timidez

Timidez: 7 estratégias para dar um chega pra lá nela

  |  Tempo de leitura: 11 minutos

A timidez é um reflexo do constrangimento ou da apreensão que algumas pessoas sentem quando se aproximam ou são abordadas por outras pessoas. Trata-se de uma resposta ao medo. E, pesquisas sugerem que, embora reflita a neurobiologia do sistema nervoso, ela também é fortemente influenciada por práticas parentais e experiências de vida.

Ao contrário dos introvertidos, que se sentem energizados apenas pelo tempo, as pessoas tímidas muitas vezes querem desesperadamente se conectar com os outros, mas não sabem como ou não podem tolerar a ansiedade que vem com a interação humana.

Os tímidos muitas vezes experimentam baixa autoestima, medo de rejeição ou autoconsciência aguda. Isso pode impedi-los de desenvolver novos relacionamentos se estiverem perpetuamente se voltando para dentro para monitorar seu próprio comportamento e suas deficiências percebidas.

Timidez pode ser severa

Formas mais fortes de timidez são geralmente referidas como ansiedade social ou fobia social.

Primeiro dia de trabalho, reunião com os colegas, apresentação de um projeto em frente a várias pessoas, conhecer alguém novo… situações que só de imaginar já podem causar palpitação, mãos frias e suadas, ansiedade e inúmeros pensamentos de que sentiremos vergonha, não é mesmo?

Muitas pessoas passam por essas situações e têm esses tipos de sensações praticamente todos os dias… Sofrem quando têm que enfrentar certos momentos do dia a dia que causam muito desconforto.

No entanto, o que muitas dessas pessoas que se afligem com esse problema não sabem é que a timidez pode ser solucionada com algumas estratégias práticas!

Acompanhe, no texto a seguir, mais informações sobre esse assunto. Saiba que a solução está muito mais ao seu alcance do que você imagina!  

O que é ser tímido?

Você sabe o que é ser tímido? A timidez é uma característica muito recorrente nas pessoas e nem sempre está associada a uma coisa ruim. Na verdade, acredita-se que ela é um sentimento próprio do ser humano.

Quantas vezes, ao longo da vida, já nos deparamos com situações em que ela surge sem que saibamos? O problema é que, quando isso acontece, nos sentimos paralisados e sem saber como agir e nem pensar direito.

Dessa forma, esse sentimento pode ser definido como um medo ou receio extremo quando nos deparamos com situações de exposição. Ou seja, quando sentimos o medo de sermos julgados pelas outras pessoas.

Porém, existem certas pessoas que sofrem com esse sentimento constantemente. Elas precisam, diariamente, superar muitos obstáculos para atingir resultados satisfatórios. E, assim, alcançar o tão sonhado êxito na carreira, por exemplo.

É interessante saber que esse sentimento não aparece de um dia para o outro. Ele começa a se desenvolver ainda quando somos crianças, paralelamente aos sentimentos de autoconfiança e segurança. A partir desses sentimentos, o ser humano desenvolve o que denominamos de autoestima.

O desconforto

O grande problema é que a timidez promove certo desconforto e, assim, acaba por prejudicar a confiança em si mesmo. Consequentemente, sentimos imensa preocupação com o que os outros pensarão sobre nós. Sentimos medo ao nos depararmos com situações que exigem que assumamos riscos. Podemos, inclusive, interpretar de forma equivocada certas situações por conta desse sentimento.

Você provavelmente está questionando: “mas eu me sinto assim em inúmeras outras situações e não sei o que fazer, será que há alguma solução?”. Saiba que a resposta é sim!

Evidentemente, não é possível deixar de ser uma pessoa tímida de um dia para o outro, mas, acredite, existem estratégias que podem auxiliar no momento em que esse sentimento horrível aparece sem aviso. Antes de conhecê-las, é preciso entender quais são as causas comuns para que alguém seja considerado tímido. Acompanhe, a seguir, quais são elas!

