O que é assessment e qual sua função na gestão profissional

Assessment é um termo em inglês que significa “avaliação” e que é muito valioso para os profissionais de recursos humanos de uma empresa. Cada vez mais, as organizações estão enxergando a importância do capital humano para que possam crescer no mercado.

Conhecer o perfil, aptidões, habilidades e competências de cada colaborador é essencial para garantir uma evolução sustentável da empresa ao longo dos anos. Informações como estas são necessárias para planejar, produzir e treinar a força de trabalho de uma empresa.

O assessment é importante porque é capaz de avaliar como as pessoas se encaixam na empresa e como podem ser utilizadas de forma mais estratégica e produtiva. Para entender melhor sobre esta metodologia, os principais tipos e seus  benefícios, continue a leitura deste artigo!

O que é assessment?

O assessment é uma forma de avaliação, um relatório, que tem como objetivo entender o comportamento, perfil, potencial e performance dos colaboradores e de candidatos a vagas em aberto. Com essas informações, o RH tem maior clareza se uma pessoa consegue ou não cumprir o que é necessário para ocupar uma determinada função na empresa.

Esse tipo de relatório é muito valioso porque revela informações sobre a força de trabalho da organização e é utilizado como base para o desenvolvimento de ações de engajamento, treinamentos etc. Além disso, os resultados dos assessments também podem ajudar a direcionar quais funcionários têm características adequadas para cargos de liderança.

Trata-se de uma ferramenta valiosa tanto para a organização como para o próprio colaborador. Isso porque, com esse tipo de dados em mãos, o RH consegue gerir muito melhor o conhecimento sobre os funcionários e tomar decisões mais assertivas. Ao mesmo tempo, as pessoas que são avaliadas aprofundam o conhecimento que têm sobre si mesmas.

O assessment é aplicado por meio de ferramentas com diferentes finalidades. Essas avaliações garantem uma melhor gestão empresarial e ajudam a identificar o perfil comportamento, a personalidade e até mesmo o nível de inteligência emocional de cada um. Dessa forma, é possível compreender melhor as habilidades e competências dos funcionários.

Além disso, cabe ao RH analisar os resultados das avaliações e, a partir disso, relacioná-los com as estratégias de gestão de pessoas da empresa. Só assim será possível tomar boas decisões.

Qual é a diferença entre assessment e testes comuns?

A ideia geral dos testes é de que há sempre respostas certas ou erradas. Costumam ser aplicados para testar o conhecimento de habilidades técnicas, como raciocínio lógico, inglês, redação etc. Em uma prova de vestibular, por exemplo, estamos sempre nos referindo aos testes desse tipo.

O assessment, por sua vez, se trata de um relatório descritivo que aponta como está ou é a pessoa no momento em que foi aplicada a metodologia. Portanto, não há certo ou errado, pois o resultado apenas diz respeito a uma identificação de perfil comportamental.

Além disso, uma pessoa pode, hoje, ter um determinado resultado ao realizar o assessment e, daqui alguns anos, evoluir, aprender novas habilidades, e ter um resultado diferente. Nada é escrito em pedra.

Quais são os benefícios do assessment?

São diversos os benefícios do assessment tanto para o quando de colaboradores atual da empresa como para o recrutamento de novos profissionais. Confira:

Identificação de perfis para melhora no desempenho

O assessment é uma maneira de entender melhor o perfil dos colaboradores para tomar decisões mais estratégicas em prol do crescimento da empresa. Com este tipo de conhecimento em mãos, a tendência é que haja uma evolução no desempenho dos profissionais por diversos motivos, por exemplo:

  • os funcionários passam a ter maior autoconhecimento e entender seus pontos fortes e fracos;
  • o RH consegue direcionar melhor as funções e áreas de atuação para extrair o melhor de cada um;
  • é possível implementar treinamentos mais assertivos visando um desenvolvimento de curto, médio e longo prazo.

Otimização de processos

A ferramenta também pode identificar em processos internos o que deve ser melhorado e o que está funcionando muito bem e é recomendado replicar. O assessment, portanto, é considerado muito útil para otimizar processos, principalmente quando é necessário criar estratégias para reduzir custos.

Melhora no clima organizacional

O clima organizacional tem como objetivo medir a percepção e satisfação dos colaboradores em relação ao ambiente de trabalho no qual estão inseridos. A aplicação do assessment impacta diretamente neste índice, afinal, os profissionais se sentem mais valorizados.

Além disso, os direcionamentos proporcionados por esta ferramenta contribuem para a construção de um dia a dia de trabalho muito melhor, com ações eficientes direcionadas para o engajamento e treinamentos.

