psiquiatra, psicanalista ou psicólogo

Psiquiatra, Psicanalista ou Psicólogo?

Apesar de ser uma dúvida recorrente, é comum que aqueles que buscam algum tipo de auxílio nas questões emocionais se deparem com três palavras bem parecidas: psiquiatra, psicanalista ou psicólogo. Mas você sabe a diferença entre os três?

Psiquiatra

A psiquiatria é uma especialização da medicina. Para ser psiquiatra, o profissional deve cursar os 6 anos da graduação em medicina e depois mais 3 anos de residência médica específica na área. Este profissional usualmente concentra sua atuação na questão fisiológica presente nas patologias, a fim de identificar quais são – baseado em um manual de doenças mentais – e recomendar tratamentos medicamentosos. Ou seja, este profissional é o único dos três que está autorizado a prescrever medicamentos para as mais diversas “doenças” emocionais/mentais. É comum também, de acordo com cada patologia, que o paciente passe em consultas mensais com o psiquiatra e faça acompanhamento psicoterápico com um psicólogo.

Dentre os três, o psiquiatra é o único que pode receitar medicamentos

Psicanalista

O psicanalista obtém seu título de uma forma diferente do psicólogo e do psiquiatra: enquanto os dois primeiros obtêm seus títulos ao término da graduação ou residência médica (respectivamente psicologia e psiquiatria), o psicanalista obtém seu titulo com a formação em psicanálise que dura aproximadamente 4 anos. Para iniciar a formação, o futuro psicanalista deve possuir formação em algum curso superior, sem precisar ser um curso em específico. Ou seja, não é uma graduação ou pós-graduação.
A psicanálise é um ramo da psicologia e teve como seu fundador Sigmund Freud. Ela segue uma metodologia específica de condução das sessões de psicoterapia e, muitas vezes, seus profissionais utilizam com seus pacientes o divã (espécie de poltrona onde o paciente fica deitado). Usualmente o tratamento com um profissional psicanalista tende a ser longo, uma vez que ele entra em questões muito profundas das queixas dos pacientes.

Sigmund Freud: Pai da psicanálise

Psicólogo

O psicólogo obtém seu título depois dos 5 anos de graduação em psicologia, tendo cumprido também horas de estágio supervisionado nas mais diversas áreas, como a clínica, saúde, educacional entre outras.
Durante os anos de graduação, o psicólogo tem contato com os mais diferentes campos de atuação dentro da psicologia, como a área organizacional (para atuar em questões relacionadas ao trabalho e às empresas), educacional (para atuação nas escolas em conjunto com pedagogos) e, talvez a parte mais conhecida, na área clínica (atendimento em consultório de pacientes).
Dentro da área clínica, o psicólogo também tem contato com várias teorias – entre elas a psicanálise – e cada psicólogo acaba por se especializar mais em uma ou outra teoria. Uma vantagem grande também é que, conhecendo várias teorias, o psicólogo pode fazer uso de diferentes técnicas de abordagem, sempre respeitando a mesma raiz teórica.

O mais importante é sempre procurar por recomendações de profissionais, pesquisar se o profissional está devidamente inscrito no conselho de classe (no caso de médicos e psicólogos) e também realizar a psicoterapia com um profissional que você se sinta bem, pois a empatia é fundamental para o sucesso de qualquer psicoterapia.

Avalie esse artigo:

Comentários:

Please Login to comment