Ocitocina

Ocitocina: 10 efeitos interessantes do hormônio do amor

  |  Tempo de leitura: 8 minutos

2.5 02 Ocitocina, também chamada de oxitocina, é um hormônio produzido pelo hipotálamo e liberado a partir da neuro-hipófise na corrente sanguínea. São encontrados receptores de ocitocina em células de todo o corpo.  Esse hormônio exerce importantes funções no organismo e nas sensações de prazer e afeto. Por esse motivo, também é conhecido como o “hormônio do amor”. Junto com a dopamina, a serotonina e a endorfina, a ocitocina faz parte do grupo chamado de “neurotransmissores da felicidade”. Eles possuem a função de aumentar as sensações de bem-estar e diminuir estresse, ansiedade e melhorar quadros depressivos.  Nesse artigo, descubra os efeitos que o hormônio do amor proporciona ao nosso cérebro e corpo.  Efeitos físicos e psicológicos do hormônio do amor  De acordo com a Associação Americana de Psicologia, os níveis de ocitocina tendem a ser maiores durante experiências estressantes e ligadas ao convívio social. Isso quer dizer que o hormônio...

Continue lendo
Fracasso

Fracasso: 15 hábitos poderosos para evitá-lo e atingir metas

  |  Tempo de leitura: 6 minutos

1.0 01 Fracasso é algo que todos evitam e que ninguém deseja estar suscetível. Mesmo planejando, criando estratégias e tomando diversas precauções, ainda precisamos enfrentar alguns fracassos ao longo da vida. E aí fica a pergunta: será que poderíamos evitar nossas perdas? Bom, talvez nem todas, mas algumas, com certeza podemos! Para isso, é importante cultivar hábitos no dia a dia que nos ajudam a não fracassar. Ou seja, aqueles que contribuem para nosso crescimento pessoal e profissional.  Evitando o fracasso: 15 hábitos para atingir metas Obviamente, o fracasso é algo que não estamos dispostos a enfrentar. Mas ele ainda é o nosso melhor professor. Porém, antes de culpar a falta de sorte para justificar um fracasso, descubra que é possível evitá-lo através de alguns hábitos. 1. Organização Um dos hábitos mais frequentemente mencionados por indivíduos que têm sucesso na vida é a organização. Ela inclui o planejamento e o...

Continue lendo
existencialismo

Existencialismo: o que é a psicoterapia existencial

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

3.9 07 O existencialismo é o conceito que sustenta a psicoterapia existencial. A psicoterapia existencial é uma forma de psicoterapia baseada no modelo da natureza humana e na experiência desenvolvida pela tradição existencial da filosofia européia. O existencialismo se concentra em conceitos universalmente aplicáveis à existência humana, incluindo morte, liberdade, responsabilidade e significado da vida Ao invés de considerar as experiências humanas como ansiedade e depressão como presença de uma doença mental, a psicoterapia existencial vê essas experiências como estágios naturais em um processo normal de desenvolvimento e amadurecimento do ser humano. Compreendendo o existencialismo A psicoterapia baseada no existencialismo tem como pressuposto que o ser humano é livre para fazer escolhas. Logo, elas determinam quem ele se torna perante o mundo e perante a si mesmo. Para o existencialismo, o ser humano é primeiro “existência”, para depois ser “essência”. Significa que não existe uma natureza que determine o que...

Continue lendo
Frases de felicidade

Frases de felicidade: um combustível para a sua saúde mental

  |  Tempo de leitura: 6 minutos

3.7 03 Frases de felicidade é um termo constantemente digitado nos buscadores como google. Definir felicidade é uma tarefa difícil para a maioria das pessoas. Na verdade, se você perguntar a alguém ou para si próprio “o que é felicidade?”, vai receber como respostas descrições e explicações diversas do que é ser feliz. Isso porque cada um tem o seu ideal de felicidade e suas aspirações dificilmente são compreendidas e compartilhadas até mesmo por pessoas próximas.  Podemos determinar que felicidade significa “bem-estar”, mas que essa sensação de bem-estar é individual e varia de pessoa para pessoa. De acordo com profissionais da área da saúde, o bem-estar é alcançado quando existe equilíbrio entre saúde física e mental. Ou seja, indo mais além, podemos dizer que esse equilíbrio é alcançado quando o indivíduo se preocupa não somente com a sua saúde física, mas também com todos os aspectos que influenciam na sua...

Continue lendo
humanismo

Humanismo: tudo sobre essa abordagem terapêutica

  |  Tempo de leitura: 8 minutos

3.2 04 No humanismo, o indivíduo é visto como um ser holístico. Ou seja, como um todo, seu corpo, mente, espírito e emoções. O ser humano é considerado um ser único, com sua psique naturalmente saudável e como um indivíduo bom. As pessoas são seres ativos e capazes de se desenvolverem, em busca da sua autorrealização. O humanismo propõe uma abordagem terapêutica não-diretiva e centrada na pessoa. Parte-se do pressuposto que é o indivíduo que possui a responsabilidade pela condução e pelo sucesso do tratamento. O humanismo é considerado como uma abordagem otimista. Enfatiza que todo indivíduo deve se transformar na melhor pessoa que deseja e pode ser.    Nesse artigo, vamos falar da origem dessa abordagem terapêutica. Também vamos mostrar como ela contribui no processo de desenvolvimento e autorrealização do indivíduo.  Origem do Humanismo A psicologia humanista tem origem nos principais pressupostos de Abraham Maslow, instituidor da pirâmide das necessidades....

Continue lendo
Mirtazapina

Mirtazapina: indicações e efeitos colaterais

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

3.0 04 Mirtazapina é um medicamento antidepressivo, pode ser encontrado pelos nomes comerciais: Remeron, Zispin, Avanza, Remergil, Menelat, Razapina, entre outros. Confira nesse artigo como age a mirtazapina, suas indicações e efeitos colaterais. Como a mirtazapina age no organismo? Mirtazapina é um antidepressivo do tipo tetracíclico que, diferente dos demais antidepressivos, age aumentando diretamente a quantidade de serotonina e noradrenalina nos neurônios. São considerados antidepressivos com eficácia igual ou superior aos do tipo inibidores seletivos da recaptação de serotonina (ISRS), como a fluoxetina, paroxetina, citalopram, entre outros. Por esse motivo, muitas vezes é recomendado quando os pacientes não responderam à medicamentos do tipo inibidores seletivos da recaptação de serotonina. Com o aumento desses neurotransmissores no cérebro e no corpo, há melhoras nos sintomas da depressão. A noradrenalina e a serotonina são substâncias importantes para o sistema nervoso central, pois são responsáveis pela regulação do humor, ansiedade, sono, apetite e sensação...

Continue lendo