Causas da timidez

Muitas vezes nos perguntamos:

  • Por que sinto minha garganta secar quando penso em abordar alguém para pedir seu telefone?
  • Por que me sinto totalmente deslocado quando não saio com pessoas com as quais tenho intimidade?
  • Por que penso duas vezes antes de levantar a mão para tirar uma dúvida?
  • Por que tenho dificuldade em me candidatar a empregos que sei que exigem desenvoltura para falar ao telefone?

Você se identificou com alguma dessas situações? Pois bem, saiba que todas elas estão associadas à timidez. Mas por que é que nos sentimos tímidos? Por que recuamos tanto diante de situações que parecem ser tão simples para os outros? Há causas para esses sentimentos, sendo as principais delas:

O medo de não ser aceito

Esse é um dos grandes desencadeadores para alguém tímido. O indivíduo se sente com medo de não ser aceito pelas outras pessoas. Tem receio de dizer algo que será extremamente julgado e rejeitado. Ou, ainda, de ter algum tipo de comportamento considerado inadequado. Como forma de prevenir que isso aconteça, a pessoa que sofre desse mal se retraí para que, assim, não corra o perigo de ser excluída do grupo.

A necessidade de receber atenção

É comum do ser humano a necessidade de receber atenção. Por esse motivo, quando essa necessidade natural não é correspondida, o resultado é o sentimento de que fomos ignorados. Isto causa um grande impacto na autoestima. Por essa razão, adultos inseguros tendem a ter maiores dificuldades no que diz respeito ao enfrentamento desse sentimento.

A insegurança extrema

Esse medo de não ser aceito por outras pessoas desencadeia a insegurança, visto que afeta diretamente a credibilidade do indivíduo em sua própria capacidade e seu potencial. Assim, falar em público e apresentar opiniões torna-se uma tarefa extremamente árdua, chegando a beirar o impossível. O resultado? Um nervosismo extremo, no qual as palavras se embaralham e a pessoa não consegue expressar o que pensa.

A ausência de algumas habilidades sociais

Se já é difícil falar em público, interagir socialmente então nem se fala! Participar de encontros sociais e rodas de conversa é uma situação na qual a pessoa se retraí e apenas ouve o que os outros têm a dizer. Geralmente, indivíduos tímidos não possuem muitos amigos exatamente por essa dificuldade em enfrentar o desconhecido.

Plataformas como a Vittude podem facilitar a busca por um psicólogo que atenda a requisitos específicos para atender a todos que precisem de acompanhamento. Acesse nosso site e confira você mesmo todas as oportunidades oferecidas!

A necessidade de fazer tudo sempre de forma perfeita

Quem é que gosta de errar? Ninguém, não é verdade? Por esse motivo, a necessidade de sempre fazer tudo de forma perfeita desencadeia uma preocupação excessiva com os possíveis erros. Isso acaba por acarretar a vergonha e o medo de se arriscar.

Imagine ter que lidar com isso diariamente. Com certeza, é algo que atrapalha, e muito, a rotina de muitas pessoas. Pode causar a perda de excelentes oportunidades no trabalho, por exemplo. Por esse motivo, é essencial saber lidar com esse sentimento que assola a maioria das pessoas.

Confira abaixo estratégias práticas para dar a volta por cima!

Como vencer a timidez?

Superar a timidez é um objetivo buscado por muitas pessoas atualmente. Afinal, quem é que não quer dar um jeito nela e viver sem que isso atrapalhe tanto algumas situações específicas?

Apesar de parecer que não há solução para deixar de ser tímido, há algumas estratégias que podem ser aplicadas aos poucos para que, assim, se consiga ter uma vida com mais qualidade. As mais recomendadas são:

1. Aceitar-se do jeito que você é

Quando a pessoa se aceita como tímida, o sentimento deixa de ser um tabu. Dessa forma, ela passa a ser capaz de buscar estratégias para a solução do problema. A negação não é um caminho viável para a superação dos medos e aflições. Pelo contrário, deve-se enxergar as dificuldades como algo normal de todos os seres humanos.

