Categoria:

Luto

Como superar a morte de um pai

Como superar a morte de um pai?

  |  Tempo de leitura: 8 minutos

Afinal, como superar a morte de um pai? Pode ser difícil lidar com o luto, e se não houver o cuidado com a saúde mental, traumas e outros problemas podem surgir. Veja detalhes de como superar e viver após essa perda!

Continue lendo
Cinco fases do luto - sabemos lidar com as perdas

Fases do Luto: conheça seus estágios e como lidar com a perda

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

Entender e saber como lidar com as diferentes fases do luto é essencial para, na medida do possível, compreender você mesmo e outras pessoas em momentos como este. Leia este artigo e saiba mais sobre esses estágios de aceitação e superação!

Continue lendo
luto

Luto: aprendendo a lidar com a morte e ausência

  |  Tempo de leitura: 10 minutos

Luto é um processo, um conjunto de reações e emoções, resultado de uma perda muito impactante. Neste texto, nos centramos no luto associado à morte de um ente querido. Porém, muito do que descrevemos se aplica a situações diversas, nas quais ocorre uma ausência abrupta e definitiva. A verdade é que podemos nos esforçar para definir o que é luto, mas não conseguiremos — jamais — ser precisos. Isso porque ele é extremamente particular, individual. Cada um elabora o sofrimento, a desestrutura, a ideia de fim, de modo singular. Inclusive, ao vivenciar diferentes lutos, um mesmo indivíduo pode — e provavelmente irá — reagir de forma única a cada um dos processos. Embora não possamos comparar ou estabelecer parâmetros fixos, as 5 fases do luto, propostas pela psiquiatra suíça Elisabeth Kübler-Ross, sugerem um princípio de entendimento. Assim, partimos deles para refletirmos sobre o assunto. Os 5 estágios do luto Elisabeth...

Continue lendo
Perda gestacional

Perda gestacional: uma dor bastante subestimada

  |  Tempo de leitura: 4 minutos

Há uma grande dificuldade social em lidar com a morte. É possível perceber isso por meio das mortes institucionalizadas, rituais cada vez mais curtos ou inexistentes e a dificuldade em entrar em contato com sentimentos que evoquem a tristeza e a dor. Décadas atrás, o “beber o morto”, os longos velórios, os velórios em casa, todos esses rituais traziam proximidade a morte e ao rompimento. Possibilitavam a expressão da dor e uma organização emocional o que auxiliava muito no processo do luto. Se falar de morte já é difícil, pensa falar de morte em um momento de vida? A perda gestacional ou neonatal é um dos lutos mais complexos e de menor validação social. Estamos falando que em um momento de vida há morte. A efemeridade da vida fica escancarada. A proximidade da morte em qualquer momento do ciclo vital expõe a fragilidade do ser humano. E com toda essa...

Continue lendo