Decisões mais estratégicas e embasadas

A avaliação realizada por meio do assessment oferece informações que ajudam a direcionar as melhores ações para a contratação de novos profissionais e avaliação daqueles que já fazem parte da empresa.

Dessa forma, o RH tem em mãos uma visão muito mais profunda sobre cada um dos profissionais e garante tomadas de decisões mais assertivas e embasadas quando o assunto é a gestão de pessoas e o clima organizacional.

Insumo para feedbacks

Os assessments também contribuem significativamente para os ciclos de feedbacks. Isso porque eles garantem informações muito mais embasadas e confiáveis para que sejam transmitidos a cada colaborador tanto os feedbacks positivos como negativos.

Autoconhecimento para os colaboradores

Outro ponto positivo do assessment, principalmente para os colaboradores, é a questão do autoconhecimento. Esse tipo de avaliação ajuda cada indivíduo a se conhecer melhor e ter maior clareza sobre seus pontos fortes e fracos.

Por isso, esta ferramenta não é apenas benéfica para a empresa em si, mas para os colaboradores, que também se sentem mais direcionados.

Quais são os principais tipos de assessment?

Além de saber o que é assessment, também é necessário conhecer os seus principais tipos. Confira:

Assessment pessoal

O assessment pessoal é muito utilizado por recrutadores quando estão em busca de um candidato para uma vaga, pois ele identifica características de personalidade, intelectuais e comportamentais.

Com estas informações em mãos, o profissional de RH consegue compreender melhor a relação entre as características do candidato e as competências para ocupar um determinado cargo.

Assessment cultural

O assessment cultural, por sua vez, tem relação com a cultura organizacional e o fit cultural. Ele tem como objetivo identificar os valores e crenças de uma pessoa influenciam na sua motivação e produtividade.

Para isso, o RH deve ter muita clareza da cultura da empresa para definir critérios coerentes e relevantes com o intuito de garantir um fit cultural entre a organização e o profissional em questão.

É preciso se perguntar se há uma sinergia entre candidato e empresa, ou seja, se a pessoa vai conseguir se adaptar aos valores, ideais e crenças que são cultivados naquele ambiente.

Assessment para desempenho

O assessment para desempenho visa avaliar a produtividade dos colaboradores, mas não indica as causas de uma performance abaixo do esperado. Os resultados apenas apontam o que pode ser aprimorado.

Com a informação em mãos, o RH deve analisar e, possivelmente, aplicar outras ferramentas para entender a causa raiz que possa estar ocasionando a queda na produtividade. Entre alguns dos motivos mais comuns estão:

Coaching assessment

O coaching assessment tem como objetivo identificar como os colaboradores ou candidatos às vagas podem ser treinados. O foco é atuar nos pontos de melhoria que foram apresentados nos assessments aplicados anteriormente. Portanto, trata-se de uma ferramenta que visa desenvolver o profissional, ou seja, capacitar a força de trabalho da empresa.

Assessment de saúde mental

Por fim, outro tipo de assessment é o de saúde mental. Empresas como a Vittude já aplicam este modelo em organizações parceiras. Trata-se de um relatório que coleta dados que são avaliados e expostos de maneira visual para que seja possível analisar como anda a saúde mental do time.

A Vittude utiliza dois instrumentos, o DASS-21 (Depression, Anxiety and Stress Scale) e o WHOQOL-bref.

O primeiro conta com um questionário de 21 perguntas e mede a intensidade de comportamentos e sensações experimentados nos últimos sete dias. Assim o teste apresenta o nível dos três transtornos dentro da empresa: depressão, ansiedade com o trabalho e estresse.

Já o segundo, é composto por 26 perguntas e tem como objetivo analisar a qualidade de vida dos colaboradores. É um dos mais utilizados e pesquisados em todo o mundo com este intuito.

Exemplos de ferramentas de assessment

Agora que você já conheceu os principais tipos de assessments e como essa metodologia é importante para as empresas, confira quais são ferramentas mais utilizadas no processo de avaliação:

Disc

O DISC é muito conhecido pelos profissionais de RH. Ele identifica fatores internos e externos que influenciam o comportamento de uma pessoa no ambiente de trabalho. A sua sigla representa o seguinte:

  • dominance (dominância);
  • influence (influência);
  • steadiness (estabilidade);
  • conscientiousness (conformimdade).

A partir disso, o objetivo é identificar as quatro características comportamentais para entender qual é predominante no perfil do profissional. Dessa forma, é possível entender o que funciona bem e o que deve ser aprimorado.

