apetite e...

Continue lendo
Trauma

Trauma: 5 dicas para superar situações traumáticas

Avalie este artigo

  |  Tempo de leitura: 6 minutos

O trauma se manifesta de várias maneiras diferentes. Cada pessoa lida e reage de forma diversa. Por isso, ao sermos confrontados com ele, pode ser bastante difícil lidar com as emoções. E para cada indivíduo há uma abordagem específica para superar o trauma. A palavra trauma pode se referir a várias coisas diferentes e ele pode ocorrer por várias razões, incluindo: trauma físico; assédio físico, mental e sexual; situações embaraçosas; abandono; relacionamentos abusivos; assaltos (incluindo assalto armado e sequestro); abuso e violência sexual; intimidação, como violência doméstica ou ser vítima de um pai alcoólatra, por exemplo; ser testemunha de eventos violentos (principalmente na infância); situações de risco de vida; presenciar desastres (naturais ou não como terremotos, furacões, incêndios, desmoronamentos, a queda de um avião etc); exposição a longo prazo a situações altamente insalubres, como pobreza extrema; abuso verbal; violência extrema, como guerra ou ataques terroristas; acidentes (incluindo acidentes de carro...

Continue lendo
psicose

Psicose: tipos, sintomas e tratamento

Psicose: tipos, sintomas e tratamento
1 avaliações

  |  Tempo de leitura: 7 minutos

Psicose é um transtorno mental que faz com que as pessoas percebam ou interpretem as coisas de maneira diferente das pessoas que as rodeiam. Isso pode envolver alucinações ou delírios. A palavra psicose é usada para descrever condições que afetam a mente, onde houve alguma perda de contato com a realidade. Durante um episódio psicótico, os pensamentos e percepções de uma pessoa são perturbados e o indivíduo pode ter dificuldade em entender o que é real e o que não é. Os sintomas da psicose incluem delírios (falsas crenças) e alucinações (ver ou ouvir coisas que os outros não vêem ou ouvem). Outros sintomas incluem discurso incoerente ou sem sentido e comportamento impróprio para a situação. Uma pessoa em um episódio psicótico também pode apresentar depressão, ansiedade, problemas de sono, isolamento social, falta de motivação e dificuldade de funcionamento geral. Fatos rápidos sobre a Psicose Separamos alguns pontos-chave sobre psicose:...

Continue lendo
ansiosa dicas para reduzir ansiedade

Ansiosa? Confira 10 dicas para reduzir sua ansiedade

Ansiosa? Confira 10 dicas para reduzir sua ansiedade
3 avaliações

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

Primeiro, vamos esclarecer: o que é ser uma pessoa ansiosa? A personalidade ansiosa é sinônimo de aflição constante. Um estado de alerta exagerado, povoado por preocupações avassaladoras e paralisantes. Note: constatar “eu estou ansiosa” é bastante diferente de concluir “eu sou ansiosa”. De um lado, temos uma condição natural, porque temporária. É absolutamente normal — e saudável — ficar apreensiva com situações novas, que nos colocam em teste. Por outro lado, quando a ansiedade se torna um traço tão presente, que acaba por definir nossa identidade, é sinal de que o mecanismo de defesa psíquico perdeu a medida. Coisas banais se transformam em ameaça à nossa integridade. Tudo adquire — ou tem potencial de adquirir — conotações de perigo. Nessas circunstâncias, o medo e a insegurança passam a nos governar, subtraindo, gradualmente, nossa liberdade. Identifique sintomas de ansiedade crônica A ansiedade pode ser tão ou mais incapacitante que uma doença...

Continue lendo
Site de relacionamento

Site de relacionamento: tire proveito e encontre um grande amor

Site de relacionamento: tire proveito e encontre um grande amor
5 avaliações

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

Site de relacionamento, será que funciona? Esperar a chegada do fim de semana para ir a um barzinho, uma balada, conhecer gente nova… Um bom programa para solteiros a procura de “possibilidades”, concorda? A questão é que essa não é mais a única alternativa. Talvez, nem seja a principal ou mais recomendada. Você já pensou em dar uma chance a um site de relacionamento? Se o seu intuito é encontrar pessoas interessantes — para paqueras e afins — deveria considerar essa opção! É provável que já tenha refletido sobre o assunto. Mas se as dúvidas desencorajaram sua iniciativa, saiba que este post foi elaborado para você! Revelamos um guia com 8 dicas e informações para você tirar o máximo proveito de aplicativos e sites de namoro. Que tal experimentar? 1. Por que apostar num site de relacionamento? Vamos começar pelo básico. Afinal, essa é a primeira interrogação que surge na mente de...

Continue lendo
cirurgia plástica pós-bariátrica

Cirurgia plástica pós-bariátrica: saiba quando ela é necessária e como afeta a autoestima

Cirurgia plástica pós-bariátrica: saiba quando ela é necessária e como afeta a autoestima
2 avaliações

  |  Tempo de leitura: 6 minutos

Saiba como a cirurgia plástica pós-bariátrica vai auxiliar no resultado da sua cirurgia bariátrica. O sonho de muitas pessoas é perder aquela gordurinha indesejada, que atrapalha e incomoda. Para remover essa gordura, muitas pessoas optam por fazer exercícios físicos ou até mesmo cirurgias, com o objetivo de chegar ao resultado tão desejado: um corpo magro e sem gordura. Muitas pessoas optam por fazer a cirurgia bariátrica, que é um procedimento capaz de reduzir o estômago e promover a redução de peso. Entretanto em alguns casos a cirurgia pode não sair como o esperado e pode haver excesso de pele, o que pode desanimar muitas mulheres. Muitas vezes essa condição afeta a vida social do indivíduo, que tem a autoestima diminuída. Muitas mulheres tem vergonha de utilizar uma roupa mais justa ou biquíni na praia, pois o excesso de pele pode se tornar mais nítido. Porém, esse processo tem como ser...

Continue lendo