O medo paralisa e impede qualquer indivíduo de tomar riscos. Quando deixamos de fazer algo por medo de errar ou medo de decepcionar alguém, por exemplo, estamos deixando de tentar. Quando não tentamos, não erramos e consequentemente não aprendemos. Thomas Edson errou mais de 1200 vezes até descobrir a lâmpada. Imagine o que teria acontecido se ele tivesse medo de fracassar?

Uma das melhores formas que conheço de superar o medo e aumentar o autoconhecimento é a através da psicoterapia. Ela com certeza pode ser útil no processo de entendimento e superação da timidez.

2. Forçar-se

Sim, quando nos sentimos desconfortáveis, a primeira coisa que nos vem à mente é desistir de fazer, de comparecer, de tentar. Essa é uma atitude extremamente nociva e que permite que a vergonha tome conta de nossas vidas. Assumir um compromisso consigo mesmo é o ideal para, aos poucos, superar o medo. Mesmo que seja desconfortável no início, tente forçar-se a cumprir o objetivo. Acredite, toda situação desconhecida causa desconforto. Não deixe de fazer o que deseja por conta da timidez!

3. Transformar a timidez em um sentimento a seu favor

Todo mundo sabe quando alguém é tímido, não é verdade? Já que é assim, por que não a utilizar ao nosso favor? Sim, quando alguém percebe que está lidando com uma pessoa tímida, tende a ter a empatia por compreender a dificuldade do outro. Por isso, não se cobre demais quando se deparar com uma situação nova, é comum que as pessoas percebam a dificuldade e não pressionem.

4. Sair da zona de conforto

É evidente que pessoas tímidas fogem de reuniões sociais por medo de passar algum tipo de vergonha ou situação desconfortável. Porém, é fato que, quando nos forçamos a sair da zona de conforto, lutamos contra a tão temida sensação de nos sentirmos deslocados. Aos poucos, esse sentimento vai deixando de existir e encarar situações novas vai ficando cada vez mais fácil.

5. Aprender uma segunda língua

Quando estamos em uma sala de aula aprendendo uma segunda língua, todo mundo se sente da mesma forma, seja tímido ou não. Saber que a outra pessoa também está desconfortável pode ser uma boa estratégia para começar a se soltar mais. E, assim, superar a angústia no que diz respeito a conversar com gente nova.

6. Divertir-se consigo mesmo

Pessoas tímidas morrem de medo de virar motivo de piada e serem ridicularizadas por outras pessoas. No entanto, o que elas não sabem é que, na maioria das vezes, isso é pura imaginação. Quando se sentir assim, inverta os papéis: reflita sobre o quão ridículo é antever uma situação que sequer aconteceu e ria de si mesmo! Confie, essa atitude vai fazer com que você se sinta muito melhor e mais confiante!

7. Respeitar-se

Não é porque a maioria das pessoas precisa de situações sociais com certa frequência que você também precisa se encaixar nesse perfil. Respeite o seu limite e os momentos em que acredita ser realmente necessário se “isolar”. Do contrário, se forçar de forma extrema pode desencadear um estresse desnecessário quando o assunto é superar esse sentimento tão incômodo!

Por mais que pareça difícil, é muito importante não desanimar e ir, aos poucos, adotando essas estratégias para se livrar de uma vez por todas dos sentimentos que acompanham a tão temida timidez! Permita-se!

Gostou do post? Que tal compartilhar com amigos? Assine também nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de nossos conteúdos e promoções!

Leia também:

Vergonha: 5 passos para superá-la e pedir ajuda

Resiliência: 10 dicas se tornar uma pessoa mais resiliente

Tatiana Pimenta

CEO e Fundadora da Vittude. É apaixonada por psicologia e comportamento humano, sendo grande estudiosa de temas como Psicologia Positiva e os impactos da felicidade na saúde física e mental. Cursou The Science of Happiness pela University of California, Berkeley. É maratonista e praticante de Mindfulness. Encontrou na corrida de rua e na meditação fontes de disciplina, foco, felicidade e produtividade. Você também pode me seguir no Instagram @tatianaacpimenta