Com essa visibilidade de informações, o desenvolvimento da pessoa é muito mais certeiro e eficiente. Isso porque se tem clareza sobre o que é preciso melhorar para atingir a evolução almejada.

Avaliação de inteligência emocional

A inteligência emocional é muito importante para o dia a dia de trabalho e, cada vez mais, as empresas estão em busca de profissionais com esta habilidade. Esse tipo de avaliação visa identificar os pontos que precisam ser aprimorados em relação à empatia, reconhecimento de emoções, capacidade de lidar com adversidades etc.

Além disso, é útil em diferentes contextos, tanto para a atração de novos talentos como para avaliar as skills do quadro atual de colaboradores.

Assessment de competências

Por fim, o assessment de competências tem como objetivo identificar as habilidades e características que são essenciais para atingir o sucesso no trabalho.

Dessa forma, é possível entender quais são os pontos fortes do profissional que está sendo avaliado e, assim, como ele pode ser ainda mais eficiente e produtivo. Ao mesmo tempo, são identificados também os pontos de melhoria, ou seja, gaps de desenvolvimento que precisam de atenção.

Como aplicar na empresa?

Por fim, depois de mergulhar no universo do assessment, chega a hora de entender como o RH pode aplicar o processo dentro da empresa. Não existe uma única forma de se fazer isso, tudo depende do contexto da organização. Confira algumas maneiras de aplicação:

Avalie hard e soft skills

É importante considerar a análise tanto de habilidades técnicas como de traços comportamentais. Isso é essencial em um asssessment de competências, que deve abranger as habilidades de uma maneira mais holística.

Foque em habilidades necessárias dentro do contexto da empresa

É um erro ficar avaliando apenas habilidades genéricas. É importante considerar quais são as competências específicas que serão relevantes e exigidas ao longo do dia a dia de trabalho naquela organização. Vale a pena até mesmo afunilar para cargos e funções, afinal, cada um tem um desafio diferente.

Aplique assessments personalizados

Esqueça a padronização. Lembre-se de que cada posição dentro da empresa pode ter necessidades diferentes. Por isso, é essencial que cada área tenha as suas próprias avaliações, pois só dessa forma o resultado será relevante e contribuirá para análises e decisões estratégicas.

Conte com a Vittude para levar assessments de saúde mental para sua empresa

Agora que você já sabe o que é assessment e a sua importância, não deixe de começar a criar uma estratégia para a sua organização. Existem vários tipos de avaliações importantes e, uma delas, está relacionada à saúde mental.

Para isso, conte com o Vittude Corporate, que tem as melhores soluções de saúde mental para o meio corporativo. Além da psicoterapia como benefício corporativos e palestras e workshops sobre o tema, também aplicamos o assessment de saúde mental na sua empresa.

Em um contexto em que os distúrbios mentais vêm ganhando cada vez mais protagonismo e sendo apontados como a causa de pedidos de afastamento do trabalho e queda na produtividade, é preciso olhar com atenção para a saúde mental do seu time.

Converse com os especialistas do Vittude Corporate e descubra como levar as melhores soluções em saúde mental para os seus colaboradores!

Bruna Cosenza

Escritora, produtora de conteúdo freelancer e LinkedIn Top Voice 2019. Autora de "Sentimentos em comum" e "Lola & Benjamin", escreve para inspirar as pessoas a tornarem seus sonhos reais para que tenham uma vida mais significativa.

Recent Posts

Tristeza: entenda as causas e aprenda a lidar com esse sentimento

Aprender como lidar com a tristeza é fundamental para construir uma vida mais saudável e…

2 meses ago

Motivação: 7 Estratégias para se manter inspirado em qualquer situação

Entenda o que é a motivação e quais fatores internos e externos influenciam essa força…

2 meses ago

Benefícios dos exercícios de mindfulness + 5 exemplos para incluir na sua rotina

Os exercícios de mindfulness são uma ótima estratégia para encontrar um pouco de paz, silêncio…

4 meses ago

Qual é a relação entre saúde mental e qualidade de vida?

Entenda como saúde mental e qualidade de se relacionam e confira hábitos que você deve…

4 meses ago

Quais são os efeitos colaterais de medicamentos psiquiátricos?

Entenda quais são os efeitos colaterais que podem ser causados por medicamentos psiquiátricos e tire…

4 meses ago

Técnicas de relaxamento para ansiedade: 8 dicas para aliviar crises

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil tem a maior prevalência…

4 meses ago