pilates

Pilates: 6 benefícios para sua saúde mental

  |  Tempo de leitura: 6 minutos
Clique e encontre seu psicólogo !

Pilates é uma prática que une fortalecimento corporal e cerebral. Criada no início dos anos 1920 pelo ginasta alemão Joseph Pilates, a técnica chegou ao Brasil em 1991.

Hoje o pilates é utilizado em todo o mundo. Seja para desenvolvimento de força e flexibilidade, como para melhorar o tônus ​​muscular e a postura.

No entanto, cada vez mais esse exercício demonstra benefícios não só para o corpo. O bem-estar emocional de quem faz pilates logo pode ser percebido. Diversos estudos e pesquisas já comprovaram a influência do pilates na saúde mental dos adeptos da prática.

Resultados comprovados do Pilates

Um desses estudos mostrou que fazer exercícios físicos regulares melhora a neurogênese. Ou seja, estimulam a produção de novas células cerebrais, além de criar uma proteção nas células já existentes. A região do hipocampo, responsável pela memória e aprendizado, é onde as mudanças são mais perceptíveis.

Na Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (EUA), um grupo de pesquisadores concluiu que a função cerebral após a prática atividades como Yoga ou Pilates é significativamente superior quando comparada com indivíduos que praticaram algum tipo de exercício aeróbico.

Por conta de uma vida cada vez mais atribulada, com uma rotina tensa e caótica, as pessoas cada vez mais procuram formas de alívio para a mente e para o corpo. Se a alternativa for encontrada na junção das duas coisas, melhor.

E é aí que o pilates encontra seu lugar e ganha cada vez mais praticantes e verdadeiros fãs da modalidade, inspirada nos princípios da medicina tradicional chinesa.

Para demonstrar todo o potencial do Pilates, confira neste artigo uma lista de benefícios para a saúde mental que a prática desse exercício pode trazer. Boa leitura!

6 benefícios do pilates para a saúde mental

Mais do que um treino de desenvolvimento da musculatura e da força, o pilates não só esculpe seu corpo como também ajuda a “lapidar” sua mente. Auxilia a melhorar a concentração e desenvolvendo a habilidade da atenção plena.

Dessa forma, o método foca na integração entre saúde física e mental, fazendo com que a pessoa aprenda e realizar os movimentos sem pressa, de maneira adequada e com a postura correta. E para isso, portanto, é preciso aliviar o estresse e afastar as distrações.

O resultado é uma diminuição significativa das tensões, que melhoram nossa disposição e nosso humor, nos tornando menos ansiosos e mais equilibrados emocionalmente.

Entre tantos pontos positivos dessa modalidade, separamos 6 benefícios ligados diretamente à saúde mental. Confira!

1. Pilates aumenta a capacidade de concentração

Os exercícios de pilates nos exigem maior foco sobre os movimentos que estão sendo executados. Para obter o resultado desejado, tudo deve ser feito com minúcia, para não errar na postura e manter o equilíbrio.

Por conta disso, a concentração é um dos seis princípios básicos dessa técnica. Ou seja, a mente precisa controlar o corpo.

Conforme os exercícios vão mudando e a prática vai evoluindo, o aluno precisa lidar novamente com sua capacidade de concentração em torno do novo movimento, até que executá-lo se torne mais fácil e natural.

Clique e encontre seu psicólogo !

Daí então, novos exercícios com outros graus de dificuldade surgem, aumentando os desafios e mantendo a mente sempre concentrada.

Resultado: quem pratica pilates acaba aplicando essa capacidade de manter o foco e a concentração em outras as áreas e momentos da vida.

2. Treina o cérebro e melhora a cognição

A cada nova atividade que aprendemos, uma parte importante do nosso cérebro é estimulada, desenvolvendo maior aptidão e melhorando o sistema cognitivo.

No entanto, como a maioria das pessoas não dispõe de tempo ou condição de aprender coisas novas a todo momento, a solução pode ser praticar um tipo de atividade física que muda constantemente, aumentando seu grau de dificuldade.

Por isso o pilates tem esse efeito benéfico de estimular o cérebro para o aprendizado. Ele não se torna um treino automatizado, como correr na esteira, por exemplo.

3. Combate o estresse e a ansiedade

Os maiores inimigos da saúde mental atualmente são a ansiedade e o estresse. Juntos, eles podem desencadear doenças graves, como depressão, obesidade e problemas do coração.

Pessoas que vivem estressadas tendem a produzir e liberar hormônios como adrenalina e cortisol em maior quantidade. Isso acelera a respiração e os batimentos cardíacos, aumentando a pressão arterial. Sem contar que tudo isso faz com que os músculos se contraiam involuntariamente, causando maior tensão e dores constantes.

Assim, praticar pilates também contribui para prevenir e combater o estresse e a ansiedade. Diminui a produção desordenada de hormônios prejudiciais e ajuda na produção de neurotransmissores benéficos, como a endorfina, que traz sensação de bem-estar.

Essa junção acaba por reduzir os sintomas físicos e emocionais causados por esses problemas. A concentração exigida durante a prática é outro motivo para afastar os problemas da mente e diminuir o estresse.

4. Desenvolve a consciência corporal e a autoestima

Ter domínio sobre nosso corpo só é possível através do domínio da mente. O pilates nos exige concentração e execução perfeita de movimentos, tanto para obter resultados quanto para evitar lesões, que são muito comuns em outras atividades físicas onde a maioria das pessoas não possui consciência dos próprios limites.

Assim, durante a prática do pilates o aluno é conduzido a observar seus movimentos e entender suas limitações, sabendo que a evolução dependerá de tempo e de quanto sua mente estará centrada no exercício.

Da mesma forma que a yoga, o pilates traz a percepção da evolução e aumenta a autoestima através da superação. Movimentos e posturas que, muitas vezes, julgamos impossíveis de fazer, são alcançados com a constância dessa atividade.

5. Acalma e proporciona equilíbrio emocional

Ao praticar exercícios de respiração e concentração plena, nos mesmos princípios do mindfulness, afastamos a tensão e a ansiedade e damos lugar à calma e ao equilíbrio emocional por meio de uma troca quase que instantânea. Sai a ansiedade, entra a serenidade.

Por isso, um dos benefícios do pilates para nossa saúde mental é proporcionar um maior equilíbrio das emoções. Assim, aprendemos a manter a calma, o foco e a concentração não somente durante os exercícios, mas também em outras situações do cotidiano.

6. Estimula a criatividade

Exercício físico e mindfulness já provaram estimular nossa criatividade. Ao combinar ambos no treino de pilates, os resultados são ainda melhores.

E todos sabemos que uma mente aberta e criativa nos permite viver novas experiências e saber  lidar com os problemas e desafios de forma mais madura e tranquila. O resultado é uma vida mais plena, saudável e feliz!

Se você ainda estava em dúvida sobre que tipo de atividade física praticar, talvez o pilates seja uma ótima alternativa. Mas não se esqueça de que combinar exercícios físicos com terapia pode ser ainda melhor!

Clique e encontre seu psicólogo !

Tatiana Pimenta

CEO e Fundadora da Vittude. É apaixonada por psicologia e comportamento humano, sendo grande estudiosa de temas como Psicologia Positiva e os impactos da felicidade na saúde física e mental. Cursou The Science of Happiness pela University of California, Berkley. É maratonista e praticante de Mindfulness. Encontrou na corrida de rua e na meditação fontes de disciplina, foco, felicidade e produtividade.