Manifestações Clínicas dos Transtornos de Ansiedade

Segundo dados da OMS, a ansiedade afeta 5,8 % da população brasileira. A ansiedade é uma sensação considerada normal nos seres humanos, porém, quando começa a afetar seu funcionamento de vida diária passa a ser visto como patologia. Procure ajuda profissional caso identifique-se com os sintomas, pois a ansiedade pode acarretar outros transtornos mentais.

Transtorno de ansiedade generalizada: De acordo com o DSM IV, o transtorno de ansiedade generalizada (TAG) é caracterizado pela preocupação excessiva ou expectativa apreensiva persistente e de difícil controle com duração de no mínimo seis meses. Ocorre por fatores genéticos relacionados a fatores externos. A ansiedade passa a predominar o dia a dia da pessoa, ou seja, ganha sua forma patológica de se manifestar. Ainda que consegue-se perceber que as preocupações e medos são maiores que o necessário, é difícil manter o controle dos pensamentos disfuncionais (assim chamados pelos profissionais)

Fobias específicas: São medos persistentes, excessivos e irracionais de algum objeto, animais ou situação. Por exemplo: locais fechados, sangue, aranhas, multidões. É na infância que origina-se 90% destes medos proveniente de a uma experiência traumática.

Transtorno ou síndrome do pânico: é caracterizado por crises de ansiedade de intenso medo que dura de cinco a dez minutos, ocasionando diversos sintomas físicos (taquicardia, tremores, sudorese, formigamento, etc). O medo é sempre relacionado a morte; a pessoa pode confundir estes sintomas de ansiedade com os sintomas de alguma patologia biológica grave e intensificar sua crença de que algo ruím está por acontecer.

Transtorno de ansiedade de separação: é caracterizado por um sofrimento profundo e exagerado após separação de entes queridos e até mesmo do lar. Afeta crianças, adolescentes e adultos quando os sintomas não foram percebidos e tratados na infância. Ocorre devido a uma pré disposição da criança à ansiedade (fator genético) somado a estímulos ambientais como por exemplo, mudanças bruscas na vida da criança e vivência e ambientes conflituoso.

Sofrer de ansiedade passa a ser em determinado momento muito desgastante para alguém. Procure ajuda profissional e aprenda a controlar os sintomas e extinguir as crises. As manifestações apresentadas neste texto são tratadas com ajuda de Psicólogos e/ou médicos Psiquiatras, podendo ou não necessitar de tratamento medicamentosa.

Avalie esse artigo:

Comentários:

Please Login to comment